Apoios sócio-educativos beneficiam 133 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico

Data: 2010-09-23
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Apoios abrangem aquisição de livros, material escolar e refeição

No presente ano lectivo um total de 133 alunos irão beneficiar de apoios sócio-educativos atribuídos pelo Município de Mortágua O montante do apoio, nos termos previstos na lei, varia em função do escalão de abono de família em que se encontra posicionado cada agregado familiar.

Assim, os agregados que estão no escalão 1 (mais baixo) beneficiam de um montante de 70 euros para aquisição de livros e material escolar. Os alunos colocados neste escalão beneficiam ainda de gratuitidade do serviço de Refeição.

Os agregados posicionados no escalão 2, por sua vez, beneficiam de uma comparticipação de 50% do valor dos auxílios referenciados.
Os 289 alunos inscritos nas Actividades de Enriquecimento Curricular vão receber gratuitamente os respectivos manuais de estudo, independentemente do escalão.

O montante total dos apoios apoios sócio-educativos atribuídos pelo Município, só para aquisição de livros, material escolar e serviço de refeição, no presente ano lectivo e no 1º Ciclo do Ensino Básico, deverá ascender a cerca de 45 mil euros.

Além destes apoios sócio-educativos no 1ºCiclo do Ensino Básico, há que referir os Serviços de Apoio à Família no Pré-Escolar. Todas as crianças que frequentam o Pré-Escolar, à semelhança de anos anteriores, beneficiam de gratuitidade de Prolongamento de Horário (ATL) e todas as crianças cujos agregados familiares não tenham rendimentos superiores ao 3º escalão do abono de família beneficiam igualmente da gratuitidade do Serviço de Refeição.

Estes apoios, de uma forma geral, inserem-se no objectivo do Município de apoiar as famílias, especialmente as famílias mais numerosas, os casais jovens com filhos em idade escolar, que têm normalmente maiores encargos com a Educação, a Habitação, ajudando desse modo a aliviar o peso desta despesa no orçamento familiar.
“As pessoas estão no centro das preocupações do Município e o investimento na Educação, garantindo condições de acesso e equidade a todas as crianças, nunca pode ser posto em causa por razões económicas”, afirma o presidente da Autarquia, Afonso Abrantes.









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt