“Na Sombra de um Profissional”

Data: 2009-12-28
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Jovens acompanham profissionais durante um dia de trabalho

Onze jovens estudantes do concelho acompanharam um dia de trabalho de um profissional. A iniciativa, denominada “Na Sombra de um Profissional”, insere-se no Programa de Orientação Escolar e Profissional do Projecto “Da Escola, Agarra a Vida” e realiza-se pelo terceiro ano consecutivo, com a colaboração de Empresas e Instituições do concelho.

A iniciativa decorreu entre os dias 21 e 23 de Dezembro, no período de férias lectivas do Natal, e envolveu 11 jovens a frequentar o 9ºano, com idades entre os 14 e os 15 anos.

Durante um dia inteiro, cada jovem acompanhou um profissional, tomando contacto com a sua rotina diária, a execução de tarefas, o ambiente de trabalho, ou seja, esteve “na sombra” de um profissional.
Os profissionais foram uma Médica Veterinária, uma Médica Dentista, um Mecânico Auto, um Fisioterapeuta e uma Enfermeira.


Através desta actividade os jovens têm a oportunidade de aprofundar o conhecimento acerca das profissões, que muitas das vezes é superficial e imaginário. Desta forma proporciona-se um conhecimento real e concreto de cada profissão, que os irá ajudar a (re)construir os significados e as imagens que têm das diferentes profissões, e consequentemente, a clarificar e amadurecer as suas perspectivas, motivações e interesses relativamente às mesmas. “O ano passado tivemos cá dois jovens no âmbito deste projecto, um deles acabou mesmo por escolher esta área profissional”, referiu-nos Paulo Ferreira, gerente da FECAL, uma das empresas que aderiu à iniciativa.

Segundo este responsável auto, a tecnologia automóvel está em constante evolução, tem muita electrónica, programação de peças, já não tem nada a ver com a mecânica tradicional. “Isso também é aliciante para os jovens”, diz.

A Ana Francisca, 14 anos, esteve a acompanhar uma médica dentista. “Foi muito interessante” diz, e explica porquê: “Consegui ver os dois lados da profissão de dentista, a parte de consulta, que nós conhecemos melhor, e a outra parte que é menos visível, como a esterilização, a anestesia, as próteses".

Por outro lado, adianta, “à medida que vamos observando, a médica vai explicando os tratamentos para cada problema, aprendemos o nome dos materiais e para que servem”.
Foi só um dia, mas já deu para ficar com uma ideia do que é ser médico dentista: “é uma profissão que exige muita sensibilidade, responsabilidade e capacidade de relacionamento com os pacientes, para que as pessoas se sintam à vontade”. Sobre uma futura carreira profissional, tem já uma certeza: “gosto das áreas da medicina em geral”.

Para as férias lectivas da Páscoa está prevista uma segunda acção “Na Sombra de um Profissional”.











Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt