Inaugurada Exposição de Pintura de Ivone Ramos no átrio da Câmara Municipal

Data: 2021-08-11
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Foi ontem inaugurada, no átrio da Câmara Municipal, a Exposição de Pintura da autoria da mortaguense Ivone Ramos. A Exposição reúne trabalhos de pintura a óleo sobre tela e de aguarela sobre papel, que ilustram paisagens de Mortágua e da região, e diversos temas, como a maternidade, as memórias de infância. A água é um elemento dominante nos trabalhos em aguarela, uma técnica que a artista começou a desenvolver mais recentemente, sendo que o óleo continua ser o seu ponto de referência, onde volta sempre.

A artista confidenciou que o tempo da pandemia coincidiu com uma intensa atividade criativa: “aproveitei ao máximo esse tempo, até por estar mais tempo em casa, para pesquisar, explorar materiais, procurar e melhorar técnicas, como a aguarela”.

“Desejo que cada pintura seja como uma viagem para quem a observa, onde o que é importante é a forma como cada um entende o momento que ofereço”, refere a artista, que alimenta o gosto de desenhar desde criança. “Cada dia que passa sinto o mesmo prazer e interesse que tinha quando era criança…entra no meu mundo e tudo é possível”.

Ivone Ramos é Licenciada em Design de Equipamento pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Coimbra. Frequentou o Curso de Pintura da Sociedade Nacional de Belas Artes. É natural de Mortágua, onde viveu a maior parte da sua vida, e atualmente reside e trabalha em Viseu onde é professora de Artes Visuais.

O presidente da Câmara Municipal, que marcou presença no evento inaugural, deu os parabéns à artista “filha da terra” pela exposição e a oportunidade de dar a conhecer aos mortaguenses e ao público em geral o seu trabalho e o seu talento.

Júlio Norte recordou o gosto da artista pelo desenho desde tenra idade e lembrou que alguns trabalhos seus estão inclusive expostos na sala de reuniões da Câmara. “Acho que Mortágua te deve agradecer e reconhecer não só pela grande artista que és, mas também pela pessoa humana, pelo teu carácter e exemplo”, referiu Júlio Norte.

“Temos muita gente com potencial, qualidade, e nem sempre valorizamos o que de bom temos na nossa terra. Também temos de valorizar e sentir orgulho dos nossos artistas, das nossas instituições, das nossas empresas”, ressalvou.

A Exposição pode ser visitada até ao dia 15 de setembro.

 









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt