Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
novembro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice > Cultura 



Exposição “Histórias da Ajudaris’12”, patente no Centro de Animação Cultural

2015-04-23
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

Decorreu no passado dia 17 a abertura da exposição “Histórias da Ajudaris’ 12 - pequenos gestos, grandes corações”, no Centro de Animação Cultural. O Município acolheu de braços abertos esta exposição que alia a promoção da leitura a objectivos solidários.

O projeto "Histórias da Ajudaris" é uma iniciativa de incentivo à leitura, à escrita, realizada com crianças dos 3 aos 12 anos de idade, e ao mesmo tempo um projeto solidário, intervindo junto de comunidades desfavorecidas. A Ajudaris é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sediada no Porto, que luta contra a fome, pobreza e exclusão social.

Nesta exposição, dedicada ao tema dos “Os Avós”, participaram 500 crianças de 41 escolas de vários pontos do país e cerca de 80 ilustradores que dão vida e cor às personagens e cenários. As crianças são as protagonistas e as autoras na partilha de magia e de criatividade, colhendo a inspiração em temas como a cidadania, a solidariedade, a partilha e os afetos, ingredientes essenciais no trabalho da Ajudaris

Os textos e ilustrações estão reunidos no livro Histórias da Ajudaris, que já vai para a sua sétima edição, com novos protagonistas e novas histórias. Os fundos conseguidos com a venda dos exemplares revertem em prol dos projetos sociais em desenvolvimento.

A abertura da exposição contou com a presença de crianças do 3º ano da Escola Básica /Centro Educativo de Mortágua que interpretaram canções tradicionais infantis, incluindo uma canção dedicada aos avós. As crianças do Jardim-Escola João de Deus também marcaram presença. Interpretaram uma poesia do livro da Ajudaris, ilustraram e declamaram frases sobre o significado dos avós.

O Vereador da Cultura, Paulo Oliveira, presidiu à abertura da exposição, e agradeceu a presença do Agrupamento de Escolas e do Jardim Escola João de Deus, bem como dos pais, avós e outros familiares que ali se encontravam. Felicitou também a equipa da Biblioteca pela forma imediata como acolheu a iniciativa e organizou a exposição.

Paulo Oliveira felicitou depois a Ajudaris pelo seu trabalho de grande relevo social: “Incentivar as crianças e jovens para a leitura, para a escrita, é muito importante, mas quando se associa a leitura à solidariedade, ent ão torna-se ainda muito mais importante e vinculativo”. Além do trabalho feito com crianças carenciadas, salientou que ao escrever estas histórias são as próprias a ajudar outras crianças. “Acho que é um exemplo extraordinário”, disse.

A abertura da Exposição contou com a presença da Diretora da Ajudaris, Dra. Rosa Vilas Boas, que se mostrou muito sensibilizada com a forma cuidada como estava organizada a exposição e foi preparada a sua abertura.

O projeto do livro História da Ajudaris tem a missão de promover a leitura, a escrita e a cidadania. “Nós sabemos que o livro é uma ferramenta inspiradora e inclusiva, que as crianças que leem mais serão adultos mais incluídos, com mais capacidade de sucesso”, referiu Rosa Vilas Boas.

O projeto começou em 2009 com 12 escolas e não parou de crescer. “Neste momento são mais de 350 escolas, apoiados pela Rede de Bibliotecas Escolares, Plano Nacional de Leitura, Bibliotecas, Municípios, Empresas, e cerca de 10 mil pessoas envolvidas na construção de um mundo mais solidário através dos textos”, adiantou.

Uma parte da receita do livro reverte para projetos de apoio social. “Neste momento nós vamos distribuir óculos a cerca de 20 escolas, a nível nacional” exemplificou. O projeto Histórias da Ajudaris foi distinguido em 2013 pelo Instituto de Empreendedorismo Social e em 2014 pela Rede de Bibliotecas Escolares e pelo Plano Nacional de Leitura.

A Associação dá apoio a idosos sozinhos ou sem retaguarda, apoio a famílias carenciadas a nível alimentar, promove ações de capacitação, desenvolve atividades com o objetivo de alargar oportunidades e horizontes aos jovens, a nível do apoio ao estudo, expressão plástica, teatro, dança. “É um trabalho moroso, mas muito gratificante”, referiu.

Rosa Vilas Boas deixou o desafio para que Mortágua também se junte ao projeto da Histórias da Ajudaris, com jovens autores do concelho, e deste modo vir também a integrar a exposição no próximo ano.

As pessoas que visitarem a Exposição podem adquirir o livro, se assim o desejarem, sendo também uma forma de se associarem a esta causa solidária.

Resta lembrar que a exposição pode ser visitada até ao dia 1 de maio.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
“Tantos modos de ser carta” na Biblioteca Municipal 2019-11-26
Município atribui nome de Branquinho da Fonseca para patrono da Biblioteca Municipal2019-02-19
Orquestra Clássica do Centro, acompanhada por Rafaela Monteiro, proporcionou espetáculo memorável2018-12-04
Mortágua acolheu Estágio Nacional de Karaté Shukokai2021-11-24
Lançamento do jogo “Napoleão - O princípio do fim”. Projeto envolve 13 municipios da Rede Temática das Invasões Temáticas em Portugal.2021-11-23
Escola Municipal de Natação de Mortágua participa no Circuito Municipal de Escolas de Natação 2021-11-22
Infraestruturas de Portugal executou obras de conservação na rede viária nacional que serve o concelho (EN234, EN334-1 e EN228)2021-11-16
Serviço de recolha de resíduos específicos 2021-11-15


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade