Mensagem - Presidente da Câmara

Data: 2012-08-07
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Quando agosto chega…

Chegam os nossos conterrâneos que um dia partiram para outros países em busca de melhores condições de vida.

Chegam também as novas gerações, filhos e netos de muitos que regressaram, que continuaram as suas vidas nos países de acolhimento de pais e avós.

Chegam muitos que a vida empurrou para outros lugares dentro do País, para poderem realizar os seus sonhos e projetos de vida.

Chegam os nossos jovens que durante o ano trabalham, preparando o futuro, nas Universidades e Politécnicos de norte a sul do País.

Chegam agora também trabalhadores ao serviço de empresas nacionais que, para sobreviverem, espalharam a sua atividade pelos quatro cantos do mundo.

Chegam todos pela força dos laços de sangue que os unem às suas origens, pela força do amor daqueles e áqueles que aqui permaneceram esperando ansiosamente este tempo, mantendo viva a chama telúrica deste torrão que é de todos e para todos, e donde muitos certamente gostariam de não ter saído.

Chegam ainda muitas centenas de visitantes que escolhem o nosso Concelho para passarem dias de férias e repousar aproveitando as condições naturais e ambientais e a qualidade dos equipamentos turísticos que oferecemos.

Quando agosto chega…

Somos muitos mais (que bom seria se fossemos sempre todos!) e contribuímos para a animação da economia local e, acima de tudo, para a vivificação das relações humanas num ambiente de grande civismo e enorme fraternidade.

Encontramo-nos todos no “Ponto de Encontro” que são as “tasquinhas”, manifestação genuína do sentimento de um povo cuja história se funda numa profunda ruralidade, característica sociológica hoje muito atenuada pela modernidade e capacidade de inovação dos mortaguenses, mas que se mantém naquilo que representa de bom, em termos de valores.

Ali, à noite, matamos saudades e pomos em dia conversas e memórias passadas, convivendo no mesmo espaço diferentes gerações e sem qualquer espartilho de estrato social ou outro.

A nossa responsabilidade manda que quando chega agosto estejamos preparados para receber o melhor possível a todos e tudo fazer para que esta relação com a Terra continue e seja sempre uma verdadeira paixão.

Saudamos todos os mortaguenses, desejando muito que este seja tempo de encontro e partilha, mas também de impulso e força para continuar, cada um onde estiver, a construir a sua felicidade sem esquecer a do outro.

Neste mundo onde tudo se globalizou e onde impera a lei do capitalismo desenfreado, controlado por um ente superior chamado “mercado”, perderam os Estados, mas também nas pessoas, princípios como o de solidariedade e valores como o da família ou de vizinhança.

Princípios e valores, que por vontade de nós todos, cá e lá, onde quer que se encontrem continuam a persistir nos mortaguenses e que devem ser legados para as gerações vindouras.

Sejam Felizes! Um abraço a todos.

O Presidente da Câmara
Dr. Afonso Sequeira Abrantes









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt