Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice > Cultura 



Orquestra Clássica do Centro, acompanhada por Rafaela Monteiro, proporcionou espetáculo memorável

2018-12-04
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

  

As cerca de duas centenas de pessoas que se deslocaram no passado dia 1 ao Centro de Animação Cultural, tiveram ensejo de assistir a um espetáculo magnífico protagonizado pela Orquestra Clássica do Centro, acompanhada pela jovem soprano Rafaela Monteiro, natural de Mortágua.

Em palco esteve o quarteto de cordas da Orquestra, formado por Pedro Carvalho (violino), Jean Philippe Passos (violino), David Lloyd (violeta) e Raquel Ribeiro (violoncelo) que executou vários temas clássicos e de Tango (Piazzola) com elevada mestria e qualidade superior. O grupo acompanhou a jovem Rafaela Monteiro na interpretação de alguns temas famosos de musicais como “I Dreamed a dream”  e “On my own” dos Miseráveis e “Memory” do Cats, além de temas de Ópera (“Habanera”, da Ópera Carmen, de Georges Bizet, e “O mio babbino caro”, da Ópera Gianni Schicchi”, de Giacomo Puccini), Fado (“Canção do Mar”) e Pop (“Hey Jude”, dos Beatles). Aos 19 anos de idade, Rafaela Monteiro mostrou toda a sua versatilidade e o seu enorme talento em vários estilos musicais. Atuar ao lado deste quarteto de luxo é um privilégio apenas ao alcance de uma grande voz. O público rendeu-se ao brilhantismo do momento musical, só possível quando se está perante esta qualidade de execução técnica, instrumental e vocal.

Rafaela Monteiro fez a sua iniciação musical no Coral Juvenil Sílvia Marques. É também um rosto conhecido por dar voz ao hino de abertura da Gala Internacional de Folclore. Tem ainda participado em várias iniciativas culturais promovidas pelo Município de Mortágua, como o Manifest`Art.

Atualmente frequenta a Licenciatura em Música, variante de Canto, na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo no Porto. Tem participado em vários musicais, como “Aladino”, “A Ilha do Tesouro”, “Da Pedra Lascada à Broadway”. Mais recentemente tem participação em mini-musicais para crianças (Frozen) e colaborado com a Contracanto, Associação Cultural, sediada na Lapa do Lobo (Nelas).

O ano passado fez a sua estreia na Ópera e logo no palco do Teatro Nacional de São João, numa coprodução com a Escola que frequenta e aquela entidade. “Foi uma experiência muito enriquecedora”, conta. O futuro passa pela música e por tentar conciliar as duas áreas, a Ópera e os Musicais.

Emília Martins, presidente da Direção da Orquestra Clássica do Centro, marcou presença no evento, e afirmou que era uma honra a Orquestra estar em Mortágua com um dos seus grupos de exceção, o Quarteto de Cordas, e tendo como convidada especial uma “belíssima soprano”, que além do mais, é natural do concelho de Mortágua. Agradeceu o apoio da Câmara Municipal, que se associou à iniciativa da O.C.C. Adiantou que a Orquestra iria partir no dia seguinte para Cabo Verde, numa digressão inserida nas comemorações do Dia Nacional da Morna. Salientou, a propósito desta deslocação, que a música tem este encanto especial de “juntar culturas, povos, pessoas”.

O Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, saudou a presença da diretora da Orquestra, dos músicos do ensemble, e enalteceu o contributo que a Orquestra Clássica do Centro tem dado à dinamização cultural da região. 

Felicitou a jovem Rafaela Monteiro, pela participação especial neste concerto, afirmando que é um exemplo do enorme talento da juventude de Mortágua e um motivo de orgulho para todos os mortaguenses.

Aproveitou também o momento para destacar a importância das parcerias dos municípios no âmbito da CIM-Região de Coimbra, trabalhando em rede, o que permite a criação de escala e trazer projetos desta dimensão e qualidade, o que doutra forma seria mais difícil. O espetáculo contou com o apoio do Município de Mortágua.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
“Tantos modos de ser carta” na Biblioteca Municipal 2019-11-26
Município atribui nome de Branquinho da Fonseca para patrono da Biblioteca Municipal2019-02-19
TEM levou de novo à cena a “Forja”, depois da primeira apresentação, há 31 anos! 2018-10-02
Rali de Mortágua vai decidir o Campeão Nacional de Ralis.2021-10-26
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade