Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Biblioteca Municipal comemorou aniversário sob o signo da Interculturalidade

2020-03-03
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Sob o tema “Uma janela para África “, a Biblioteca Municipal Branquinho da Fonseca celebrou o seu 16º aniversário com Contos, Livros, Gastronomia, Música e Artesanato, e uma homenagem à diversidade e riqueza cultural dos Países Africanos de Expressão Portuguesa.

À dimensão intercultural juntou-se um objetivo solidário, dado que a receita das atividades reverteram para a ABAADV – Escola de Cães-Guia para Cegos, sediada em Mortágua.

Os espaços da Biblioteca Municipal estiveram decorados com objetos artísticos e simbólicos de origem africana. No átrio de entrada da Biblioteca estava encimada uma frase esplendorosa: “Un beso, solamente un beso, separa la boca de África de los lábios de Europa”, de Limam Boicha, natural do Sahara Ocidental.

Estiveram ainda expostos trabalhos com missangas (Filipe Medina), máscaras e colares (Paula Marques), pinturas, poemas (Amadeu Carvalho Homem), livros, discos, compotas e licores de Cabo Verde (Ilda Aguiar), que transportaram as pessoas para as memórias e imagens das “encantadoras e sedutoras terras africanas”.

As atividades iniciaram no dia 27, com “stórias de lá” de Adriano Reis (Cabo Verde), que trouxe lendas e contos do seu país, para plateias de crianças, jovens e adultos. No mesmo dia decorreu um Workshop intitulado “Mozambik de A a Z“, orientadopor Klemente Tsamba (Moçambique), que ensinou a construir instrumentos de percussão com recurso à reutilização de objetos do nosso dia-a-dia.

As celebrações continuaram no dia 28, dia oficial da inauguração da Biblioteca, com duas ações. No Centro de Animação Cultural realizou-se um espetáculo intitulado “Nos tempos de Gungunhana” com Klemente Tsamba. A peça percorre a história de Moçambique, destacando a tradição oral dos povos do sul e fazendo breves abordagens sobre jogos, ritmos, cânticos, entre outras expressões ligadas àquela região de Moçambique.

Na Biblioteca Municipal teve lugar uma “Noite Africana”. Do programa fez parte a apresentação do livro “Pensamentos aleatórios”, de Avelino Sampaio, um jovem autor de nacionalidade angolana, que reside e trabalha no concelho de Mortágua. Alunos da turma do 11ºA leram poemas de autores africanos, contaram lendas (Guiné-Bissau) e cantaram o tema “Sodade”, de Cesária Évora (Cabo Verde). Vítor Costa leu o poema “Para Ti”, do livro“Raíz de Orvalho e Outros poemas” de Mia Couto,  o escritor moçambicano com mais obras traduzidas e publicadas no estrangeiro, incluindo Portugal.

Seguiram-se “Sabores Interculturais”, com iguarias tradicionais africanas (Angola, Moçambique, Cabo Verde e Senegal) confecionadas por mortaguenses e outras pessoas que viveram naqueles países. A noite terminou com música e a atuação dos “Paralelos do Ritmo”, que interpretaram temas populares de Angola e Cabo Verde e animaram o ambiente.

Não faltou o bolo de aniversário e os parabéns à Biblioteca, rematados com uma grande salva de palmas. 

O presidente da Câmara Municipal sublinha a pertinência da temática do aniversário, a interculturalidade, numa altura em que emergem a nível global fenómenos de ódio, como o racismo e xenofobia. “A Biblioteca Municipal mostrou que é uma janela aberta para o Mundo, para África e todos os Continentes, e que através da cultura podemos derrubar barreiras, preconceitos, e aproximar povos e culturas diferentes, com as suas idiossincrasias, tradições, modos de viver”.

Júlio Norte enaltece a adesão e elevada participação nas atividades por parte da comunidade mortaguense, desde os mais jovens até aos mais velhos.

E lembra que há cada vez mais estrangeiros, de nacionalidades muito diversas, a viver em Mortágua. “A integração tem sido plena e harmoniosa, e a comunidade mortaguense tem sido um exemplo de bem receber e acolher, o que nos enche de orgulho”, afirma.

A Biblioteca Municipal agradece a todos os que colaboraram e estiveram envolvidos nas várias atividades, e dessa forma, contribuíram para que as comemorações do 16º aniversário fossem um sucesso.

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Concerto comemorativo dos 125 anos da Filarmónica de Mortágua2021-09-29
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade