Júlio Norte considera urgente uma requalificação do IP3 para travar sinistralidade

Data: 2018-01-03
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


O Presidente da Câmara Municipal de Mortágua, Júlio Norte, defende que é necessário avançar, em definitivo, para uma intervenção de requalificação do IP3, de forma a garantir condições de segurança para os automobilistas e travar a elevada sinistralidade naquele itinerário.

“O estado de degradação da via está bem à vista e por consequência aumenta o risco de acidentes rodoviários. É a vida e a integridade física das pessoas que está em causa, e não podemos ficar calados ou parados a assistir a tragédias. Temos o dever de alertar e de exigir que se previna a possibilidade de ocorrência de acidentes, reduzindo os fatores de risco relacionados com o mau estado da via”.

Há alguns meses atrás o Governo anunciou o lançamento de várias intervenções de beneficiação nalguns pontos do IP3, a nível de reforço do pavimento e consolidação de taludes. Júlio Norte considera que estas intervenções “cirúrgicas” são importantes e necessárias, mas não resolvem os problemas de fundo, e reforçam a necessidade de se concretizar o projeto da tão reclamada autoestrada entre Viseu e Coimbra.

Júlio Norte afirma que não é expetável que haja autoestrada entre Viseu e Coimbra nos próximos 5/6 anos, daí que seja fundamental uma intervenção de requalificação do IP3 que garanta mais segurança e melhores condições de circulação.

Relativamente ao traçado da futura autoestrada, Júlio Norte aguarda que seja apresentado o estudo prévio para conhecer o corredor escolhido e adianta que a solução que vier a defender será sempre a que for validada pela Assembleia Municipal.

 









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt