Apresentação do projeto “Carta Gastronómica da Região”

Data: 2021-07-23
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Realizou-se ontem (dia 22), em Mortágua, a Sessão Pública de Apresentação do Projeto “Carta Gastronómica da Região”. A sessão pretendeu dar a conhecer os objetivos e as metodologias de investigação que vão ser desenvolvidas, em articulação com um vasto conjunto de entidades e a colaboração das comunidades locais.

Na sessão marcaram presença o Coordenador da ADICES, João Carlos Figueiredo, o presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, a presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Olga Cavaleiro, bem como presidentes de Junta de Freguesia e o presidente da Confraria da Lampantana.

A ADICES é a entidade promotora deste projeto que visa a valorização da gastronomia enquanto ativo único de autenticidade e diferenciação e o aumento da visibilidade territorial e o fomento das dinâmicas económicas locais.

O projeto resultou de uma candidatura à CCDRC - Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (Autoridade de Gestão Centro 2020), enquadrada no Aviso de Concurso “Valorização do património identitário dos territórios no âmbito do desenvolvimento local de base comunitária”

Este projeto, para além de se suportar na parceria estabelecida com os Municípios de Águeda, Carregal do Sal, Mortágua, Santa Comba Dão e Tondela, pretende envolver também, de forma participativa e colaborativa, as freguesias, confrarias gastronómicas, associações de produtores e estabelecimentos de ensino com formação na área da cozinha. Este projeto deseja, também, ver associados estabelecimentos de restauração e cidadãos anónimos que se disponibilizem para partilhar saberes e receitas tradicionais.

Conscientes da importância deste património imaterial do território e tendo igualmente presente que, numa experiência turística na região, a gastronomia é determinante na fixação da memória dos visitantes, a ADICES pretende produzir um documento o mais densificado e fiel possível, colocando ao dispor de todos os que queiram participar, um canal aberto para esse efeito, através de contacto direto com a Associação ou através do preenchimento de um questionário online.

A elaboração desta “Carta” assenta em três eixos fundamentais: a recuperação e repositório através da criação de inventário das receitas tradicionais, ao mesmo tempo que identifica, cataloga e caracteriza os produtos tradicionais, levando à elaboração de fichas de identificação das receitas tradicionais; a capacitação e divulgação das fichas de identificação do receituário junto de estabelecimentos de ensino e restaurantes a par da capacitação de recursos humanos na hotelaria, restauração e animação turística; e o terceiro que se refere à criação de identidade gráfica e edição da carta gastronómica.

A concretização desta “Carta Gastronómica” constituir-se-á, também, como elemento agregador destes 5 municípios ao mesmo tempo que contribui para a planificação da estratégia turística do território.

 

 









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt