Município promoveu 1ºWorkshop de Guitarra

Data: 2011-02-22
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Teve lugar no passado dia 20, o 1ºWorkshop de Guitarra, promovido pelo Município de Mortágua, que contou com a adesão de 15 jovens guitarristas. Com frequência gratuita, decorreu no Centro de Animação Cultural.

Durante uma tarde os jovens tiveram oportunidade de experimentar técnicas e tecnologias ligadas à guitarra eléctrica, tirando partido das suas potencialidades. Desde as cordas ao funcionamento dos ”pick ups”, aos amplificadores, ao processamento de sinal (digital ou analógico), incluindo show case de guitarras amplificadores, e processadores de efeitos.

A orientação do Workshop esteve a cargo de Manuel Gomes (Manu), que frequentou o Conservatório de Música de Viseu em Guitarra Clássica e toca Guitarra Eléctrica desde 1993, tendo entrado em vários projectos musicais. Contou ainda com a participação activa de mais dois jovens guitarristas, Alexandre Marques e Cláudio Santos, que partilharam os seus conhecimentos com os mais novos.

Para além de diversos tipos de guitarras, os jovens puderam ver amplificadores, pedaleiras e processadores de efeitos e constatar as diferenças de som consoante o tipo de material utilizado. Foram também feitas demonstrações com software para guitarra eléctrica, que permitem aprender e desenvolver técnicas sem sair de casa e... sem incomodar pais e vizinhos!


“O objectivo aqui é partilhar o máximo de informação e falar mais sobre o material do que sobre a música, para começar a elucidá-los o mais cedo possível. Porque eu tive esse problema quando comecei, passei muito tempo a comprar coisas que realmente não mereciam. Esse conhecimento demorou algum tempo a adquirir, até saber o que realmente queria e chegar ao som que eu gostava”, referiu-nos Manuel Gomes.

Para os que estão a iniciar deixou o conselho: ”A escolha do material é importante mas o que realmente faz toda a diferença são as mãos, é a técnica, o que só se consegue com estudo, treino, dedicação e gosto”.

Os participantes mostraram-se sempre muito atentos e fizeram muitas perguntas, sobre os diferentes equipamentos, o modus operandi, as técnicas, os locais e preços de aquisição, entre outras curiosidades.

“Não conhecia alguns destes efeitos, o software e os amplificadores de válvulas. Também não sabia como ligar a guitarra ao computador, agora já sei o que é preciso”, contou-nos Pedro Silva, 14 anos, um dos participantes.


“Acho que foi uma boa iniciativa e uma tarde interessante. Em vez de estarem no café, estiveram aqui a absorver informação e certamente ficaram mais motivados ao ver todo este material e já a imaginar o que podem fazer lá em casa”, referiu-nos no final Manuel Gomes, em jeito de balanço final.

Neste workshop foi muito gratificante ver os mais experientes a ajudarem os mais novos, partilhando o seu saber e a sua experiência, dando-lhes dicas e conselhos e incentivando-os na sua aprendizagem.











Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt