Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Assinado contrato de instalação da “EYELIDS” no Ninho de Empresas

2009-09-11
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Mais uma empresa jovem apoiada pelo Município

Foi assinado no passado dia 9 o contrato de instalação da empresa Eyelids no Ninho de Empresas de Mortágua. O contrato foi assinado entre o Município de Mortágua, representado pelo Presidente da Câmara, e a empresa Eyelids, Máquinas e Serviços Técnicos, L.da, que tem como promotores Rui Alcântara e uma empresa associada, a Mundicrescente, detida pelos sócios Márcia Rosa e Armando Ferreira.
Rui Alcântara, é natural de Carregal do Sal, enquanto Márcia Rosa e Armando Ferreira (casal) residem em Mortágua. A Eyelids tem como actividade principal a manutenção industrial e a importação e exportação de máquinas e equipamentos industriais. A empresa foi criada em Agosto deste ano e iniciou a sua actividade no dia 1 de Setembro. “Nesta fase a empresa está mais vocacionada para o sector da madeira”, conta Rui Alcântara, que adianta “queremos alargar a outras áreas e temos já planeada uma segunda fase do projecto que é fazer o desenvolvimento de software específico para as máquinas”.
Quanto à criação de postos de trabalho, refere Rui Alcântara: “se tudo correr conforme planeado, até ao meio do próximo ano serão criados três postos de trabalho. É mesmo necessário para o desenvolvimento da nossa actividade, que é a prestação de serviços”.

Instalada há um ano no Ninho de Empresas
Mundicrescente já é um projecto de sucesso


A Mundicrescente foi a primeira empresa a instalar-se no Ninho de Empresas de Mortágua, há precisamente um ano, e associou-se a este novo projecto empresarial. “A Mundicrescente pode dar um apoio na parte comercial à Eyelids, por outro lado a Mundicrescente tem algumas oportunidades de negócio e alguma capacidade de entrar no mercado da manutenção e funcionamento de máquinas industriais e podem-se assim criar sinergias entre as duas empresas”, explica Márcia Rosa, Sócia-Gerente da Mundicrescente.
A Mundicrescente dedica-se ao comércio por grosso em três grandes áreas: Equipamentos de Protecção Individual, Ambiente e Higiene Industrial. “ Procuramos oferecer aos nossos clientes soluções integradas, porque as três gamas de produtos complementam-se”, refere Márcia Rosa.

Segundo Armando Ferreira, a existência do Ninho de Empresas e os apoios dados pelo Município de Mortágua, constituíram um forte incentivo para o desenvolvimento deste projecto empresarial: “Desde logo foi termos uma infraestrutura de suporte para desenvolver a nossa actividade, que seria mais difícil noutras circunstâncias, o que permitiu dedicarmo-nos quase em exclusivo e de imediato aquilo que é o nosso negócio, sem nos preocuparmos tanto com a parte administrativa e portanto estarmos focalizados na área operacional do negócio. Depois deu-nos alguma facilidade no contacto com os nossos clientes”.
Armando Ferreira destaca ainda a vantagem do Gabinete de Desenvolvimento do Empreendedorismo do Município estar instalado no Ninho de Empresas. “Pode dar-nos apoio a nível de informação relevante para as empresas, como legislação, programas de apoio, incentivos, todo esse suporte informativo. Aqui o apoio é muito mais directo, “basta bater à porta do lado”, não temos que nos deslocar. O relacionamento do próprio GDE também é mais próximo, na medida em que pode acompanhar a evolução das próprias empresas que aqui estão instaladas”.
Em apenas um ano a Mundicrescente espera duplicar o volume de facturação relativamente a 2008: “Estamos a meio do ano e já ultrapassámos a facturação do ano anterior, penso que é um objectivo que vamos cumprir”, diz Armando Ferreira, adiantando, “nós queremos manter este crescimento sustentado, mas o volume de facturação não é tudo, nós queremos também crescer a nível do factor humano. Até este momento já criámos dois postos de trabalho, para o próximo ano queremos criar mais um posto de trabalho, porque temos que aumentar a nossa força comercial para também podermos aumentar o nosso volume de vendas”. Quanto a objectivos a médio prazo, afirma: “nós já atingimos um determinado volume e precisamos de uma infraestrutura logística, refiro-me a instalações próprias, para dar resposta ao crescimento actual e futuro da empresa. A nível de mercado, nós temos já alguns grandes clientes e vamos continuar a trabalhar essencialmente para a Indústria e para o Sector Público. É essa a nossa aposta, a nossa estratégia de crescimento nos próximos tempos passa por essas duas áreas. Temos depois outros sectores onde poderemos actuar e onde não temos sido tão incisivos, como a Hotelaria, a Restauração, para os quais também temos soluções completas dentro dessas áreas. Poderemos ainda vir a alargar a nossa actividade aos pequenos clientes, mas mais tarde”.
Por outro lado, a Mundicrescente iniciou o processo com vista à certificação da empresa, que vai ser implementado ao longo dos próximos três anos. “É mais uma garantia de qualidade que vamos dar aos nossos clientes” afirma Márcia Rosa.

Maioria dos empresários apoiados são jovens
com formação superior ou qualificada


O Ninho de Empresas de Mortágua entrou em funcionamento em Junho de 2008. No espaço de um ano e apesar da crise, a estrutura já acolheu sete empresas, algumas delas constituíram-se enquanto tais no momento da sua instalação. Para Novembro está prevista a instalação de mais uma empresa, já com candidatura aprovada. Os projectos apoiados, na sua esmagadora maioria, têm como promotores jovens licenciados ou com formação qualificada, sendo que esse era um dos objectivos que presidiu à criação do Ninho de Empresas.
O contrato de instalação é provisório, até ao máximo de três anos, uma vez que a função da incubadora de empresas (daí a designação de Ninho de Empresas) é apoiar as empresas na fase inicial do seu desenvolvimento. Desta forma dá-se oportunidade a que novas empresas se possam instalar, num processo contínuo.
Os apoios concedidos abrangem a cedência de instalações físicas (com pagamento de uma renda simbólica), equipamentos de escritório, de comunicações e outros serviços de apoio, totalmente gratuitos, criando deste modo um ambiente favorável à consolidação do projecto empresarial.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Concerto comemorativo dos 125 anos da Filarmónica de Mortágua2021-09-29
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade