Município distribuiu Cabaz de Natal por famílias carenciadas

Data: 2011-12-22
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Mantendo uma tradição de anos anteriores, o Município distribuiu um Cabaz de Natal por famílias carenciadas do concelho. Este ano, foram 23 as famílias beneficiárias deste gesto simbólico, que pretendeu levar um pouco mais de conforto material e alegria a algumas famílias, atendendo ao espírito de partilha e solidariedade que caracteriza, em especial, esta quadra.

A atribuição teve em consideração as condições sócio-económicas dos agregados e a situação de isolamento em que vivem algumas pessoas, sobretudo idosos.
O Cabaz integrou bens de primeira necessidade, além dos produtos tradicionais da quadra, como o bacalhau e o Bolo-Rei, variando o volume em função do número de elementos do agregado familiar.

O Cabaz de Natal é distribuído desde 1994, tendo sido uma iniciativa pessoal do Presidente da Câmara, Afonso Abrantes, que lembra: “Nessa altura o panorama social do concelho era preocupante, o que nos levou a desenvolver um projecto de combate à pobreza e à exclusão social, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia, que permitiu erradicar muitas das situações e prevenir outras, através de intervenções integradas abrangendo as áreas da acção social, saúde, habitação, protecção de crianças e jovens”. Um projecto pioneiro a nível nacional, que procurou intervir nas causas e não apenas nos efeitos, por forma a obter resultados estruturais e a longo prazo, quebrando o ciclo do fenómeno da pobreza e da exclusão social.

Também como resultado dessa intervenção e do trabalho continuado que foi feito na área social, o número de Cabazes de Natal foi diminuindo ao longo dos anos, traduzindo a melhoria generalizada das condições sociais e o encaminhamento para mecanismos de apoio institucionais.

No entanto, com a actual recessão económica e o consequente aumento do desemprego, o País enfrenta uma nova pobreza, constituída pelas vítimas da crise económica e social.
O Município de Mortágua está atento a essa nova realidade e criou um programa de emergência social designado SOS-Município Solidário, para acorrer a eventuais situações sociais mais graves emergentes do contexto de crise. É um programa que se desenvolve em articulação com as Instituições de Solidariedade Social do concelho, aproveitando os recursos e a experiência destas instituições no terreno.










Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt