Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Quilho promoveu castanha, mel e outros produtos endógenos

2016-10-24
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

 

Decorreu nos passados dias 22 e 23 mais uma edição da Feira da Castanha e Outros Produtos Regionais, promovida pela Associação de Desenvolvimento Social, Cultural e Desportiva de Quilho (ADESQ). Na sua nona edição, o certame voltou a divulgar as vivências e tradições do mundo rural a nível da gastronomia e a promover os produtos endógenos, sem esquecer a componente da animação.

A gastronomia, ligada à tradição da matança do porco, constituiu um dos atrativos para quem se dirigiu ao Parque de Merendas da localidade. Da ementa constavam pratos como sopa da matança, serrabulho, torresmos, entre outras iguarias, que relembram as tradições gastronómicas do passado, em que se aproveitava tudo o que o animal dava e a matança do porco era sinal de abundância e sustento para quase todo o ano.

Na feira à moda antiga podiam-se adquirir variados produtos da terra, desde logo o produto de eleição da Feira, a castanha, mas também mel, pão caseiro, legumes e frutos da época, doçarias tradicionais e regionais.

Na barraquinha da ADESQ vendiam-se filhós, simples, ou com mel, açúcar, canela, e como novidade, o doce de castanha. “As pessoas falavam disso nos anos anteriores e lembrámo-nos de experimentar. Está a vender-se muito bem, as pessoas estão a gostar bastante”, confidenciou Licínia Martins. Além da castanha, o doce leva ovos, açúcar e massa fina.

Nos stands estiveram em evidência os enchidos de fabrico artesanal, os queijos da Serra da Estrela e os vinhos de produção local.

Como é habitual, o dia de domingo, sobretudo a partir do almoço, registou a maior afluência de público, com a presença de muitos visitantes doutros concelhos vizinhos.

Para tamanha afluência contribuiu também o programa de animação, que contou com a atuação do popular artista Augusto Canário e a sua banda, apresentando-se o recinto do polivalente completamente lotado.

A edição deste ano foi no entanto prejudicada por vários fatores, o principal dos quais foi o estado do tempo, chuvoso.

“Foi pena que o estado do tempo não tivesse ajudado, mas temos de estar preparados para essa eventualidade. Mas nós não somos de desanimar, a nossa vontade é continuar, procurando melhorar ainda no que for possível”, referiu Mário Esteves, da Organização.

Ter mais produtores locais na feira, mais variedade de produtos agrícolas, é um dos aspetos que a organização gostaria de ver melhorado, até porque um dos principais objetivos da Feira é ajudar os produtores locais no escoamento dos seus produtos agrícolas e outros, proporcionando um complemento económico à sua atividade normal.

Este ano a novidade foi a apresentação e venda de produtos gastronómicos à base de castanha. “Já tínhamos os rojões com castanha e este ano apostámos na sopa da castanha e no doce de castanha. Era algo que nos faltava, que viesse complementar e enriquecer a oferta de produtos à base da castanha. Teve uma excelente aceitação, especialmente no caso do doce, foi um grande sucesso. As pessoas elogiaram bastante”, explicou Mário Esteves.

Tudo começou há nove anos, fruto da vontade, carolice e espirito de união das gentes de Quilho, que deram as mãos e abraçaram esta ideia de valorizar o espaço do Parque de Merendas, e dessa forma, trazer uma nova dinâmica social e económica à aldeia, que como outras do interior do país, sofre os efeitos do envelhecimento populacional e da saída dos mais jovens.

Nos primeiros anos era uma pequena feira, quase reduzida à parte agrícola, e um pequeno edifício de apoio. Entretanto o espaço físico cresceu, construíram-se novas instalações, mais funcionais, novos acessos, melhoraram-se as condições envolventes, com o apoio da Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Espinho.

A Feira cresceu em espaço, oferta de produtos, animação, e nos últimos anos assume-se como um evento de carácter regional, atraindo visitantes doutras paragens. Quilho passou a estar no mapa por causa da Feira da Castanha.

O certame foi inaugurado na manhã do passado sábado, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, Vereador Paulo Oliveira, Presidente da Junta de Freguesia de Espinho, Nélson Santos, e responsáveis da ADESQ. Seguiu-se a visita à feira à moda antiga e aos stands comerciais ali expostos, que serviu para trocar impressões com produtores, comerciantes e industriais ali representados.

Segundo Júlio Norte, a Feira da Castanha “é um motivo de orgulho para as gentes de Quilho”, porque acreditaram e realizaram um sonho que para muitos parecia impossível, sendo um bom exemplo da máxima “o homem sonha e a obra nasce”.

“É a Associação e toda a população que está de parabéns, porque há aqui de facto um grande envolvimento de todos, uma dedicação, uma entrega, um espírito de união e entreajuda que é de louvar a todos os níveis”, afirma.

Júlio Norte lembra que o certame decorreu num fim-de-semana difícil para a povoação de Quilho e para a freguesia de Espinho, não só pelas condições atmosféricas adversas, mas também por razões sentimentais, como é a perda de um amigo e autarca estimado por todos.

A finalizar deixa uma palavra de agradecimento “às gentes de Quilho” e um agradecimento especial ao Sr. Mário Esteves, que estando a viver um problema grave de saúde na família, continuou a ser a grande alma desta iniciativa. Um agradecimento expresso nestas palavras simples mas significativas: “Obrigado, amigo Mário Esteves!”.

 

 

 

 

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade