Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Município entregou incentivo de 10 mil euros a dois jovens empresários que se instalaram no concelho

2009-03-05
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Empresa vai dedicar-se à reciclagem de componentes automóveis

O Presidente da Câmara Municipal fez hoje a entrega de um cheque no valor de 10.000 euros a dois jovens empresários que criaram uma empresa e se preparam para instalar-se no Parque Industrial de Mortágua. Os 10.000 euros correspondem ao incentivo pecuniário previsto no “Concurso de Ideias, Empresas e Empresários”, promovido pelo Município de Mortágua, no âmbito do qual surgiu este projecto empresarial. O Concurso tinha como finalidade captar e apoiar ideias de negócios inovadoras, que se traduzissem num contributo para o desenvolvimento económico do concelho.
Rui Matos, 31 anos, foi um dos jovens empresários que concorreu ao “Concurso de Ideias” e viu o seu projecto seleccionado. Juntamente com o outro sócio, Carlos Santos, 27 anos, criou em Outubro do ano passado a empresa “Recyploym, Lda”.
A empresa vai dedicar-se ao tratamento/reciclagem e comércio de polímeros (nome técnico para os plásticos), tendo em vista a sua reutilização e valorização energética.
“Nesta fase inicial será essencialmente reciclagem de componentes automóveis, mas futuramente poderá ser alargado a outros produtos, como as embalagens”, refere Rui Matos.
A empresa encontra-se sediada no Ninho de Empresas de Mortágua, e terá a sua actividade produtiva localizada no Parque Industrial de Mortágua, utilizando para o efeito um pavilhão industrial já existente. A instalação da sede e actividade no concelho eram duas das condições essenciais para a atribuição do incentivo pecuniário, para além das características do projecto, em termos da sua sustentabilidade económico-financeira e mais-valia para a economia local.
“Os plásticos usados vão ser reciclados e novamente incorporados na indústria, seja na indústria automóvel, do mobiliário urbano e de jardim, fabrico de utilidades, entre outras aplicações. Só não serão reaproveitados para a indústria alimentar e farmacêutica, porque aí normalmente são matéria-primas puras, por razões óbvias”, explica Rui Matos.
A empresa vai utilizar equipamentos tecnologicamente evoluídos, constituindo a qualidade do produto final e a fidelização dos clientes, duas preocupações fundamentais dos promotores. “Os produtos serão ajustados às necessidades específicas de cada cliente”, adianta.
A empresa deverá começar a funcionar em pleno, em termos de produção, no princípio de Maio. Para já os dois jovens empresários constituem a mão-de-obra qualificada da empresa, mas está prevista a contratação de pessoal “a curto prazo”.
Num concelho onde existem já diversas empresas ligadas às energias renováveis, como a Central Termoeléctrica, a Pellets Power, esta é mais uma empresa instalada em Mortágua que vai contribuir para um melhor Ambiente. “Se não forem reciclados, estes componentes de plástico irão para um aterro. Aqui serão reaproveitados e reincorporados no processo produtivo, poupando-se recursos e energia”, afirma Carlos Santos.
O “Concurso de Ideias” previa a atribuição de vários incentivos, um dos quais era um incentivo pecuniário no valor de 10 mil euros, mas também apoios em termos de elaboração do Plano de Negócio da empresa e instalação. Segundo nos referiu Rui Matos, o incentivo dado pelo Município de Mortágua foi integrado nas garantidas de financiamento do projecto, salientando:”em termos de aprovação do crédito ajudou bastante, sobretudo nesta fase em que há mais dificuldades no acesso ao crédito”. Acrescentando “não sendo um valor significativo no cômputo do investimento a realizar, em termos pessoais, como prémio, teve bastante relevância”.
Para o Presidente da Câmara Municipal, Afonso Abrantes, esta iniciativa do Município pode ser determinante no arranque de alguns projectos empresariais, nomeadamente de jovens recém-licenciados, porque muitas das vezes, refere, “é precisamente na fase de arranque em que já há despesas avultadas, que é mais sentida a necessidade desse apoio”. Esse apoio inicial pode ser decisivo no avanço ou não de um projecto empresarial, seja na sua criação ou modernização.
“Nós estamos muito receptivos a apoiar o empreendedorismo, em especial o empreendedorismo jovem. Temos um Ninho de Empresas que proporciona condições muito vantajosas. A renda é de apenas 2 euros por m2 e por mês, incluindo já a água, luz, telefone, fax, Internet e a possibilidade de utilização de salas comuns, nomeadamente para reuniões e acções de formação”.




Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade