Mortágua no centro da canoagem mundial

Data: 2012-02-09
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Melhores atletas e seleções do Mundo escolhem o centro de estágio do Montebelo Aguieira para preparar Jogos Olímpicos

Dezenas de seleções escolhem a Albufeira da Aguieira e o Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa, em Mortágua, para realizar o estágio de inverno e de preparação para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.
A maioria são oriundas da Europa Central, Europa de Leste e países nórdicos - Rússia, Bulgária, Polónia, Ucrânia, Hungria, República Checa, Lituânia, Eslovénia, Suécia, Dinamarca, Noruega, Holanda - onde o clima rigoroso e as temperaturas negativas no inverno, que nalguns países chegam a atingir quase -30º, tornam impossível a prática da modalidade.
Mas também oriundas de outros quadrantes, como Inglaterra, Escócia, Canadá, Espanha, Itália, França, ou mesmo de países tropicais, como o Brasil, o que significa que o clima não é o único fator que atrai atletas a estas paragens. A seleção portuguesa, pelo segundo ano consecutivo, está também a realizar um estágio na Aguieira.

Segundo Francisco Loureiro, Diretor do Montebelo Aguieira, esta preferência pelo nosso País e pela região da Aguieira em particular, deve-se a uma conjugação positiva de fatores que os atletas encontram aqui e que fazem deste local um dos melhores do mundo para treinar a modalidade. “É este espelho de água extenso, as águas calmas, sem qualquer ondulação, o clima temperado, a qualidade do serviço do Resort, as condições estruturais e logísticas criadas para apoio aos atletas. Estas sinergias de serviços são uma mais-valia em termos de qualidade de oferta”.
Para esta preferência contribui também a parceria do Montebelo Aguieira com a empresa Nelo- Markayaks, uma empresa portuguesa de renome mundial na construção de kayaks, que fornece as embarcações e dá apoio técnico.

Foi em 2010 que começou a “descoberta” da Aguieira por parte dos atletas internacionais. Foram também eles os principais agentes de divulgação e promoção da Aguieira como local de eleição para estágios da modalidade. “Funcionou também aqui o passar da palavra, porque os atletas encontram-se nas competições internacionais, falam entre si, e daí vem o conhecimento. O saberem que vêm para cá os atletas mais medalhados do Mundo chama a atenção e a comprová-lo está o facto de haver cada vez mais atletas e seleções a procurarem-nos”, explica Francisco Loureiro.
Esta época e como novidade, surgiu também a procura da Aguieira para estágios internacionais de Remo. “Tivemos agora a Seleção Holandesa com quase 60 atletas. Um responsável da Federação ouviu falar, veio cá visitar, gostou das condições e passados poucos dias fizerem o pedido de reserva”. “E já temos mais pedidos para este ano”, adianta.

Normalmente as estadias de atletas e seleções variam entre 15 a 25 dias, muito embora haja quem permaneça mais tempo. “Temos aqui atletas e seleções que ficam vários meses. Algumas seleções que já estiveram em outubro, novembro ou dezembro, voltam a estar novamente este ano, como é o caso da Rússia e da França”.
E muitos destes atletas e destas seleções estão pela segunda ou terceira vez: “É um sinal de reconhecimento da excelência do serviço que oferecemos. O feedback que nós temos dos atletas é que o serviço é bom, a comida é boa, o espaço é ótimo, as condições são ideais para treinar e descansar”.

A época 2010/11 foi de crescimento exponencial, com mais de 1000 atletas de todo o mundo, atingindo-se um recorde de 10 mil noites. Este ano a previsão aponta para cerca de 20 mil noites. Com o objetivo de responder a este crescimento da procura e oferecer cada vez melhores condições, a Visabeira Turismo realizou recentemente investimentos dirigidos a este segmento. “Criámos um ginásio com 300 m2 destinado exclusivamente aos atletas e temos ainda a piscina interior aquecida e jacuzzi que é também uma aposta em termos de mercado de inverno”.

A captação deste “mercado desportivo” tem sido muito importante para aumentar a taxa de ocupação hoteleira na chamada “época baixa” do turismo em Portugal. Por outro lado, traz também maiores benefícios para a economia local e regional, uma vez que aumenta a transação de bens e serviços.
Passado pouco mais de dois anos, o que começou por ser um serviço complementar, tornou-se numa área de negócio da maior importância e revelou-se uma aposta de sucesso.
Hoje o Montebelo Aguieira é um dos maiores e melhores centros internacionais de estágio de Canoagem.










Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt