Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Marchas Populares saíram à rua numa noite plena de cor, luz e alegria

2018-07-10
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Cumpriu-se a tradição no passado dia 7, as Marchas Populares saíram à rua e animaram uma noite que se apresentou quente, típica de verão. Organizadas pela Câmara Municipal, tiveram como palco central a Praça do Município, onde uma imensa multidão aguardava ansiosa a apresentação dos quatro grupos participantes.

Este ano, para além das três Associações participantes, a presença de uma marcha infantil composta por crianças da Escola Básica de Mortágua, constituiu uma agradável surpresa. Coube a este grupo, formado por 21 pequenos marchantes, abrir o desfile com “A Marcha da Nossa Escola”. Este tema, que é ao mesmo tempo o hino da escola, tem letra da Profª Teresa Ferreira e música de Ricardo Vicente, e fala dos primeiros anos na escola, um tempo de aprendizagem, amizade e brincadeiras. A coreografia da Marcha esteve a cargo da Profª Cremilde Freitas.

O vermelho, o branco e o preto foram as cores eleitas nos trajes, numa apresentação em que os chapéus e as cestinhas de flores foram elementos que deram nas vistas, pela sua originalidade.

O segundo grupo a desfilar, com 29 marchantes, representou a localidade de Vale de Paredes. Os trajes alternaram entre branco e vermelho e branco e laranja, primando pela simplicidade. A coreografia esteve a cargo de Maria Adélia Bernardo e a letra, da autoria de Eduarda Faia, fazia alusão ao drama vivido pela população da aldeia aquando do violento incêndio ocorrido em 15 de outubro de 2017. A terminar, a letra deixava uma mensagem de esperança e o desejo de “que não haja nada igual no resto da nossa vida”.

Foi uma demonstração de coragem, de um povo que não esquece mas também acredita que a vida tem de continuar e que o verde voltará a cobrir o cinzento. 

A localidade de Vila Moinhos trouxe a maior formação, 58 elementos, e encheu a Praça do Município com trajes muito coloridos, em que predominaram vários tons de verde, o rosa e o branco. Os arcos ostentavam as cores do Académico de Vila Moinhos (branco e preto) e estavam adornados com os tradicionais balões, lanternas e vasos de manjericos. Para além da formação de adultos, um grupo de 8 crianças vestidas a rigor, também encantou o público, mostrando que o passado e o futuro, as tradições e a modernidade, podem conviver entre si.

A Marcha de Vila Moinhos prestou louvor à sua terra e às suas gentes, ao seu bairrismo, às suas tradições, sem esquecer as suas paisagens, a ribeira da Fraga e os seus moinhos de rodízio.

Vila Moinhos está na rua a cantar / Com alegria e emoção, vai a marchar / Povo humilde gente simples / Sempre a dar o seu melhor / Com orgulho e muito amor”, rezava a letra da Marcha, da autoria de Piedade Rosa e Carla Ferreira, e coreografia de Rosa Pereira.

A localidade de Cercosa encerrou o desfile, com 32 marchantes, representando várias aldeias da freguesia, como Cercosa, Vale das Éguas, Alcordal e Vale de Ana Justa. Mais uma vez, à frente do grupo esteve a “Ti Alice do Serrado”, a porta-estandarte, uma senhora já com 83 anos de idade, mas que continua a ser um exemplo e incentivo para os mais novos.

A Marcha da Cercosa, com letra de Paula Gomes e coreografia de Paula Gomes e Liliana Fernandes, prestou homenagem à aldeia graciosa, qual “menina e moça” que está sempre pronta para bailar e dançar. “Aldeia cheia de graça, Menina, Cercosa /Encantas quem por lá passa/ És irreverente e fogosa. Da tua ribeira os verdes encantam / E a água corre ligeira / Lugarejo sem igual, melhor cantinho de Portugal”, dizia a letra.

Os arranjos musicais dos temas e o acompanhamento esteve a cargo da Filarmónica de Mortágua. Na interpretação estiveram três vozes de exceção, Inês Vicente, Sílvia Santos e Gabriela Gomes. A iluminação e sonorização do espaço esteve a cargo do Teatro Experimental de Mortágua.

No final, todos os grupos deram uma volta pelo recinto, em jeito de despedida, recebendo uma estrondosa ovação do público. O Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, dirigiu palavras de agradecimento às Associações e elementos participantes, saudando a sua presença e o magnífico espetáculo que deram a oferecer ao público.

Referiu que a Câmara Municipal não deixará de reconhecer a dedicação e o esforço que os quatro Grupos /Associações fizeram para estar ali presentes, contribuindo para manter viva uma tradição que faz parte da nossa identidade, como é a celebração festiva dos Santos Populares.

Dirigiu também agradecimentos à Filarmónica, ao TEM, às três jovens que interpretaram os temas, e ao pessoal do Município envolvido na organização, afirmando que só com equipas é possível levar adiante e com sucesso estes eventos.  

Cumpre felicitar as Associações participantes, pela sua dedicação, pelo seu entusiasmo e brio, e por terem proporcionado ao público um espetáculo pleno de cor, luz, música, animação e tradição.

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade