Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
novembro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice > Cultura 



Festas encerraram com “chave de ouro” e voltaram a atrair milhares de pessoas às tasquinhas e concertos

2015-08-18
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

 

Constituiu um grande sucesso mais uma edição da Festa da Juventude/Feira das Associações, mais conhecida por festa das “tasquinhas”, organizadas em parceria pelo Município de Mortágua e movimento associativo local. Realizadas entre 11 e 15 de agosto, as festas voltaram a atrair até Mortágua milhares de visitantes de toda a região, um cenário que já se tornou habitual.

As festas encerraram com chave de ouro, a Gala Internacional de Folclore e o concerto do popular cantor Emanuel e da sua banda, trouxeram milhares de pessoas que encheram a Praça do Município. O mesmo aconteceu nos outros dias, vendo-se milhares de pessoas nos concertos, ao mesmo tempo a zona das tasquinhas muito movimentada, deixando que o espírito de são convívio acontecesse a cada instante.

O que leva o Presidente da Câmara Municipal, José Júlio Norte, a fazer um “balanço muito positivo” das festas e a considerar que foram um êxito absoluto. “Estamos naturalmente satisfeitos com o balanço destes cinco dias de festas, porque tivemos sempre muito público, o que significa que o programa delineado foi atrativo e contribuiu para promover a imagem do concelho. As nossas “tasquinhas” já são afamadas em toda a região e até a nível nacional, temos milhares de pessoas que vêm de longe propositadamente para estar aqui e já organizam as suas férias em função do calendário das tasquinhas. No nosso entender, isso tem a ver com a variedade da mostra gastronómica, o ambiente único das festas e também a qualidade do cartaz de espetáculos. Digamos que é essa conjugação que faz termos aqui tantos visitantes, que voltam ano para ano”.

Júlio Norte sublinha que “as festas continuam a ser, acima de tudo, um momento de convívio e partilha”, tendo um significado especial para os emigrantes e para os mortaguenses que estão a residir noutros locais do país.

Sem deixar de destacar o contributo das mesmas para a economia local. “Há um aumento de vendas muito significativo e que é transversal a todo o comércio. Ajudam a compensar épocas mais baixas de negócio e a equilibrar as contas”.

Segundo o Presidente da Câmara, estes momentos de convívio também são importantes a nível psicológico, ajudando a descontrair e a animar o espírito, numa altura em que a auto-estima das pessoas anda um pouco em baixo. “As pessoas já andam fartas de ouvir falar de crise, é preciso alterar esse discurso. Não podemos ficar reféns da crise, como se não houvesse amanhã. Temos que quebrar este ambiente de pessimismo e angústia que paira por aí, não é esconder a realidade que existe e que temos que superar, mas é fundamental que sejamos positivos e proactivos, que acreditemos em nós próprios, na nossa vontade e capacidade coletiva”, afirma.

Este ano as festas tiveram direito a abertura oficial, aproveitando também a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portugueses que presidiu à inauguração do monumento ao Emigrante. “Foi o momento certo para homenagearmos a nossa comunidade emigrante e sei que este gesto de homenagem do Município tocou-lhes muito no coração. Consideramos que é uma forma de reconhecer e retribuir o muito que já nos deram e continuam a dar”.

Júlio Norte salienta, por outro lado, as inovações e melhorias que têm sido introduzidas na organização das festas, e este ano não foi exceção. A Feira do Artesanato mudou-se para a Praça do Município, integrado-a mais com as restantes zonas da festa, e foram montadas barraquinhas individualizadas.

Além disso, foram melhorados os aspetos logísticos do serviço gastronómico, ao nível da utilização generalizada de pratos de louça, e da gestão da recolha e limpeza dos mesmos, duas novidades que constituíram uma mais valia e tiveram o agrado do público.

Durante os cinco dias os visitantes puderam assistir a um programa de animação abrangente e diversificado em termos de géneros musicais e gostos do público, que tem sido uma imagem de marca das festas. Mickael Carreira animou a primeira noite, e como já era esperado, atraiu uma enorme legião de fãs de vários pontos do país, tendo as restantes noites ficado a cargo dos D.A.M.A, Berg, Quinta do Bill e Emanuel, registando-se sempre grandes enchentes de público.

Este ano, mais uma vez, foi dada a oportunidade das Bandas locais atuarem antes de depois do concerto principal. Essa responsabilidade coube à Filarmónica de Mortágua, aos grupos CRF e Hopus Band, além da atuação da Orxestra Pitagórica de Coimbra.

Mas nem só de música e gastronomia se fez a festa. O desporto também ajudou a animar o concelho, com a realização do Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua, o Torneio de Tiro aos Pratos e o Torneio de Futsal.

As Associações Locais dinamizaram as tasquinhas e outros eventos que decorreram em paralelo. Ao todo estiveram presentes 34 tasquinhas (cada uma representando uma associação do concelho) que deliciaram os visitantes com saborosos pratos de gastronomia tradicional, havendo ainda algumas que apostaram sobretudo nas doçarias.

A todas elas o Presidente da Câmara deixa uma palavra de profundo agradecimento. “É um extraordinário trabalho, feito com enorme dedicação e esforço ao longo destes cinco dias e não só, porque antes já há muita coisa para preparar, como a decoração das tasquinhas. Há muitas pessoas que sacrificam as suas férias para estar a colaborar na sua associação, fazem-no com um grande gosto e voluntarismo e isso é um exemplo que temos que registar. Esta parceria entre a Câmara Municipal e o movimento associativo local é salutar e profícua, e um bom exemplo do que podemos fazer juntos em prol do desenvolvimento do concelho”.

Entre as associações representadas contou-se a União Desportiva de Wormeldange (Luxemburgo), que há 10 anos marca presença no evento, no âmbito da geminação entre Mortágua e aquela vila do Moselle.

Esta associação procedeu à entrega de um donativo aos Bombeiros Voluntários de Mortágua, resultado da receita obtida com a sua tasquinha. Desde o início que a UDP tem feito questão de repetir este gesto, que já contemplou outras IPSS`s do concelho.

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
“Tantos modos de ser carta” na Biblioteca Municipal 2019-11-26
Município atribui nome de Branquinho da Fonseca para patrono da Biblioteca Municipal2019-02-19
Orquestra Clássica do Centro, acompanhada por Rafaela Monteiro, proporcionou espetáculo memorável2018-12-04
Mortágua acolheu Estágio Nacional de Karaté Shukokai2021-11-24
Lançamento do jogo “Napoleão - O princípio do fim”. Projeto envolve 13 municipios da Rede Temática das Invasões Temáticas em Portugal.2021-11-23
Escola Municipal de Natação de Mortágua participa no Circuito Municipal de Escolas de Natação 2021-11-22
Infraestruturas de Portugal executou obras de conservação na rede viária nacional que serve o concelho (EN234, EN334-1 e EN228)2021-11-16
Serviço de recolha de resíduos específicos 2021-11-15


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade