Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
fevereiro 2020


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Orfeão Polifónico de Mortágua
Índice > Associação Culturais, Recreativas e Desportivas 


orfeao.mortagua@sapo.pt  Email

Data de Constituição
07 de Abril de 1992

Morada
Av. Dr. José Assis e Santos
3450 Mortágua

Telefone
231921319 e 963293202
Fax
231921319

Presidente da Direcção
Américo Salazar


Breve Historial

Iniciou as suas actividades em 1987.

O orfeão teve a sua origem numa época de grande incremento de iniciativas culturais no Concelho.

Surgiu para preencher uma das várias lacunas existentes nesta área e em complementaridade das actividades musicais encetadas pela Filarmónica e pela Escola de Música, dinamizadas com o patrocínio da autarquia.

Foi, assim, possível, iniciar e promover a arte coral que nesse aspecto não registava praticamente quaisquer tradições no nosso concelho.

O seu repertório é constituído por peças de índole religiosa e profana, o qual tem vindo a ser laboriosa e permanentemente renovado.

Teve a sua primeira apresentação pública no dia 23 de Abril de 1988, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, tendo sido geral o agrado manifestado pelos presentes. Foi o estímulo precioso para continuar em frente e consolidar o Grupo . A partir daí seguiram-se inúmeras actuações nos mais variados pontos do país, participando em encontros de coros, saraus culturais ou solenizando actos religiosos.

Fastidiosa seria a enumeração, destacando-se, a título de exemplo, a gravação para o canal 1 da RDP e ainda a participação integrada nas comemorações do 1º de Dezembro, com a actuação no Palácio da Independência, em Lisboa e uma digressão pela Espanha, com várias actuações, onde colaborou numa gravação de um CD ao vivo.

Organiza anualmente o Encontro de Coros e, em colaboração com a Filarmónica, o Concerto de Natal e/ou Ano Novo.

Desde a sua formação e por um período de 15 anos, a regência esteve sob a responsabilidade do Dr. Adriano Ribeiro Matias, o qual com os vastos conhecimentos técnicos tornou conhecida a nossa colectividade no país e estrangeiro.

De Setembro de 2002 a Julho de 2004, a regência esteve a cargo do nosso conterrâneo Engenheiro Nuno Manuel Batista Garrido.

A partir de Janeiro de 2005, a regência está sob a responsabilidade do Prof. Francisco Neves.

 

 

 

 

[ notificar informação errada ]


 




Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade