Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Almoço de Natal do Município juntou Entidades, Funcionários e seus familiares

2014-12-23
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

 

Dando continuidade à tradição, decorreu no passado dia 20 de dezembro o Almoço de Natal do Município, um momento de festa e confraternização que juntou Funcionários e seus familiares (esposas, maridos e filhos menores), além das entidades municipais, Presidente da Câmara, Presidente da Assembleia Municipal, Vereadores, Presidentes e restantes membros das Juntas de Freguesia. Estiveram presentes os Funcionários que estão ao serviço do Município, seja no Quadro ou em regime de contratação, bem como os trabalhadores colocados temporariamente através do Centro de Emprego, no âmbito dos chamados programas ocupacionais de emprego (POC`s).

Este ano o convívio decorreu no restaurante do Resort Montebelo Aguieira, que proporcionou um espaço muito agradável e acolhedor, além de uma magnífica vista panorâmica para a Albufeira da Aguieira.

Como também é habitual nesta ocasião natalícia, o Presidente da Câmara dirigiu algumas palavras, tendo começado por agradecer ao Montebelo Aguieira pelo excelente acolhimento e qualidade do serviço gastronómico que mereceu o agrado de todos.

O Presidente da Câmara referiu que a tradição do Almoço de Natal “é uma marca que nos continua a unir” sendo um momento especial de convívio são e fraterno da família que constitui o Município.

Estando o ano a chegar ao fim, aproveitou para fazer um balanço em termos do que foi a atividade municipal.

O Presidente da Câmara destacou, desde logo, a grande dedicação e empenho dos Trabalhadores Municipais. “Foi um ano difícil, a crise não se foi embora, continuámos todos a sofrer com os seus efeitos, mas não foi por isso que deixámos de ser trabalhadores, responsáveis e cumpridores da nossa obrigação, deixando a melhor imagem do que é fazer bem e com qualidade”.

Em jeito de balanço do realizado, referiu que “os objetivos do Município na sua generalidade foram cumpridos”, o que só foi possível porque, independentemente da vontade de quem tem o poder de decisão, “os trabalhadores souberam interpretar esses mesmos objetivos e dar-lhes tradução prática em obras e realizações concretas”. “O vosso trabalho e a vossa dedicação têm permitido dar resposta imediata às necessidades da população”, afirmou.

Falando do novo ano que aí vem, referiu que os tempos vão continuar difíceis, o que se reflete também nas restrições e condicionamentos aos Municípios, não só em termos de transferências de verbas do Estado, mas também ao nível da contratação de pessoal. Referiu que neste último ano, à semelhança de anos anteriores, houve Funcionários que se aposentaram, no entanto o Município está impossibilitado, por lei, de fazer a sua substituição. Nesse sentido, pediu a compreensão dos Funcionários, porquanto esse impedimento legal, além de prejudicar o ritmo desejado das obras, acarreta um esforço acrescido para alguns Funcionários.

Referindo-se à situação financeira da Câmara, afirmou que a mesma mantém uma situação muito estável, continuando a pagar em prazos muito curtos e a honrar os seus compromissos.

O Presidente da Câmara abordou também a delicada questão da duração da jornada semanal, dizendo que a Câmara assumiu e vai manter o compromisso das 35 horas semanais, em vez das 40 horas que o Governo quer impor. “Nós assumimos esse compromisso, todo o Executivo Municipal, e vamos até ao fim, mesmo podendo ser penalizados em termos pessoais”.

E justificou essa manutenção do horário de trabalho com o facto dos trabalhadores da Função Pública já estarem a ser severamente penalizados com cortes nos salários, suspensão de progressões na carreira, não fazendo sentido que fosse o Município a agravar essas dificuldades. Até porque, disse, “sou daqueles que não acredita que com as 40 horas a produtividade seria maior”, salientando que esta depende de outros fatores, desde logo, uma remuneração condigna e outros incentivos que motivem os trabalhadores.

E aproveitou a ocasião para informar que a Câmara Municipal, além dos dois dias de tolerância de ponto dados pelo governo, iria dar mais um dia, sendo uma forma, disse, de compensar os trabalhadores e premiar o seu esforço.

Antes de terminar, como é tradição, formulou votos. “Desejo a todos vós e às vossas famílias um santo Natal. Espero que possamos continuar com este ambiente de trabalho, de amizade, de dedicação à nossa terra e que o ano de 2015 seja um bom Ano para todos nós, com muita saúde e esperança no futuro”, disse.

No final do almoço, como também é habitual há vários anos, procedeu-se à entrega de uma prenda aos filhos dos Funcionários, que contemplou as crianças com idade até aos 12 anos. Cada Funcionário recebeu também a já tradicional caixa de vinho, de produção local, para acompanhar o bacalhau na Consoada.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade