Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
agosto 2022


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Município e Associação Dignitude celebraram protocolo. Pessoas e famílias carenciadas vão ter acesso gratuito a medicamentos.

2019-09-13
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Município e Associação Dignitude celebraram protocolo. Pessoas e famílias carenciadas vão ter acesso gratuito a medicamentos.

 

O Município de Mortágua e a Associação Dignitude celebraram, no passado dia 12, um protocolo que visa garantir o acesso gratuito de medicamentos a pessoas e famílias carenciadas do concelho. O protocolo foi assinado pelo Presidente da Câmara, Júlio Norte, em representação do Município, e Augusto Meneses, presidente da Direção da Delegação Centro da Associação Nacional das Farmácias, em representação da Associação Dignitude. No ato estiveram ainda representantes das farmácias do concelho, as quais aderiam ao programa e são parceiros fundamentais na sua operacionalização.

O Município de Mortágua passou a ser parceiro do programa Abem: Rede Solidária do Medicamento”, contribuindo para o fundo social que vai permitir a comparticipação a 100% dos medicamentos para pessoas e famílias do concelho de Mortágua com comprovada situação de carência económica.

Caberá ao Município de Mortágua a referenciação dos potenciais beneficiários, procedendo à validação da condição de recurso de cada interessado. Uma vez verificado que a pessoa/família cumpre os requisitos que estão definidos na fórmula de cálculo, recebem o cartão Abem, emitido pela Dignitude. Depois só terão de exibir o cartão na farmácia, beneficiando do acesso gratuito ao medicamento.

A Dignitude é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que tem como missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e bem-estar dos portugueses mais desfavorecidos, garantindo, nomeadamente, que todos os cidadãos tenham acesso aos medicamentos que lhe são prescritos.

A Associação Nacional das Farmácias (ANF), a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (APIFARMA), a Cáritas Portuguesa e a Plataforma Saúde em Diálogo, integram a associação Dignitude como seus membros fundadores. Reconhecendo a bondade dos fins prosseguidos pela Dignitude, entidades como a Associação Nacional de Municípios Portugueses, a União das Misericórdias Portuguesas e a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, associaram-se também como parceiras neste projeto.

Augusto Meneses, em representação da Dignitude, deu a conhecer a missão desta associação sem fins lucrativos e os objetivos do “Programa Abem-Rede Solidária do Medicamento”, explicando que se trata de um programa de dimensão nacional, que se quer consistente, transversal, agregador, solidário, equitativo, permanente e transparente. Mas também inclusivo e discreto: “Não há nenhum balcão específico para estes utentes. A pessoa é atendida no balcão da farmácia de igual modo que os outros utentes, só com a diferença que tem um cartão que lhe permite aceder à comparticipação. Não há aqui qualquer tipo de discriminação”.

Segundo dados que divulgou, desde maio de 2016 até agosto último, o programa já chegou a 10.712 beneficiários e foram distribuídas 333.101 embalagens, no valor global de mais de 600 mil euros de comparticipações.

O Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, louvou a iniciativa da Dignitude e a forma como o programa é gerido, com base em parcerias, nomeadamente com os Municípios e as farmácias. Referiu que o apoio à comparticipação de medicamentos para as pessoas mais necessitadas era um compromisso que constava do seu programa eleitoral para o presente mandato, na área da Ação Social.

Júlio Norte dirigiu palavras de reconhecimento às três farmácias do concelho, por terem aderido ao programa, demonstrando uma postura de responsabilidade social. Agradeceu ainda o “papel social” que os responsáveis das farmácias do concelho têm desempenhado ao longo do tempo, facilitando muitas vezes o pagamento dos medicamentos às pessoas com maiores dificuldades e substituindo-se ao próprio Estado. “Quero aqui deixar o meu agradecimento, em nome do Município e da nossa comunidade, por esse gesto, que só quem precisa sabe o quanto significa. Ao fazê-lo demonstram que são pessoas solidárias e que têm um grande coração”, enalteceu.

Sublinhou que este apoio “destina-se a comparticipar medicamentos que as pessoas precisam de tomar e que estão sujeitos a receita médica”. Segundo Júlio Norte, esta é uma medida que promove ao mesmo tempo a saúde e a inclusão social. “ O acesso à Saúde e ao medicamento deve ser garantido a todos. Os fatores económicos não podem afetar esse direito universal, que é talvez o mais importante que nós temos”, afirmou.

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Abertura oficial da “Mortágua Viva”2022-08-10
João Matias bisa e dá segunda vitória àTavfer-Mortágua-Ovos Matinados na Volta a Portugal2022-08-08
“Mortágua Viva”: dias de festa que marcam o ritmo do concelho2022-08-04
Velo Clube do Centro participa pela quarta vez na Volta a Portugal. Prova decorre de 4 a 15 de agosto.2022-08-04
Festa de Encerramento das Férias Ativas`20222022-08-01
Município de Mortágua aderiu a programa que capacita trabalhadores do setor do turismo2022-06-17
Município entregou jogo didático sobre as “Invasões Francesas” a alunos do Agrupamento de Escolas 2022-06-03
Assinado protocolo de adesão da Marmeleira à Rede “Aldeias de Portugal”2022-05-31
Apresentação Oficial do Rali de Mortágua. “Mortágua Arena” promete ser a grande atração da edição deste ano. 2022-04-22
Município promoveu Turismo Inclusivo na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) 2022-03-23


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade