Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
agosto 2022


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Espectáculo Comemorativo do “25 de Abril”

2009-04-28
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

A Escola Secundária de Mortágua organizou um Espectáculo Comemorativo dos 35 anos do “25 de Abril”, que constou de momentos de Poesia, Música e Teatro.

Ouviram-se canções que foram ícones da Revolução pelo grupo “Canções de Abril”, com vozes de Jorge Gonçalves, Celso Portugal, Miguel Dias, Altino dos Reis e Sofia Portugal. Canções como “Grândola Vila Morena”, “E Depois do Adeus”, Trova do Vento que Passa”, “Gaivota”. Manuela Martins cantou o fado “Abandono”, um poema de homenagem aos presos políticos, da autoria de David Mourão Ferreira e que foi musicado para a voz de Amália Rodrigues.

Ouviram-se também poemas de Ary dos Santos, destacando-se “As Portas que Abril Abriu”. Ary dos Santos disse sobre o 25 de Abril: “Foi uma alvorada esplendorosa que, se bem que me entusiasmasse e deslumbrasse, se tornou uma primeira percepção real da liberdade e uma razão forte para lutarmos por ela. Foi um pouco isso que pretendi pôr em “As Portas que Abril Abriu”.


Tendo como pano de fundo a voz do poeta, os alunos distribuíram cravos pela público, de todas as idades, que enchia por completo o auditório do Centro de Animação Cultural.

Associando-se à comemoração o Coral Silvia Marques (Classe Juvenil e Infantil) interpretaram temas de Zeca Afonso, entre outros, dirigidos pelos Maestros Nuno Garrido e Ricardo Vicente.

A partir de um texto de Zília Gonçalves foi encenada um pequeno sketch ilustrativo do quotidiano da escola primária durante o Estado Novo. Recordou-se a “velha” escola do Estado Novo, caracterizada pelo autoritarismo, o medo (a famosa régua), a exaltação dos valores da ruralidade, das virtudes públicas e da ideologia nacionalista, uma educação avessa à crítica e ao debate de ideias. Noutro sketch, duas alunas recriaram a partir de um texto inserido num livro da 4ªclasse a dicotomia entre a cidade e o campo, que o Estado Novo fomentava, inculcando o ruralismo tradicionalista e secundarizando a inovação urbana.

No final do espectáculo o Presidente do Conselho Executivo, Rui Parada, subiu ao palco para agradecer a colaboração de todos os que participaram na organização do espectáculo, com uma menção especial aos alunos, que foram os grandes protagonistas da noite.

O Presidente da Câmara Municipal, enalteceu o facto de serem os jovens a contar o que foi o 25 de Abril, afirmando que cabe às gerações que viveram a Revolução dos Cravos transmitir às gerações actuais o significado do antes e depois do 25 de Abril, para que a memória não seja traída e se continue a lutar para cumprir o sonho inacabado do 25 de Abril, de construir um País mais justo, mais fraterno, mais desenvolvido.


O espectáculo foi uma iniciativa do Grupo de Professoras de História e contou com a colaboração de outros professores, de alunos e auxiliares de educação, além de pessoas da comunidade. Contou ainda com o apoio da Câmara Municipal de Mortágua e a colaboração do Rancho Folclórico e Etnográfico de Vale de Açores.


O 25 de Abril marcou, há 35 anos, uma viragem profunda na história do nosso País. Abriram-se, então, as portas à liberdade e à democracia.
À Escola cabe o papel de preservar e transmitir a memória de todos os que se debateram pela mudança para construir, em cada dia, a Liberdade, a Igualdade e a Solidariedade.
Desse sentimento e dessa vontade se materializou este espectáculo, que pretendeu mostrar aos mais novos a alegria imensa de, em conjunto, se continuar a manter vivo o cravo da liberdade.




Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
“Mortágua Viva”: dias de festa que marcam o ritmo do concelho2022-08-04
Velo Clube do Centro participa pela quarta vez na Volta a Portugal. Prova decorre de 4 a 15 de agosto.2022-08-04
Festa de Encerramento das Férias Ativas`20222022-08-01
Equipa Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados dominou a 20ª edição do Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua - Pedro Silva, conquistando as camisolas Amarela, Azul e Verde.2022-08-01
Alunos de Mortágua participaram nos cursos de verão da Universidade Júnior2022-07-27
Município de Mortágua aderiu a programa que capacita trabalhadores do setor do turismo2022-06-17
Município entregou jogo didático sobre as “Invasões Francesas” a alunos do Agrupamento de Escolas 2022-06-03
Assinado protocolo de adesão da Marmeleira à Rede “Aldeias de Portugal”2022-05-31
Apresentação Oficial do Rali de Mortágua. “Mortágua Arena” promete ser a grande atração da edição deste ano. 2022-04-22
Município promoveu Turismo Inclusivo na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2022-03-23


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade