Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Município disponibiliza apoio gratuito de teleassistência a idosos.

2016-04-13
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

O Município de Mortágua está a disponibilizar a todos os idosos do concelho, que dele necessitem, o serviço de teleassistência. O objetivo é neutralizar qualquer possível isolamento e apoiar idosos que vivem sozinhos e que possam vir a precisar de uma ajuda de emergência.

Numa primeira fase foram entregues cerca de 25 dispositivos móveis. O ano de 2016 funcionará como projeto-piloto ou experimental, sendo no final do ano feita a avaliação dos resultados. O Município suporta na totalidade o custo de funcionamento do serviço, não tendo os utilizadores quaisquer encargos.

No momento da entrega do dispositivo, um técnico e uma enfermeira, acompanhados pela Assistente Social do Município, fornecem instruções sobre o modo de funcionamento do dispositivo, sendo também recolhida informação de cada utente em termos de problemas de saúde e toma de medicamentos, que pode ser importante na prestação de apoio.

O dispositivo tem a aparência de um vulgar telemóvel, com a diferença de estar preparado para ser usados especificamente por idosos e ter um modo de funcionamento muito simples, acessível mesmo a pessoas que não saibam ler ou não conheçam números. Por outro lado, as chamadas são recebidas em alta voz, dado que muitos idosos têm problemas de audição, e o atendimento é automático, bastando ao utilizador responder a quem está a falar do outro lado da linha. Por uma questão de facilidade, o dispositivo tem apenas 4 botões de contacto, além do “botão de alerta”, situado à parte dos outros, que funciona como botão de emergência em caso de uma situação grave. “O botão de alerta serve para contactar o nosso centro de atendimento, que funciona 24 horas por dia e 365 dias por ano. A pessoa carrega nesse botão e nesse momento nós já sabemos quem está a ligar, onde mora e já conhecemos a sua ficha clínica. O centro de atendimento faz depois o encaminhamento para a entidade ou pessoa mais indicada e que se adequa à situação descrita pelo utilizador, que pode ser os Bombeiros, a GNR, um familiar, um vizinho”, explicou Ana Rita, Enfermeira.

O dispositivo não tem qualquer limitação de alcance, podendo ser transportado para qualquer lugar, como um normal telemóvel. Além disso, está dotado de um sistema que permite localizar o idoso.

Para além do contacto direto com o centro de atendimento, o dispositivo permite também contactar com familiares e /ou vizinhos, indicados pelo utilizador. O centro de atendimento também fica com o registo desses contactos, devidamente autorizados. O dispositivo funciona apenas para ligação ao centro de atendimento ou para enviar/receber chamadas das pessoas autorizadas pelo utilizador.

Para além das situações de emergência ou de pedidos de ajuda, o utilizador pode recorrer ao serviço de teleassistência para simplesmente conversar um bocadinho com quem está do outro lado da linha, podendo fazê-lo a qualquer hora do dia ou da noite.

A Câmara Municipal decidiu dar continuidade ao projeto de teleassistência, implementado pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM Região de Coimbra), que entretanto terminou. “Consideramos que este serviço é muito importante para os idosos que vivem sozinhos, seja porque sofreram uma queda, uma indisposição, um problema agudo de saúde, ou porque estão preocupados com a sua segurança, a sua integridade física, e este serviço dá mais tranquilidade aos próprios e também aos seus familiares”.

O Presidente da Câmara, José Júlio Norte, lembra que o concelho tem uma elevada percentagem de população idosa, sendo necessário criar respostas adequadas a nível da saúde, do apoio social, do lazer, que contribuam para um envelhecimento ativo e saudável, e salienta que a solidão e o isolamento é um dos problemas que afeta mais os idosos.

Com essa preocupação, o Município está também a promover a criação de espaços de convívio e de atividades ocupacionais direcionadas precisamente para as pessoas idosas. O Centro de Convívio Social da Freguesia do Sobral está concluído e deverá começar em breve a ser equipado. Está igualmente previsto a criação de um Centro Comunitário da Freguesia de Espinho, através da Reabilitação e Reconversão do Centro de Animação e Educação Infantil e Associação Cultural e Desportiva. Na área da Saúde já funcionam dois serviços, a Unidade Móvel de Saúde e a Unidade de Cuidados na Comunidade, numa parceria entre o Município e o Centro de Saúde, sendo de referir ainda o apoio domiciliário que é prestado pelas Instituições de Solidariedade Social do concelho.

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Concerto comemorativo dos 125 anos da Filarmónica de Mortágua2021-09-29
Iniciada a construção do Parque Canino junto aos passadiços da ribeira da Fraga2021-09-24
Arrancou novo ano letivo com a maioria dos alunos já vacinados2021-09-20
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade