Concerto Comemorativo do 20º Aniversário

Data: 2007-10-31
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Orfeão Polifónico estreou novo traje

O Orfeão Polifónico de Mortágua encerrou as actividades comemorativas do seu 20º Aniversário com um concerto, realizado no passado dia 28, no Centro de Animação Cultural. Juntou no mesmo palco o Orfeão Polifónico de Mortágua, o Coro D. Pedro de Cristo, de Coimbra, o Coro da Academia Martiniana, de S. Martinho do Bispo e a Banda Filarmónica 25 de Setembro, de Montemor-o-Velho. Neste dia que se revestiu de especial significado, foi estreado o novo traje do Orfeão que passa a ter a seguinte apresentação: as senhoras ostentam um vestido preto de gala e écharpe rosa, os homens fato preto de gala, camisa branca sem gola e lenço rosa.

O concerto foi dividido em duas partes: numa primeira parte actuou o Orfeão Polifónico sob a direcção artística do Prof. Francisco Neves e a Filarmónica 25 de Setembro sob a regência do Director Artístico Prof. Sérgio Dinis, numa segunda parte actuaram em conjunto os três grupos corais e com acompanhamento instrumental da Banda, com a regência a ser entregue ao maestro desta última. Uma impressionante moldura humana, cerca de cem elementos, entre coralistas e músicos, praticamente ocupando toda a largura e comprimento do palco.

Foram interpretados seis lindíssimos cânticos (Kyrie – Gloria – Credo – Sanctus – Benedictus - Agnus Dei), da Missa em honra da Nossa Senhora do Sameiro, de autoria do Cónego Manuel Faria, um compositor nascido no princípio do Século XX, que apesar da sua vasta e rica obra passou relativamente desconhecido. Aquela moldura humana e a larga experiência de muitos dos coralistas ali presentes, resultou numa poderosa interpretação vocal, com o público rendido à beleza das peças.

No final do concerto o Orfeão Polifónico agraciou com lembranças as instituições, colectividades e outras entidades que ao longo destes 20 anos têm tido uma colaboração especial com o grupo: Câmara Municipal, Junta de Freguesia de Mortágua (as sucessivas Juntas de Freguesia), Coral Juvenil Silvia Marques, Filarmónica de Mortágua, Teatro Experimental de Mortágua, Rancho Os Unidos e Associação Cultural e Desportiva de Vila Nova. Foi feito ainda um agradecimento às entidades que colaboraram na realização do concerto comemorativo. De seguida procedeu-se à entrega de lembranças aos grupos convidados, enquanto que os dois Directores Artísticos foram obsequiados com os tradicionais ramos de flores.

Este dia de júbilo e brilho terminou com a abertura de uma exposição retrospectiva da história e vida do Orfeão Polifónico, que reúne grande parte do seu espólio. Ali poderão ser encontradas fotografias que retratam a evolução do grupo desde a sua criação, trajes anteriores, lembranças, troféus, medalhas, artigos publicados na Imprensa, que testemunham a actividade cultural do grupo nestes 20 anos, fruto de muitos concertos, encontros e intercâmbios.
Uma Exposição que poderá ser visitada durante este fim de semana (sábado e domingo), entre as 17h00-22h00.









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt