Volta a Portugal do Futuro

Data: 2011-09-12
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Equipa Mortágua/Basi foi a segunda melhor equipa da prova
António Carvalho (Mortágua/Basi) foi 4º da Geral e arrecadou a Camisola Branca


A equipa Mortágua/ Basi esteve em plano de evidência na Volta a Portugal do Futuro que decorreu entre 7 e 11 de Setembro. A prova era constituída por 5 etapas, numa extensão total de 654,9 Km, contando com a participação de 9 equipas, de Sub-23 e Elite.
A equipa esteve forte em termos individuais e no colectivo, demonstrando uma grande capacidade competitiva e regularidade ao longo da prova.
Desde o início que a equipa Mortágua/Basi mostrou que tinha argumentos para disputar o troféu com os melhores, alcançando a vitória da 2ª etapa (Águeda-Batalha), com dois atletas da Mortágua/Basi a cortar a meta isolados, Pedro Paulinho e António Carvalho, respectivamente. Os mesmos dois ciclistas estiveram em foco na 3ª etapa (Leiria-Rio Maior), com António Carvalho no 2º lugar, discutindo ao sprint o triunfo final, que foi de Leonel Coutinho, da equipa Vitoria/ ASC/ RTL. Nesta etapa destacaram-se ainda as boas prestações de Pedro Paulinho, na quarta posição, e de Rui Carvalho, a fechar o pelotão dos dez primeiros. Na 4ª etapa (Rio Maior-Montejunto), António Carvalho foi novamente o segundo a cortar a meta, a 14 segundos do vencedor, Sandro Pinto, da equipa UC Maia. Finalmente na 5ª etapa, com início e final em Alenquer, a Mortágua/Basi voltou a colocar três corredores nos dez primeiros lugares, através de Pedro Paulinho (4º), António Carvalho ( 5º) e Rui Carvalho ( 9º).

Pedro Paulinho e António Carvalho foram dois corredores muito activos, conseguindo estar na luta pela vitória em quase todas as etapas. Um facto que é confirmado pela classificação geral por Pontos (Camisola Branca), com a vitória de António Carvalho, seguido do companheiro Pedro Paulinho.

Na Classificação Geral da prova, o melhor da Mortágua/Basi foi António Carvalho, no 4º lugar, seguindo-se Pedro Paulinho (14º) e Guilherme Lourenço (15º).

De referir ainda que em termos colectivos, a Mortágua/Basi foi a melhor equipa na 2ª e 3ª etapas, obtendo ainda o 2º lugar na 1ª e 5ª etapas e um terceiro lugar na 4ª etapa, valendo-lhe o 2º lugar da geral por Equipas no final, apenas atrás da Liberty Seguros, a equipa do vencedor da prova.

Está pois de parabéns a equipa comandada por Pedro Silva, conseguindo uma brilhante prestação na Volta a Portugal do Futuro, uma das provas mais conceituadas do calendário velocipédico nacional.

António Carvalho (Mortágua/Basi) pré-convocado para o Campeonato do Mundo de Estrada

O ciclista António Carvalho, da equipa Mortágua/ Basi, foi um dos pré-convocados pelo seleccionador nacional José Pereira para o Campeonato do Mundo de Estrada, que vai disputar-se em Copenhaga, Dinamarca, de 19 a 25 de Setembro. De um lote de cinco ciclistas, sairão os três nomes definitivos que irão representar Portugal naquele evento mundial.









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt