Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Mortágua celebrou Dia do Município

2010-05-14
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Com a entrega de condecorações, homenagem a figuras republicanas do Concelho e inauguração de nova ambulância

O Centro de Animação Cultural foi pequeno para todos os munícipes que quiseram assistir à cerimónia solene de comemoração do Dia do Município, que se assinalou no dia 13 de Maio, Feriado Municipal. Na mesma marcaram ainda presença Vereadores, Deputados Municipais, Presidentes de Junta de Freguesia, Entidades Civis e Militares, representantes das Associações com as suas bandeiras e estandartes.

Na Sessão Solene Comemorativa, que teve lugar pelas 15h00, no Centro de Animação Cultural, usaram da palavra o Presidente da Câmara Municipal, Afonso Abrantes, e em substituição do Presidente da Assembleia Municipal, o Secretário da Mesa da Assembleia, Celso Portugal. (ver discurso integral aqui - formato pdf)



No uso da palavra, o Presidente da Câmara Municipal referiu-se naturalmente às dificuldades na economia do País, que se agravaram deste o último ano, e que se reflectem na vida dos municípios, das pessoas, das empresas. No caso dos municípios, essa conjuntura de crise condiciona a realização de investimentos públicos locais e as políticas sociais que se impõem para dar resposta às dificuldades das pessoas e das famílias.
Atento a essa realidade, o Município lançou em 2009 um conjunto de medidas de apoio às famílias e às empresas, no sentido de minimizar o impacto da crise. Medidas que vão continuar em vigor, garantiu o Presidente da Câmara na sua intervenção: “Apesar do impacto que as medidas de apoio às famílias e às empresas tem na receita, o Município vai mantê-las enquanto a situação se justificar e os seus recursos o permitem, mesmo que isso implique adiar investimentos previstos mas não prioritários”. No Orçamento do ano passado deixaram de entrar nos cofres do Município mais de um milhão de euros de receita com a aplicação daquelas medidas. “Para o Município são mais importantes as pessoas do que um metro de alcatrão”, afirmou o Presidente da Câmara, e lembrou que já no ano passado, neste contexto de crise, o Município teve capacidade para apresentar e executar o seu maior orçamento de sempre, com a finalidade de animar a economia local. E Explicou: “Tal só foi possível porque o Município teve capacidade para negociar o financiamento de alguns investimentos com a Administração Central e teve disponibilidade financeira para suportar a parte não comparticipada dos projectos candidatos ao QREN”.
E considerou que “foi correcta e conseguida a estratégia de lançar o maior volume possível de investimentos, tanto mais que uma parte significativa dos mesmos foram realizados por empresas locais”.
Em resultado de uma boa gestão financeira, comprovada pelo recente relatório do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, e apesar do contexto económico difícil, foi possível apresentar este ano um Orçamento Municipal de mais de 16 milhões de euros, mantendo-se ao mesmo tempo todas as medidas de apoio às famílias, aos jovens casais e as empresas.
Falando já do futuro, referiu ainda que, devido à conjuntura económica, alguns investimentos poderão ter de esperar por melhores dias, dando execução aquilo que são as prioridades. “Vamos concluir e equipar e pôr em funcionamento o Centro Educativo e Creche, está garantida a infraestrutração do Loteamento Municipal da Área da Cerâmica de Mortágua e ainda este mês será dado início ao processo de venda dos 38 lotes por Hasta Pública para construção de habitação própria. A expansão da área industrial é investimento prioritário a realizar no imediato”, informou. E adiantou: “Estes são os investimentos considerados prioritários e serão garantidamente feitos sem pôr em causa políticas sociais que vimos desenvolvendo e aquelas que se anunciaram para o presente mandato, como a Conta Crescente Jovem ou a Oficina Municipal Domiciliária”. Relativamente ao Centro Educativo esclareceu que a empresa construtora não conseguiu terminar a obra dentro do tempo previsto devido ao Inverno chuvoso, e que o apetrechamento do edifício é um processo moroso, o que vai atrasar a sua entrada em funcionamento no início do próximo ano lectivo .
A Autarquia vai continuar a investir na rede de saneamento básico, referindo que 80% da população já usufrui dele.

O Presidente da Câmara referiu que à semelhança do que vem já acontecendo nos últimos anos, o investimento municipal estará cada vez mais direccionado para as pessoas, para a criação de emprego, a economia, a competitividade, a inovação, a qualidade de vida.
“Com a infraestrutração feita, os equipamentos construídos e a funcionar, e uma situação financeira estável, já se deram efectivamente passos decisivos e concretos para a implantação de uma nova geração de políticas de investimento e desenvolvimento, no Município de Mortágua. No último ano foi possível investir 4,13 milhões de euros na Educação e na Juventude, assim como fez-se também um investimento muito significativo na área da cultura e desporto e demais áreas sociais”.
E concluiu: “As sementes do conhecimento, da valorização das pessoas e dos recursos foram lançadas e com elas as bases para o crescimento e consolidação económica do concelho”.

Município agraciou Funcionários
Associação de Quilho recebeu Medalha de Ouro de Mérito Municipal

Como já vem sendo hábito em anos anteriores, o Dia do Município serviu também para homenagear o movimento associativo local e os trabalhadores do Município. Foram agraciados dois funcionários municipais com mais de 20 anos de serviço com a Medalha de Bons Serviços. Os agraciados foram Manuela Marta Fonseca Fernandes e Jorge Manuel Fernandes, num reconhecimento público dos serviços prestados ao Município.

Este ano a Medalha de Ouro de Mérito Municipal foi entregue à Associação de Desenvolvimento Social, Cultural e Desportiva de Quilho, reconhecendo o Município, desta forma, os relevantes préstimos que a mesma tem dado à promoção da cultura, do lazer e ocupação dos tempos livres da população do concelho. No seu discurso, o Presidente da Câmara justificou a distinção referindo que a Associação de Quilho “tem sido um pólo aglutinador para toda a população, de dinamização da vida social, um bom exemplo daquilo que deve ser a relação das associações com as populações onde estão inseridas”.

Homenagem aos cidadãos republicanos de Mortágua

Associando-se à comemoração do Centenário da implantação da República, neste dia simbólico o Município prestou homenagem a cidadãos republicanos de Mortágua que se destacaram pela sua acção política e cívica em prol da afirmação e consolidação da República, a nível local, regional e até nacional.

Durante a Sessão Solene procedeu-se ao lançamento público do livro “Os Combates do Cidadão Manuel Ferreira Martins e Abreu", uma edição promovida pela Câmara Municipal e da autoria do Prof. Doutor Joaquim Romero Magalhães, que fez a apresentação da obra.

Um grupo de jovens da Escola Básica 2/3 e da Escola Secundária representaram no palco seis personagens republicanas de Mortágua. O Presidente da Câmara destacou o empenho das escolas nas comemorações do Centenário da República, afirmando: “é uma excelente oportunidade para dar a conhecer às novas gerações quem foram estes ilustres mortaguenses e republicanos, para que não sejam esquecidos e para que, nós e os vindouros, continuemos orgulhosos da sua vida e obra”.

No final da Sessão Solene procedeu-se à abertura da Exposição “Sentir a Terra - Mortágua Republicana”, na Sala de Exposições do Centro de Animação Cultural. Esta exposição, como o livro, pretende ser um contributo para a divulgação e compreensão do papel que algumas figuras republicanas de Mortágua, tais como Tomaz da Fonseca, José Lopes de Oliveira, Basílio Lopes Pereira, Martins e Abreu, Augusto de Sousa, Albano Lobo, tiveram na defesa e promoção dos ideais da República, que valeu a Mortágua o título de “vila mais republicana da Beira Alta”.


O programa das comemoração encerrou com a inauguração e bênção da nova ambulância dos Bombeiros Voluntários de Mortágua, no exterior do Centro de Animação Cultural, na presença dos responsáveis máximos da Associação Humanitária dos Bombeiros. Esta nova viatura insere-se no esforço de renovação gradual do actual parque de viaturas de assistência, estando previsto para breve a vinda de uma outra viatura nova.




Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade