Município, Pescamor e “Os Ribeirinhos” de Caparrosinha” assinaram protocolo - utilização da ex- Escola Primária de Caparrosinha

Data: 2015-02-25
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


 

 Foi assinado no passado dia 18 um protocolo tripartido entre o Município, a Pescamor e a Associação “Os Ribeirinhos” de Caparrosinha, tendo por finalidade a utilização e uso da antiga Escola Primária de Caparrosinha.

A celebração deste protocolo vai permitir à Pescamor dispor de um espaço para a sua sede social, para o convívio dos associados e para o desenvolvimento da sua atividade estatutária.

Trata-se de um espaço que oferece condições adequadas em termos de instalações mas também de enquadramento geográfico, uma vez que está situado junto a uma das principais zonas de pesca do concelho.

A Pescamor tem vindo a desempenhar um papel relevante na pesca desportiva de competição a nível nacional (Agua Doce). No escalão sénior, tem elementos a competir em diversos campeonatos, estando representada na 2ª Divisão Nacional de Pesca à boia, no Campeonato Nacional de Carpas e no Campeonato Nacional de Feeder, tendo obtido resultados de destaque.

Nos escalões jovens (Juvenis, Sub-18 e Sub-23), desde 2004 que todos os anos, mantém um ou dois pescadores no topo das classificações desportiva, tendo estes o mérito de representar o país na seleção nacional do escalão a que pertencem.

Além dos campeonatos nacionais, compete na 1ª Divisão Regional de pesca a boia e participa no Campeonato Regional de Clubes, na Taca “Artur Coimbra” da ARBPD e na Taca de Portugal Feeder, participando ainda, quando o calendário o permite, em provas regionais abertas.

Nos termos do protocolo a Pescamor assume a responsabilidade pela gestão e conservação do edifício, comprometendo-se ainda a compartilhar o espaço com a Associação Os Ribeirinhos” para a realização das festas de Caparrosinha e outras que ocasionalmente pretenda desenvolver. O protocolo tem a duração de cinco anos, renovando-se automática e sucessivamente, por iguais períodos, salvo se for denunciado por qualquer da partes.

A Câmara Municipal pretende que as antigas escolas que estão devolutas sejam colocadas ao serviço da comunidade. Nessa perspetiva, as associações locais sem fins lucrativos que prosseguem objetivos de interesse público podem dar uma efetiva utilidade a estes edifícios, contribuindo para o desenvolvimento social, cultural e desportivo das populações. Dando uso a estes edifícios escolares, pretende-se, ao mesmo tempo, evitar que entrem num processo de degradação.

 

 

 









Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt