Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Construção do Parque Eólico do Alto do Monção

2006-01-10
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua
Obras já começaram

Já começaram os trabalhos de construção do Parque Eólico do Alto do Monção. As primeiras fases da obra respeitam à abertura e melhoramento dos acessos ao Parque Eólico, mas também já incluirão intervenção ao nível da construção de plataformas e fundações onde assentarão os aerogeradores. O Parque Eólico do Alto do Monção situar-se-á na Serra do Caramulo. No total será constituído por 16 aerogeradores, 12 a instalar no concelho de Mortágua, mais precisamente na zona de Linhar de Pala, e os restantes quatro no concelho de Tondela. No concelho de Mortágua ficará também localizada a Sub-Estação Eléctrica, a partir da qual será transportada a energia. Cada aerogerador terá uma potência unitária de 2MW, o que significa que a potência total instalada, no caso do concelho de Mortágua, será de 24 MW.
Segundo pudemos apurar, a empreitada é para estar concluída dentro de 7 meses, portanto, lá para meados de Julho, altura em que deverão ser realizados os primeiros ensaios com os aerogeradores a funcionarem. Só para se ter uma ideia do que são estes “moinhos dos tempos modernos”, cada torre tem uma altura de 67 metros, as pás 43 metros de comprimento e o roter (diâmetro de uma pá a outra) é de 87 metros. Devido ao seu peso e dimensão, o transporte destas infraestruturas é feito em condições especiais, sendo cada grupo aerogerador dividido por secções.
A energia produzida pelo Parque Eólico do Alto do Monção será suficiente para satisfazer as necessidades de uma população de cerca de 50 mil habitantes.
Esta é mais uma fonte de energia que se vem juntar às que são já produzidas na área do concelho. A primeira foi a energia hidroeléctrica com a Barragem da Aguieira, em 1981, seguindo-se em 1999 a Central Termoeléctrica de Mortágua que produz energia eléctrica a partir da biomassa florestal, sendo a única do género em Portugal. Agora é a vez do vento...


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Rali de Mortágua vai decidir o Campeão Nacional de Ralis.2021-10-26
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade