Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2022


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice > Educação 



Apresentação do livro “Só vivemos duas vezes”

2012-03-09
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Atividade inseriu-se na Semana da Leitura e contou com a presença da autora

Decorreu no passado dia 8, inserida na celebração da Semana da Leitura, a apresentação do livro “Só vivemos duas vezes”, da autoria de Ana Isabel Martins. A apresentação contou com a presença da autora que contou e partilhou a sua história de vida, abalada aos 14 anos com o diagnóstico de um linfoma de Hodgkin, um cancro nos gânglios do sistema linfático.
A autora esteve à tarde na Feira do Livro, a decorrer na Escola Secundária, onde fez a apresentação do livro para alunos e professores do 2º, 3º Ciclo e Ensino Secundário. À noite, foi a vez da apresentação para o público em geral, no auditório da Biblioteca Municipal.

“Aos 14 anos desabou sobre a minha vida uma tempestade. Uma tempestade má, perversa, aterradora”, relata Ana Martins, nas primeiras páginas do seu livro. Saiu de casa dos seus pais em Montemor-o-Novo, para entrar num hospital assustador da grande Lisboa que desconhecia.
Como muitos outros doentes oncológicos, perguntou-se a si mesma: Porquê eu? Uma criança na inocência da juventude, alegre, com 14 anos, não merece este sofrimento e injustiça, pensou. Misturaram-se sentimentos, revolta, tristeza, raiva, negação. Nesses primeiros anos de crise e sofrimento, o papel e a escrita, foram amigos diários, um confidente.
Teve à sua volta uma família unida. Um pai imigrante, uma mãe que viveu com ela cada dia da doença e uma irmã que a guiou e lhe deu força moral. Casou-se cedo, aos 23 anos. Não sabia, depois da violência dos tratamentos de quimio e radioterapia, se podia ter filhos.

A doença mudou as suas perspetivas, o seu olhar sobre a vida. Passou a relativizar e a valorizar as coisas de uma forma diferente, a redefinir as suas prioridades e metas pessoais. Aprendeu a dar valor ao tempo, à paciência, à família, aos amigos, a coisas tão simples como um sorriso, um afeto, uma palavra amiga. O simples acordar pela manhã e sentir-se viva e cheia de vontade de viver, passou a ser um momento único. Foi como nascer de novo, recomeçar uma nova vida.
Hesitou em escrever o livro, mas a doença que atingiu o pai, um cancro do pulmão, foi determinante na decisão de avançar e dar a conhecer aos outros a sua história.
Ao mesmo tempo que lutou contra uma doença terrível, estudou e licenciou-se no Instituto Superior de Economia e Gestão. Hoje, com 37 anos, Ana Martins é diretora financeira, tem dois filhos, é uma mulher realizada e cheia de vida para dar.

Este livro não relata a história de alguém que venceu a “sombra da morte”, é sobretudo uma história de vida. A história de Ana Martins é a história de alguém que lutou, acreditou, sonhou e venceu. Uma história que poderia ser a de qualquer um de nós.
“Não quero que a minha vida sirva de exemplo a ninguém nem que me considerem uma heroina. Quero apenas contar uma história que aparentemente teve um final feliz. Na esperança de que outras histórias semelhantes à minha possam ter também um bom final. Feliz”, explica a autora, na introdução do seu livro.

Esta atividade teve a participação da Liga Portuguesa Contra o Cancro, através do Núcleo de Voluntariado Comunitário de Mortágua. A apresentação, realizada na Biblioteca Municipal, contou com a presença da Drª. Sónia Silva, psicóloga da Liga Portuguesa Contra o Cancro - Núcleo Regional de Coimbra. Esta especialista, com base na sua experiência de contacto com doentes oncológicos, abordou as questões do foro psicológico que afetam estes doentes na relação consigo mesmos e com os outros.
Algumas pessoas que estavam na assistência e que já passaram pelo mesmo drama, deram também o seu testemunho, de como viveram e ultrapassaram esta terrível doença que assusta toda a gente só ouvindo falar do nome.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Município assegura Creche gratuita a partir deste ano letivo2022-09-13
Município entregou jogo didático sobre as “Invasões Francesas” a alunos do Agrupamento de Escolas 2022-06-03
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Festa de Natal da Escola Básica veio até à “Vila Natal”2019-12-17
Homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen. Crianças do Ensino Básico assistiram ao espetáculo “Para Ti, Sophia”, numa produção da ACERT.2019-05-09
Semana Europeia do Desporto Escolar em Mortágua 2022-09-30
Câmara Municipal reuniu com restaurantes aderentes ao XIII Fim de Semana da Lampantana2022-09-29
Novo Reservatório reforça abastecimento de água às povoações da Sobrosa e Vila Meã da Serra2022-09-26
Lançado concurso para a nova Praça de Táxis 2022-09-26
Município fixa IMI na taxa mais baixa e devolve totalidade da participação no IRS. Famílias com filhos beneficiam ainda de dedução em sede de IMI 2022-09-26


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade