Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice > Concertos 



Concerto de Natal cumpriu tradição e exaltou sentimentos de União, Paz e Fraternidade

2018-12-27
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

Realizou-se no passado dia 22 o Concerto de Natal, cumprindo-se assim uma tradição na vivência festiva da quadra natalícia no concelho de Mortágua. Como é habitual, o auditório do Centro de Animação Cultural encheu-se de público para assistir a um concerto que é especial e único no ano, tendo em consideração o espírito da época, em que os sentimentos fraternos tocam mais fortemente os nossos corações.

O Concerto foi abrilhantado pelas três coletividades musicais do concelho, Coral Juvenil Sílvia Marques, Orfeão Polifónico de Mortágua e Filarmónica de Mortágua.

O primeiro grupo a subir ao palco foi a Classe Infantil do Coral Juvenil Sílvia Marques, que interpretou dois temas, “Show da Classe Infantil” e “Ele está a chegar”. Os elementos do Coral Juvenil interpretaram o tema “This is me”, do filme “The Greatest Showman”.

Seguiu- se o Orfeão Polifónico de Mortágua que interpretou o tema “Ya viene la vieja”, uma canção natalícia de origem espanhola.

Finalmente a Filarmónica de Mortágua interpretou uma “Suite de Natal”, um medley de músicas famosas de Natal.

Seguiu-se o momento mais intenso e vibrante da noite, quando os três grupos juntaram-se no palco para interpretar vários temas, numa demonstração de que a música une as pessoas em torno de sentimentos puros e belos, como a amizade, a união, a fraternidade, traduzindo assim os valores essenciais do Natal.  

Em uníssono, os três grupos interpretaram temas natalícios, “Noel” (tema de origem africana), “O Menino do Tambor”, “É Natal, É Natal”, e temas tradicionais portugueses, “Dorme, Dorme, Meu Menino” e “Correi Pastorinhos”.

Após as atuações, os Diretores de cada grupo, os Maestros e o Presidente da Câmara Municipal, foram chamados ao palco para receber um bonito troféu alusivo ao Concerto.

O Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, foi convidado a dirigir algumas palavras, tendo aproveitado o ensejo para desejar um Feliz Natal e um excelente ano de 2019 a todos os Executantes e Coralistas, às Coletividades, ao público ali presente e a todos os mortaguenses em geral. Deixou ainda um agradecimento às Coletividades do concelho, enaltecendo o seu trabalho, a sua dedicação, o seu empenho, ao longo do ano, e formulou votos de que 2019 seja um ano de sucessos.

Neste Concerto houve ainda a registar dois momentos carregados de emoção. Um deles foi a “despedida” de Arménio Gouveia, um dos músicos da “velha guarda”, com mais de 35 anos de ligação à Filarmónica. Foram muitos anos de dedicação à Filarmónica, mas chegou agora o momento de dar mais tempo à família. Como o próprio confidenciou, não se trata de uma saída da Filarmónica, apenas o fim de uma carreira enquanto executante, pois vai continuar ligado à mesma enquanto presidente do Conselho Fiscal e disponível para outras tarefas a que seja chamado.

O Presidente da Direção da Filarmónica, João Jorge, refere que pessoas como Arménio Gouveia representam a experiência e transmitem aos mais jovens os valores que fazem parte da “escola” e da “família” da Filarmónica, que além da formação musical, são também os valores humanos e sociais. E destaca em Arménio Gouveia um papel em particular: “Foi sempre muito importante na integração dos mais novos”. E manifesta a certeza de que a sua ligação à Filarmónica é para continuar: “É uma pessoa que gosta de cá estar, faz parte dos Órgãos Sociais, tem ainda uma filha na Banda, e nós também queremos contar com ele por muitos anos”.

Mas se há uns que saem há outros que entram, é a lei da renovação e da vida. E este espetáculo ficou também marcado pela estreia em concerto dos jovens Tomás Mira (Saxofone alto) e Ana Melo (Clarinete), formados na Escola de Música da Filarmónica. Foram dois momentos que mereceram uma forte ovação do público, que brindou ainda, de pé, o magnífico espetáculo dado a assistir, integrado no vasto programa de atividades com que se celebrou a quadra natalícia em Mortágua.     


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Concerto de Natal constituiu ponto alto da celebração da quadra natalícia2016-12-28
Concerto de Natal constituiu ponto alto da celebração da quadra 2012-12-27
Espetáculo “Memórias Partilhadas” com José Fanha, Francisco Mendes e António Palma2012-10-31
Mortágua vive as suas grandes festas de Verão2009-08-10
Audição/Concerto da Escola de Música do Orfeão Polifónico2009-07-15
Rali de Mortágua vai decidir o Campeão Nacional de Ralis.2021-10-26
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade