Mortágua em 2º lugar no ranking global dos 308 municípios

Data: 2010-05-04
Fonte:


Municípios com melhor eficiência financeira

Segundo o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, recentemente publicado e relativo às Contas dos municípios portugueses em 2008, o Município de Mortágua surge em 2º lugar no ranking global dos 308 municípios em termos de eficiência financeira.

No ranking global foram tidos em consideração 15 itens, em termos de cumprimento das exigências da Lei das Finanças Locais e outros indicadores, nomeadamente dívidas a terceiros por habitante, índice de endividamento líquido, prazo médio de pagamentos, grau de execução da receita cobrada em relação à despesa paga, peso do custo de pessoal nos custos operacionais, entre outros. A cada indicador foi atribuída uma pontuação, tendo Mortágua obtido um total de 173 pontos, logo a seguir a Penacova (176 pontos).
Refere-se no Anuário que a análise conjunta destes indicadores reflecte os municípios cuja gestão financeira, económica, orçamental e patrimonial se afigura equilibrada.

Analisando os vários indicadores em separado, Mortágua é um dos 78 municípios portugueses que não recorreu a empréstimos bancários em 2008 e integra a lista restrita de 17 municípios que não recorreram a empréstimos no quadriénio 2005/2008. Aliás, desde 2001 que o Município de Mortágua não recorre a crédito bancário.

Nos municípios com maior grau de execução de receita cobrada em relação ao orçamento de receita, são referidos 35, ocupando Mortágua o 5º lugar nacional, com 96% de taxa de execução (atrás de Sobral de Monte Agraço, Palmela, Azambuja e Albufeira), sendo o 2º melhor classificado entre os municípios de pequena dimensão. Em Portugal são 180 os municípios de pequena dimensão, com população igual ou inferior a 20 mil habitantes.

No quadro respeitante aos municípios com maior rácio de receita liquidada/receita prevista, Mortágua aparece em 10º lugar a nível nacional, com uma taxa de execução de 96,3%, sendo o 2º com melhores resultados entre os municípios de pequena dimensão.

Nos municípios com maior liquidez, Mortágua ficou em 21º lugar, com um valor de 5.100.000€, num ranking nacional liderado pela Amadora e Almada, ocupando o 4º lugar entre os municípios de pequena dimensão.

Mortágua é de novo referido nos municípios com baixo valor de endividamento líquido, situando-se em 16º lugar, num sector liderado por Ponte de Lima, ocupando o 9º lugar entre os municípios de pequena dimensão.

Mortágua aparece em 11º lugar nacional nos municípios com menor índice de endividamento líquido em relação às receitas do ano anterior, ocupando o 7º lugar entre os municípios de pequena dimensão. No distrito de Viseu só Mortágua e Penedono surgem nesta lista.

No quadro dos municípios de pequena dimensão com menor índice de dívidas a fornecedores, relativamente às receitas do ano anterior, Mortágua aparece em 7º lugar entre os municípios de pequena dimensão, num ranking liderado pela Calheta.

Os resultados agora divulgados no Anuário Financeiro de 2008 reflectem a eficiência, rigor e equilíbrio na gestão do Município de Mortágua, que vem já de anos anteriores. Uma gestão séria, ponderada e realista que lhe permitem ter uma situação financeira estável e sustentável, e ao mesmo tempo executar os investimentos na infraestruturação do território e na melhoria da qualidade de vida do seus habitantes e o lançamento de novos projectos estruturantes para o futuro, como é o caso do Centro Educativo.











Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt