Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.

Data: 2021-10-04
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


 

Quase dois anos após o interregno das aulas causado pela pandemia, a Academia Saber+ está de regresso à sua atividade normal. No passado dia 1 teve lugar a sessão de boas-vindas aos alunos que vão frequentar o ano letivo 2021/22, estando atualmente inscritos cerca de 70 alunos. As inscrições continuam abertas, sendo feitas na Biblioteca Municipal.

Ricardo Vicente, coordenador da Academia, deu as boas vindas aos alunos para mais um ano letivo e saudou este regresso à atividade letiva. “Acho que estávamos todos com saudades e ansiosos de nos rever, como já foi visível na reação das pessoas neste primeiro dia de reencontro. É bom podermos estar aqui novamente, voltar a ter o nosso grupo e a poder partilhar saberes e experiências”. E deixou o convite para que as pessoas venham frequentar a Academia, estando asseguradas todas as condições de segurança. “É importante passar a mensagem às pessoas que vamos adotar as normas de segurança vigentes, apesar de termos entrado na fase de desconfinamento quase total. Nós vamos continuar a ter cuidados connosco e com os outros, como o uso de máscara nos espaços de acesso e salas de aula”.

Deixou palavras especiais para os alunos que vão frequentar a Academia pela primeira vez: “É sempre gratificamente ver que há pessoas novas na Academia. Espero que venham também a sentir o espírito de companheirismo e de partilha, o calor humano, que já criámos nestes 6 anos de vida da Academia”.

O presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, saudou todos os alunos inscritos, e estando em final de ciclo político, formulou o desejo de que este projeto tenha continuidade no futuro. Júlio Norte considerou uma aposta ganha e um êxito este projeto, criado pelo Município em 2015, evidenciado no número significativo de alunos inscritos ao longo destes seis anos, a maioria dos quais está desde o primeiro ano, no compromisso das pessoas com as atividades desenvolvidas e no índice de satisfação que manifestam. “Este projeto foi criado pela Câmara Municipal mas nasceu da vontade das pessoas, da necessidade que sentiram de haver uma resposta para a ocupação dos seus tempos livres numa determinada fase da sua vida, de maior disponibilidade” Lembrou que logo no primeiro ano de funcionamento a adesão superou todas as expetativas e ficou demonstrada a pertinência do projeto.

Júlio Norte dirigiu ainda palavras de agradecimento aos Professores/Monitores, considerando-os também parte fundamental do sucesso da Academia. “O êxito deste projeto é da Câmara Municipal, que foi o seu mentor, mas também é mérito do trabalho e dedicação de uma equipa multidisciplinar, de professores e monitores, que são o elo de ligação entre o Município e a Academia”, afirmou. Um êxito que repartiu ainda com os alunos, “pelo exemplo que deram e por terem demonstrado que este projeto fazia sentido: “Ao longo destes seis anos fizeram-se aqui atividades muito interessantes e tenho a certeza que o tempo que aqui passaram foi útil, produtivo e uma mais-valia. A Academia é um motivo de orgulho para a Câmara e para a comunidade mortaguense”.

Sendo a última vez que presidiu à cerimónia, finalizou com palavras carregadas de sentimento: “Não é um adeus, porque vou continuar a estar presente. Podem continuar a contar comigo, não como presidente da Câmara, mas como o José Júlio Norte, um vosso amigo. E gostaria também de continuar a contar com a vossa amizade, que é a melhor recordação que levo desta Academia. Felicidades para todos”.

As atividades letivas são constituídas pelas disciplinas de Música, Cavaquinho, Expressões, Inglês, Tecnologias, Investigação, Cidadania e Património, e ainda Português para Estrangeiros. Os alunos podem escolher todas ou algumas das atividades, consoante os seus interesses e disponibilidade.

A Academia tem como destinatários pessoas com 50 ou mais anos que queiram “saber mais”, como sugere a própria designação da mesma, adquirir novas competências, alargar aprendizagens, sendo também um espaço promotor de Socialização, Ocupação Ativa do tempo (e da mente), Participação e Cidadania.









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt