Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Presidente da Câmara anunciou “prenda” para os Bombeiros de Mortágua em dia de aniversário e lançou repto ao Secretário de Estado da Proteção Civil para seguir este gesto.

2018-10-30
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

A Câmara Municipal vai apoiar a aquisição de uma viatura de combate a incêndios urbanos e industriais, num investimento de cerca de 120 mil euros. O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara, Júlio Norte, na Sessão Solene comemorativa dos 95 anos de vida dos Bombeiros Voluntários de Mortágua, cujo aniversário se assinalou no passado dia 27.

Júlio Norte justificou este investimento do Município com a necessidade dos bombeiros disporem de meios adequados e eficazes face à nova realidade industrial do concelho, nomeadamente a instalação de novas empresas de grande dimensão.

As comemorações do aniversário iniciaram no dia 25, com uma Missa em memória dos Bombeiros e Associados já falecidos, e tiveram o seu ponto alto no dia 27 de outubro, precisamente a data de fundação da associação há 95 anos. As cerimónias foram presididas pelo Secretário de Estado da Proteção Civil, Engº José Artur Neves.

Antes da realização da Sessão Solene comemorativa, teve lugar um desfile apeado e motorizado, muito aplaudido pelos mortaguenses que quiseram associar-se a este dia especial, de celebração, alegria e emoção, para os bombeiros. Já com os bombeiros em formatura em frente ao Quartel, teve lugar a cerimónia de receção às Entidades Oficiais, a imposição das Medalhas de Assiduidade e de Bons e Efetivos Serviços, atribuídas pela Liga dos Bombeiros Portugueses, por proposta do Comandante, bem como a imposição da Medalha Comemorativa da Associação ao 2º Comandante Manuel Sá, ao Chefe Fernando Marta e ao Bombeiro de 2ª Albino Figueiredo. Decorreu ainda a promoção ao Corpo Ativo de novos elementos formados na escola de bombeiros. Sucederam-se gestos de homenagem prestados por outras corporações, incluindo dos amigos bombeiros luxemburgueses, que muito têm apoiado a Associação ao longo dos anos.

Seguiu-se a Sessão Solene comemorativa, tendo tomado lugar na Mesa de Honra, além do Secretário de Estado, o Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, o Presidente Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, Cte. Jaime Marta Soares, o Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Viseu, José António Amaro, o Comandante Operacional Distrital de Viseu, Miguel Ângelo, que representou também a Autoridade Nacional de Proteção Civil, o Presidente da Direção dos Bombeiros, Hugo Fonseca, o Presidente da Assembleia Geral dos Bombeiros, Afonso Abrantes, e o Comandante dos Bombeiros, Luís Filipe Rodrigues.

De referir ainda a presença da Guarda Nacional Republicana, ali representada pelo Comandante do Destacamento Territorial e pelo Comandante do Posto da GNR de Mortágua.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal homenageou aqueles que há 95 anos “acreditaram e alimentaram um sonho que é hoje uma realidade, fundar uma associação baseada na ajuda permanente às pessoas, no humanismo, na elevação do espirito de servir e amar o próximo”, sem distinção, que são pilares fundamentais de uma sociedade desenvolvida, democrática e solidária.

“Poderemos dizer, com muito orgulho, que foram 95 anos recheados de registos gloriosos e de um extraordinário valor para toda a comunidade mortaguense, os quais constituem a memória viva de uma intervenção humanitária sempre disponível e de permanente entrega à causa pública, um exemplo de abnegação e entrega desinteressada em prol do Bem Comum”, afirmou. Júlio norte destacou o trabalho do Comando e da Direção pela forma como tem sabido fomentar a nobre missão de ser voluntário, trazendo gente nova para os bombeiros, invertendo a chamada “crise de valores” na nossa sociedade.

O Presidente da Câmara sublinhou que os bombeiros são duplamente “soldados da paz e anjos da guarda”. “Os bombeiros são, para quem sofre e está numa situação de dependência, os primeiros a chegar, os ombros que tentam consolar, amigos, psicólogos, as mãos que impedem de cair, mesmo quando o chão se abre e tudo desaba”. E deixou palavras de ânimo e esperança no futuro: “ Nunca desistam, nunca se deixem levar pelo desânimo, nem por palavras mais amargas ditas no calor do momento”, salientando que reina na comunidade mortaguense um sentimento de enorme orgulho e carinho face a esta instituição.

Júlio Norte prestou homenagem a um conjunto de pessoas com quem teve o privilégio de trabalhar ao longo dos anos, como o Comandante Manuel Marta, Comandante Joaquim Gaspar, Comandante Interino Manuel Sá, os ex-Presidentes da Direção Vítor Fernandes e Gualter Mendes. Destacou ainda o dinamismo imprimido pela nova geração corporizada pelo presidente da Direção Hugo Fonseca e o Comandante Luís Filipe. Deixou ainda uma palavra de reconhecimento aos bombeiros do Quadro de Honra e Reserva.

No final, em nome do Município, deixou palavras de reconhecimento e agradecimento pela disponibilidade sempre presente e colocada ao serviço da população pelos homens e mulheres desta Corporação, bem como aos Órgãos Sociais, e em especial à sua Direção.

Júlio Norte deixou ainda o repto ao Secretário de Estado no sentido do Governo assumir um reconhecimento equivalente ao esforço financeiro do Município na aquisição da nova viatura de combate a incêndios urbanos e industriais, e propôs a celebração de um protocolo entre o Município e o Governo tendo como objetivo aumentar o apoio à Equipa de Intervenção Permanente. E avançou uma proposta em concreto, de um aumento global de 20%, dividido em partes iguais pelo Município e Governo.

O Presidente da Direção dos Bombeiros referiu que o 95º aniversário que a Associação comemora, não seria possível sem a existência destes homens e mulheres, que na maioria das vezes e ao longo destes 95 anos, colocaram e colocarão, à frente dos seus interesses pessoais, a ajuda ao próximo, e a defesa do património individual e coletivo, nas operações a que são chamados.

Dirigiu agradecimentos às Instituições, ao Município de Mortágua, às entidades coletivas privadas, aos cidadãos mortaguenses, aos amigos emigrantes, pelos relevantes préstimos à Associação.

E deixou a certeza de que “os Bombeiros Voluntários de Mortágua continuarão a desempenhar o seu papel com orgulho, espírito de voluntariado, aprendendo com os erros do passado, para que o futuro seja promissor, e cada vez mais, se possível, o baluarte da defesa dos bens do concelho”.

O Comandante dos Bombeiros, Luís Filipe Rodrigues, manifestou orgulho em chefiar uma equipa de homens e mulheres que honram e prestigiam a instituição, o seu passado e o seu lema. E referiu que conta com todos para continuar a engrandecer, cada vez mais, esta nobre e distinta instituição. Falou de desafios do futuro: “Temos que ter a humildade de pensar que há sempre mais para aprender e para demonstrar. Temos que nos abrir, cada vez mais, ao conhecimento e ao que de melhor se faz no domínio do socorro”. Mas referiu também que é fundamental que seja reconhecido o estatuto social do bombeiro, por forma a estimular o voluntariado e a compensar uma dedicação de 365 dias por ano, 24 horas por dia, à missão de servir o próximo.

O Secretário de Estado, que encerrou as várias intervenções, referiu que era um gosto e uma satisfação associar-se às comemorações dos 95 anos da Associação. Respondendo a algumas revindicações colocadas pelo Presidente da Federação e pelo Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, adiantou que o Governo aprovou recentemente um conjunto de diplomas na área da Proteção Civil, um dos quais tem a ver com os incentivos sociais aos bombeiros. O Secretário de Estado falou de um novo modelo de proteção civil, afirmando que é preciso apostar decisivamente em equipas profissionais e em equipas de intervenção permanente. “Nos tempos que correm, o socorro não pode ficar dependente do toque da sirene e que o bombeiro saia do seu emprego, aceda à Corporação, vista a farda e vá socorrer alguém que dele necessita”. E chamou a atenção para os riscos múltiplos, os novos desafios (associados às alterações climáticas, por exemplo) e exigências no socorro, que obrigam os agentes de proteção civil a ter formação em várias áreas e respostas capacitadas.

O Secretário de Estado terminou a sua intervenção dizendo que “os bombeiros são um ativo valioso que o país possui” e desenvolvem um trabalho notável por todos reconhecido e admirado. ”Temos os melhores bombeiros do mundo”, afirmou.

Durante a sessão e sob proposta da Direção, foi entregue a Medalha de Mérito de Serviços Distintos (Grau Ouro) a Afonso Abrantes, reconhecendo a sua dedicação enquanto autarca e membro dos Órgãos Sociais à causa dos Bombeiros Voluntários de Mortágua, e à empresa Águas Caldas de Penacova, como reconhecimento pelos contributos financeiros  e materiais à Associação Humanitária.

Por proposta do Comandante dos Bombeiros à Liga dos Bombeiros Portugueses, foi atribuído o Crachá de Ouro ao 2º Comandante Manuel Sá e ao Chefe Fernando Marta.

Foi ainda atribuído, sob proposta do Comando e da Direção, o título de Sócio Honorário ao Sr. Belmiro Martins e ao Sr. Urbano Marques, pelos relevantes serviços prestados à instituição.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade