Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
janeiro 2022


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Município promoveu plantação de árvores autóctones em terrenos do domínio privado do Município

2022-01-14
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

O Município de Mortágua procedeu ontem a uma ação de plantação de espécies autóctones numa área florestal, com cerca de 1,28 hectares, pertencente ao domínio privado do Município. As espécies plantadas foram sobreiros, carvalhos e medronheiros, tendo sido produzidas nos viveiros da Escola Superior Agrária de Coimbra. Esta iniciativa inseriu-se no projeto Forest for Future (F4F), que tem como entidade líder o SERQ (Centro de Inovação e Competências da Floresta), e envolve uma parceria de várias entidades: Município de Mortágua, ADICES, Escola Superior Agrária de Coimbra, Universidade de Coimbra e Universidade de Aveiro.

Presidente da Câmara, Vereadores, Coordenador da Adices, Docentes e Alunos da Escola Superior Agrária de Coimbra, Docentes e Alunos da Universidade de Aveiro, Sapadores Florestais do Município, participaram na ação no terreno, aos quais de juntaram vários mortaguenses que se inscreveram no evento.

O objetivo da iniciativa é fomentar a biodiversidade florestal, promover e preservar as espécies autóctones do nosso território, que contribuem para uma floresta mais rica, diversa e resiliente aos incêndios, bem como para a diversidade de espécies animais.    

O projeto F4F – Forest For Future visa a valorização da fileira florestal da Região Centro e tem por objetivo primordial a demonstração e a transferência de tecnologias e soluções que permitam melhorar o valor acrescentado no setor florestal da região Centro. Abrange as várias fases da cadeia, desde as plantas até aos produtos finais, baseando-se em quatro pilares fundamentais: “Plantas e Viveiros”, “Gestão Florestal”, “Indústria” e “Floresta multiusos”.

Filomena Gomes, docente da Escola Superior Agrária de Coimbra, sublinhou a importância de se criar “diversidade florestal, com as nossas espécies autóctones”. “Temos aqui um concelho com muito potencial produtivo para o eucalipto, uma espécie que tem uma grande relevância económica neste território, mas devemos promover a diversidade e criar zonas de descontinuidade que ajudam a proteger a floresta dos incêndios, das pragas e doenças”. Até porque, acrescenta, o próprio sistema produtivo do eucalipto beneficia da diversidade do mosaico florestal, em termos de proteção e sustentabilidade.

O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Pardal, refere que no território podem e devem coexistir várias espécies, com as suas zonas de aptidão específica e numa lógica de complementaridade. “A nossa realidade florestal assenta sobretudo na espécie eucalipto, que é um pilar na economia local, no emprego e no sustento de muitas famílias”.

Uma floresta com retorno económico mas também com benefícios ambientais, como a retenção de carbono e a produção de energias renováveis a partir de unidades industriais instaladas no concelho que aproveitam e valorizam subprodutos e resíduos florestais, lembra. “Agora o que precisamos de fazer é também promover e incentivar as outras espécies, quer numa perspetiva paisagística quer de valorização dos produtos locais, como o mel, a castanha, o medronho, entre outros, que também têm um valor económico para as pessoas”.

Adianta ainda que a Câmara Municipal pretende promover a reflorestação das faixas de gestão de combustíveis, situadas ao longo da rede viária municipal, criando corredores verdes e ecológicos com recurso às espécies autóctones.

O presidente da Câmara espera que esta ação possa constituir um incentivo, levando os proprietários a seguir o exemplo, “para que tenhamos uma floresta viva, multifuncional e sustentável”.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
“Academia Digital para Pais”. Inscrições abertas para formação (gratuita) em competências digitais. 2022-01-11
Plantação em Mortágua de espécies autóctones:carvalho, sobreiro e medronheiro.2022-01-07
Gustavo Veloso será o novo diretor desportivo da equipa para a Temporada 20222022-01-04
Transporte Flexível a Pedido (Táxi) alargado a todo o concelho2022-01-03
Município fixa IMI na taxa mais baixa e devolve IRS a favor dos munícipes. Famílias com filhos beneficiam de dedução em sede de IMI. 2021-12-22
Rali de Mortágua: Bruno Magalhães vence e Ricardo Teodósio é campeão nacional2021-11-08
Fim de Semana da Lampantana atraiu visitantes oriundos de norte a sul do país2021-11-03
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade