Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Caminhada noturna “Assalto ao Buçaco” recordou dia da grande batalha

2014-10-01
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Assinalando o grande dia da batalha do Bussaco que ocorreu no dia 27 de setembro de 1810, o Município promoveu uma caminhada noturna a que deu a designação de “Assalto ao Buçaco”. Cento e cinquenta pessoas, entre crianças, jovens e adultos, participaram nesta iniciativa simbólica que quis evocar a famosa batalha, a qual teve as terras de Mortágua como cenário principal.

Pela frente estava um percurso com uma extensão de 11 Km, ida e volta, que apresentava algum grau de dificuldade, à medida que se aproximava a zona da serra.

O local de concentração e partida foi a Associação Cultural da Cerdeira, pelas 18h30, onde “as tropas” tinham à sua espera um lanche ligeiro, as “munições” para esta primeira etapa do percurso, que tinha como destino os Moinhos de Moura e de Sula. Estes Moinhos funcionaram como postos de comando do Marechal André Massena e do General Crawford, que lideravam as tropas francesas e aliadas, respetivamente.

Ao longo dos trilhos registaram-se breves paragens onde um participante era convidado a ler um pequeno texto alusivo à batalha e ao ambiente vivido pelas tropas. Ao mesmo tempo ouviam-se sons de tambores e flauta que animavam as “tropas” e marcavam o ritmo da marcha.

No Moinho da Moura e após cerca de 5 km percorridos, estava montado o reforço alimentar, constituído por Bolo de Cornos e chá, que ajudou a retemperar as forças para a segunda etapa.

O Presidente da Câmara juntou-se aos participantes neste momento de convívio e no restante percurso de regresso, e aproveitou o momento para dirigir algumas palavras aos caminhantes. Agradeceu a participação de todos e sublinhou a importância deste acontecimento histórico que decorreu em grande parte por terras do concelho, um facto que nem sempre é justamente assinalado.

“Mortágua tem muito a ver com este acontecimento, como comprovam a localização dos Moinhos da Moura e Sula, o Obelisco, mas ao longo dos anos Mortágua aparece pouco associado às invasões Francesas. Fala-se do Bussaco, mais associado ao concelho da Mealhada, e pouco se fala de Mortágua e de Penacova, que foram dois palcos fulcrais da batalha. Temos aqui este património e este acontecimento histórico que foi marcante no curso das invasões, e é necessário dar-lhe o devido valor, sem quaisquer pretensões bairristas ou de rivalidades entre concelhos”.

O Presidente da Câmara já propôs que os três municípios mais diretamente envolvidos no cenário da batalha (Mealhada, Mortágua e Penacova) trabalhem em conjunto para promover a “Rota das invasões”, dando a conhecer não só o património existente, mas também as paisagens naturais e a gastronomia. “Temos a Lampantana de Mortágua , que é um prato até historicamente associado às invasões, o Leitão da Mealhada, a Lampreia de Penacova, a doçaria conventual, o pão de fabrico artesanal, o champanhe, os vinhos da região, e portanto podemos desenvolver um projeto integrado que traga visitantes à região”.

Por outro lado, lamentou o estado de degradação a que tem estado votados os dois postos de comando (classificados como monumentos de património militar) e cuja manutenção cabe ao Estado. A esse propósito referiu que o Município já propôs uma parceria com o Museu Militar do Buçaco para a manutenção e limpeza regular da zona envolvente aos Moinhos, no sentido da dignificação destes dois locais de interesse histórico e da sua integração numa rota turística.

Em jeito de balanço final, afirmou: “Foi uma primeira experiência, penso que muito bem conseguida”, e garantiu ao mesmo tempo que o Município, com o complemento da investigação histórica que está a ser feita sobre as Invasões, irá continuar a comemorar a data nos próximos anos, com esta e outras iniciativas.

Sendo uma atividade lúdico-desportiva e de convívio, a iniciativa teve simultaneamente uma componente cultural, proporcionando aos participantes uma viagem por trilhos com história e sobretudo uma melhor perceção do papel decisivo que Mortágua teve no contexto da terceira invasão napoleónica. No final foi ainda distribuído um pequeno livro com excertos das Memórias Sobre a 3ª Invasão Francesa, escritas pelo General Barão de Marbot, onde descreve com pormenor os acontecimentos ocorridos na Batalha do Buçaco, encontrando-se inúmeras referências a Mortágua.

Foi nesta zona sudoeste do concelho, pertencente à freguesia de Trezoi, que os dois exércitos travaram uma sangrenta batalha, que viria a constituir um forte revés nas pretensões territoriais do exército francês e ao mesmo tempo é considerada um modelo de tática defensiva por parte das tropas anglo-lusas.

Mortágua desempenhava um papel preponderante, pela sua posição estratégica, que divergia em três direções: a estrada de ligação com Lisboa, a estrada real; para o litoral, mais propriamente para a Figueira, a estrada da Moira; para Norte, a estrada dos Almocreves.

A Batalha do Buçaco teve lugar no dia 27 de setembro de 1810, e envolveu mais de cem mil homens, sendo 65 mil franceses e 52 mil soldados aliados, e destes 32.000 portugueses e 20.000 ingleses.

Nas encostas da Serra do Buçaço as tropas napoleónicas sofreram a primeira derrota na sua cavalgada imparável desde a entrada pela fronteira de Almeida, sofrendo mais de cinco mil baixas e a moral das tropas muito afetada.

 

 

 

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade