Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
agosto 2022


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



“Serões de Aldeia” debatem os desafios do associativismo

2004-12-02
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Teve início no passado dia 27 o “Ciclo de Serões de Aldeia”que vai percorrer cinco localidades e colectividades do concelho, entre Novembro de 2004 e Maio de 2005.Coube à Associação Cultural e Recreativa de Monte de Lobos ser a primeira colectividade a acolher a iniciativa, que decorreu na sua sede.

O projecto “Serões de Aldeia” consiste na realização de um ciclo de debates descentralizados em torno do “associativismo”, pretendendo constituir um fórum de reflexão sobre o papel, a acção e os desafios que hoje se colocam ao movimento associativo no desenvolvimento local.
Dinamizar a vida cultural das associações, estimular a participação dos jovens no associativismo, proporcionar o convívio entre as diferentes colectividades, formar dirigentes associativos em moldes de formação “não convencionais”, são alguns dos objectivos da iniciativa.
Com mais de trinta associações participantes, representadas por dois elementos de cada Direcção, um deles com menos de 35 anos, este é o tipo de projecto que permite e procura fomentar a participação e o envolvimento das pessoas e entidades no processo e dinâmica de desenvolvimento local.
Nesta primeira acção os participantes abordaram e discutiram os pontos fortes e fracos de cada associação, que depois foram agrupados por temas, usando uma metodologia de trabalho conhecida por “nuvens de problemas”. A animar esta acção estiveram três elementos do Grupo “Aprender em Festa” (GAF), de Gouveia, um grupo que se assume como uma associação de cidadãos que tem como objectivo animar o desenvolvimento das pessoas e comunidades e cujos projectos de animação comunitária desenvolvidos lhes deram projecção a nível nacional.
Presente neste primeiro encontro, o presidente da Câmara Municipal, Afonso Abrantes, destacou a importância das associações se conhecerem e cooperarem entre si, algo que não é muito habitual no meio associativo. Nos últimos anos a autarquia investiu fortemente nas infraestruturas associativas, cerca de um milhão e meio de euros (300 mil contos), na construção, ampliação e remodelação de instalações de edifícios-sede. Era um investimento prioritário, dado que muitas associações não tinham condições de espaço e comodidade, nem para os associados nem para acolher determinadas actividades sociais e culturais. Hoje o panorama é bastante diferente, existem associações com belíssimas instalações, sendo muito poucas aquelas que carecem ainda de instalações próprias ou modernas. Isto para dizer que é preciso agora dar um salto qualitativo, pensar sobretudo na forma de dar vida a esses espaços, de mobilizar as pessoas e atrair os jovens para a causa associativa. Foi esse o desafio que deixou, manifestando o desejo de que estas acções possam dar frutos e abrir novas perspectivas em torno desta realidade tão rica que é o associativismo.
O concelho de Mortágua possui um significativo número de associações, que desenvolvem actividades em áreas que vão desde a cultura, desporto e recreio, ao social, humanitário e desenvolvimento local. A importância do movimento associativo no concelho e o seu inquestionável papel no exercício da cidadania e no desenvolvimento de dinâmicas culturais, sociais e desportivas no concelho, estiveram precisamente na origem deste projecto. Para além dos cinco debates, está previsto ainda a realização de duas viagens para “troca de experiências e de boas práticas”, a outros territórios do país.
Este projecto resulta de uma cooperação envolvendo a Câmara Municipal de Mortágua, a Adices – Associação de Desenvolvimento de Iniciativas Culturais, Sociais e Económicas, a ATHACA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave e a DOLMEN – Cooperativa de Formação, Educação e Desenvolvimento do Baixo Tâmega, sendo financiado pela Iniciativa Comunitária Leader+.

Programação dos Serões de Aldeia

1º Serão de Aldeia, em Novembro de 2004, na Ass. Cultural e Recreativa de Monte de Lobos.

2º Serão de Aldeia, em Janeiro 2005, na Ass. Cultural e Desportiva da Sobrosa.

3º Serão de Aldeia, em Fevereiro 2005, na Ass. Popular, Desportiva e Cultural Gandarense.

1ª Viagem de ”troca de experiências”, em final de Março.

4º Serão de Aldeia, em Abril, no Centro Cultural da Marmeleira.

2ª Viagem de “troca de experiências”, no início de Maio.

5º Serão de Aldeia, em Maio, no Grupo Associativo Recreativo Académico de Vila Moinhos.










Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Abertura oficial da “Mortágua Viva”2022-08-10
João Matias bisa e dá segunda vitória àTavfer-Mortágua-Ovos Matinados na Volta a Portugal2022-08-08
“Mortágua Viva”: dias de festa que marcam o ritmo do concelho2022-08-04
Velo Clube do Centro participa pela quarta vez na Volta a Portugal. Prova decorre de 4 a 15 de agosto.2022-08-04
Festa de Encerramento das Férias Ativas`20222022-08-01
Município de Mortágua aderiu a programa que capacita trabalhadores do setor do turismo2022-06-17
Município entregou jogo didático sobre as “Invasões Francesas” a alunos do Agrupamento de Escolas 2022-06-03
Assinado protocolo de adesão da Marmeleira à Rede “Aldeias de Portugal”2022-05-31
Apresentação Oficial do Rali de Mortágua. “Mortágua Arena” promete ser a grande atração da edição deste ano. 2022-04-22
Município promoveu Turismo Inclusivo na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2022-03-23


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade