Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
agosto 2022


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Lançamento do livro “Era uma vez...uma menina chamada terra. A minha terra!...”

2011-03-22
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Através de textos e desenhos, crianças do 1ºCiclo expressam representações sobre a sua terra e perspectivas futuras. Projecto promovido pela ADICES.

O Presidente da Câmara Municipal, Afonso Abrantes, presidiu na Escola Básica de Vila Nova, concelho de Mortágua, ao lançamento do livro “Era uma vez...uma menina chamada terra. A minha terra!...”, uma edição promovida pela ADICES– Associação de Desenvolvimento Local.
Neste acto simbólico que assinalou a entrega do livro por todas as crianças do 1ºCiclo do Ensino Básico do Concelho de Mortágua, estiveram também presentes o Presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas de Mortágua, Rui Parada, e em representação da ADICES, Daniela Barros.

A data do lançamento, 21 de Março, não foi por acaso, mas intencional, coincidindo com o Dia Mundial da Floresta e da Árvore.

Entre a realidade e o sonho nasce o desenvolvimento. E neste contexto, é preciso ouvir aquelas que são crianças hoje, jovens amanhã e adultos no futuro.
Foi com este princípio que a ADICES - Associação de Desenvolvimento Local, desencadeou uma nova acção do Projecto “Região Solidária:-Imagens da Minha Terra, Perspectivas do Meu Futuro”.

Assim, deu-se voz às crianças que expressaram através de textos e desenhos, as suas representações sobre a actualidade da sua terra e as suas perspectivas futuras enquanto agentes activos, intervenientes na resolução dos problemas locais e defensores das especificidades da sua terra, enquanto agentes de desenvolvimento local.

O desafio foi lançado aos alunos do 1ºCiclo do Ensino Básico dos quatro concelhos que integram a região de intervenção da ADICES (Carregal do Sal, Mortágua, Santa Comba Dão e Tondela), em estreita colaboração com os Agrupamentos e respectivos professores. Ao todo estiveram envolvidos no processo criativo 2090 alunos.

Foi fornecida a cada Agrupamento uma história, que deu início ao processo criativo. Depois cada escola deu continuidade à história recebida. Coube aos alunos do 3º e 4ºano a concepção da história, que foi ilustrada, posteriormente, pelos alunos do 1º e 2º anos. Deste trabalho resultaram sete histórias, provenientes dos sete Agrupamentos participantes, que, apesar de terem tido como elemento comum a história inicial disponibilizada pela ADICES, assumiram percursos, trajectos, inquietações e conclusões diferentes, reflectindo as preocupações os conhecimentos e as especificidades do território de acção de cada Agrupamento.

Da imaginação e criatividade das crianças nasceu o livro “ Era uma vez...uma menina chamada terra. A minha terra!...”
Foi com grande entusiasmo, carinho e afectividade que as crianças descreveram as suas terras, realçando os seus aspectos naturais, históricos e culturais, identificaram os seus problemas e propuseram variadas soluções...
As perspectivas das crianças face à sua terra, aliadas à imaginação e à forma peculiar, que só as crianças tem de verbalizar os seus desejos e sonhos, transportam-nos para realidades imaginadas.

Com esta iniciativa pretendeu-se que as crianças, desde o início do seu percurso escolar, desenvolvam atitudes que as capacitem para observar o mundo que as rodeia e, simultaneamente, analisem criticamente os seus comportamentos e os dos outros, em resumo a observar e ser observado.

Todo o livro é uma mensagem em nome da Terra, um alerta das crianças, dirigido aos adultos, de que temos de mudar comportamentos e atitudes, que o futuro do Planeta depende de cada um de nós, de todos nós!.

Dizendo que a Terra está doente, as crianças apresentam muitas ideias para salvar o Planeta. O que podiam fazer? As crianças da EB de Mortágua decidiram criar uma associação para proteger o Planeta a que chamaram “Terra saudável, crianças felizes”. As crianças da EB de Vale de Remígio decidiram fazer um teatro para os Pais e Avós, sensibilizando-os para os problemas ambientais. As do Sardoal decidiram fazer os fatos para o desfile de Carnaval com materiais recicláveis. Ideias e mais ideias para tornar realidade aquele sonho da Terra, revelado ao Sol, no texto das crianças da Marmeleira e Vale de Açores: “Sonhava com um lugar onde tudo era perfeito, não havia fome, guerra, medo, inveja, não havia poluição e abundavam espaços verdes, era um mundo perfeito!”



Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados brilhou na Volta a Portugal 2022-08-16
Abertura oficial da “Mortágua Viva”2022-08-10
João Matias bisa e dá segunda vitória àTavfer-Mortágua-Ovos Matinados na Volta a Portugal2022-08-08
“Mortágua Viva”: dias de festa que marcam o ritmo do concelho2022-08-04
Velo Clube do Centro participa pela quarta vez na Volta a Portugal. Prova decorre de 4 a 15 de agosto.2022-08-04
Município de Mortágua aderiu a programa que capacita trabalhadores do setor do turismo2022-06-17
Município entregou jogo didático sobre as “Invasões Francesas” a alunos do Agrupamento de Escolas 2022-06-03
Assinado protocolo de adesão da Marmeleira à Rede “Aldeias de Portugal”2022-05-31
Apresentação Oficial do Rali de Mortágua. “Mortágua Arena” promete ser a grande atração da edição deste ano. 2022-04-22
Município promoveu Turismo Inclusivo na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2022-03-23


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade