Mortágua é o 4º melhor município em termos de eficiência financeira

Data: 2013-07-29
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Segundo relatório do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, relativo aos anos de 2011 e 2012

Foi conhecido no passado mês de julho o relatório do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, publicado pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, que analisou a situação financeira, económica e patrimonial dos 308 Municípios Portugueses, relativamente aos anos de 2011 e 2012.

Foram analisados 15 indicadores, relacionados com a execução orçamental e a situação financeira, a cada um foi atribuída uma pontuação que serviu para elaborar vários rankings, por indicador, além do ranking global dos melhores municípios em termos de eficiência financeira.

A informação apresentada permite constatar que o Município de Mortágua está bem colocado nesses rankings, quer quando se considera o total dos municípios (308), quer quando se considera o universo dos municípios de pequena dimensão (são 183, com população igual ou inferior a 20 mil hab.)

Desde logo, Mortágua ocupa o 4º lugar no ranking dos 50 melhores municípios de pequena dimensão, em termos de eficiência financeira, considerando o acumulado dos três exercícios económicos (2010, 2011 e 2012).

Analisando por indicadores, Mortágua é o 6º classificado em termos de grau de execução da receita, com 95%2 em 2012; sendo que só 56 municípios apresentavam um nível de execução superior a 80%.

Entre os 308 municípios e analisando o grau de execução de despesas comprometidas inferiores ou iguais ao grau de execução de receitas liquidadas, Mortágua ocupa o 1º lugar em 2012 (era 2º em 2011). Este indicador significa que há uma previsão cuidada de receitas, controle das despesas e preocupação em não criar dívida.

Ocupa o 28º lugar entre os municípios com menor volume de despesa realizada na aquisição de bens e serviços, o que no caso concreto de Mortágua reflete a preocupação com a redução da despesa, sobretudo da despesa corrente.

Está entre os municípios com menor volume de compromissos por pagar, no final do ano económico (9º lugar em 2012 e 8º em 2011). E também com menor volume de compromissos assinalados para os anos seguintes (7º lugar em 2011).

Nos Municípios sem endividamento liquido, Mortágua ocupa o 13º lugar (20º em 2011), no universo dos 308 municípios.
Quando se analisa os Municípios com menor índice de dívida a fornecedores relativamente às receitas do ano anterior, Mortágua é o 2º entre os 308 municípios, o que demonstra uma situação de equilíbrio financeiro estrutural.

Mortágua está entre os municípios com menor prazo médio de pagamento a fornecedores, 4 dias em 2012, ocupando o 12º lugar, tendo até melhorado em relação ao ano anterior, em que o prazo médio tinha sido de seis dias.

Mortágua ocupa o 18º lugar nos municípios com maior liquidez em 2012, tendo apresentado um saldo de gerência de quase seis milhões de euros. Em 2012 só 129 municípios (42%) incluindo Mortágua, possuíam liquidez positiva, isto é, capacidade para saldar as suas dívidas.

Segundo o Presidente da Câmara, estes resultados confirmam a boa gestão financeira do Município, que tem sido aliás atribuída em sucessivos relatórios, “que é fruto de uma gestão rigorosa, séria e responsável, feita com grande respeito pelos dinheiros públicos, porque essa ideia esteve sempre presente nas nossas decisões. Acho que não é só o município que deve ficar satisfeito com estes resultados, são sobretudo os munícipes, porque sabem que podem confiar nesta gestão do município, que há uma boa imagem do município no exterior, de rigor, seriedade e credibilidade. Para nós é uma questão de valores, de princípios, porque é aos munícipes que temos de prestar contas e são eles que nos podem pedir responsabilidades pela gestão que fazemos no dia a dia”.










Este artigo veio de www.cm-mortagua.pt
https://www.cm-mortagua.pt