Acção dinamizada pelo projecto “Da Escola, Agarra a Vida”

Data: 2011-11-23
Fonte:


Alunos do 9ºano sensibilizados para escolhas vocacionais ligadas à Indústria

Realizou-se no passado dia 18, no auditório da Escola Básica 2.3, uma acção de divulgação do Projecto “Pense Indústria” junto da comunidade escolar, que envolveu 76 jovens do 9º ano do Agrupamento de Escolas de Mortágua. A acção foi dinamizada pelo Projecto Municipal “Da Escola, Agarra a Vida”, em colaboração com o Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro, de Coimbra.

A sessão teve início com uma apresentação em vídeo do que é o projecto “Pense Indústria”, os seus objectivos e a sua aplicação no terreno. Foram também divulgados dois concursos inseridos no projecto e vocacionados especificamente para as escolas. Tratam-se dos concursos” Isto é uma ideia” e “Fórmula 1 nas Escolas”. No primeiro caso, pretende-se que os jovens estudantes criem uma ideia inovadora. “Pode ser um produto, um serviço, uma ideia, o importante é que seja algo diferente”, referiu-nos Pedro Romano, do CTCV de Coimbra.

No “Fórmula 1 nas escolas”, o desafio proposto aos alunos é que desenhem e construam um protótipo de Fórmula 1 em miniatura, movido a CO2, que será depois testado numa pista especial para o efeito. No ano passado uma equipa do Agrupamento de Escolas de Mortágua participou e venceu a fase regional do concurso, passando à fase nacional. O concurso envolve 40 mil jovens a nível nacional e 8 mil a nível da área de intervenção do CTCV de Coimbra.

Depois passou-se se da teoria à prática. Após uma breve demonstração por parte dos técnicos do CTCV, foram os próprios alunos a mexer e a experimentar os equipamentos industriais. Numa das experiências os alunos executaram a fresagem de peças através da utilização da técnica CNC (Controle Numérico Computorizado).
A outra experiência consistiu na moldagem de plástico com recurso a um forno termoplástico. Durante a realização destas experiências os alunos são também sensibilizados para as questões de segurança, higiene e saúde no trabalho, que são hoje preocupações no mundo da indústria.

O “Pense Indústria” é uma iniciativa do RECET, Associação dos Centros Tecnológicos de Portugal, cabendo a sua dinamização, na região centro, ao Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro de Coimbra. O propósito do projecto é despertar o interesse dos jovens pela indústria e para escolhas vocacionais ligadas à indústria, através de uma abordagem directa e experimental do que se faz na indústria. Mostrando-lhes que a indústria moderna é uma área atraente, interessante e de futuro, com grande utilização de tecnologia, inovação e design e uma actividade bem remunerada quando associada a uma elevada qualificação ou especialização.
Ou como diz a mensagem final do vídeo de apresentação do projecto, fazer com que os jovens sejam tocados pelo “efeito Pense Indústria”.
“É também mostrar-lhes que a indústria abrange um leque muito abrangente de áreas, como a engenharia, a economia, a gestão, o marketing, o empreendedorismo, entre tantas outras”, explica Pedro Romano.

Espera-se que esta abordagem sensibilize e motive os jovens para percursos formativos ligados à industria e profissões a ela associadas.

Uma dos objectivos do projecto “Da Escola, Agarra a Vida”, é informar e esclarecer os jovens sobre as várias vias de formação, académica e profissional, que poderão seguir no futuro, no sentido de tomarem decisões bem sucedidas. Nesta perspectiva, a indústria surge como uma opção válida e possível para muitos jovens.










Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt