Equipa de ciclismo do Velo Clube do Centro com sete caras novas e dois regressos

Data: 2015-02-27
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


A equipa de ciclismo do Velo Clube do Centro, sediada em Mortágua, inicia no próximo dia 1 de março a sua participação no campeonato nacional da modalidade, com a disputa da Clássica Internacional de Loulé.

Pelo terceiro ano consecutivo a equipa de Clube irá correr com a designação oficial “Anicolor”, que é um dos principais patrocinadores, além do Município de Mortágua e do Crédito Agrícola. A formação mortaguense integra 10 atletas de Sub-23/Elites, apresentando uma equipa substancialmente renovada, com sete caras novas.

Da época 2014 transitam três atletas, Nelson Silva, João Fernandes e Xavier Silva, sendo ainda de registar o regresso à “casa” de dois atletas ex-profissionais, Bruno Sancho (ex-Banco BIC) e Daniel Freitas (ex- LA Antarte). A formação completa-se com André Bessa, Renato Macedo, José Neves, Rui Carvalho e Júlio Gonçalves. Comandada pelo Director Desportivo Pedro Silva, a equipa conta ainda com a apoio técnico de Joaquim Carvalho, mecânico, e Daniel Sousa, massagista.

A equipa vai disputar as principais provas do calendário nacional, tendo como principais objectivos a revalidação do título de Campeão Nacional Sub-23, a Taça de Portugal e a Volta a Portugal do Futuro.

A equipa mortaguense realizou uma excelente época em 2014, que se traduziu na obtenção do titulo de Campeão Nacional de Estrada Sub-23 através do atleta Joaquim Silva, e em vários títulos colectivos (Volta a Portugal do Futuro, Taça de Portugal de Ciclismo Sub-23, entre outros). Como corolário dessa boa prestação viu ainda quatro dos seus ciclistas “saltarem” para o ciclismo profissional.

Pedro Silva confia nas potencialidades de “uma formação bem estruturada e homogénea”, com atletas com nível para discutir qualquer corrida, e adianta que o objetivo é superar os excelentes resultados alcançados na época passada. “Estamos a trabalhar com a máxima dedicação e seriedade e procurar aproveitar todas as oportunidades, tendo consciência de que é difícil rivalizar com equipas com orçamentos muito maiores”.

 

 

 









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt