Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Rali de Mortágua com nota máxima na segurança e qualidade dos troços.

2014-09-22

João Barros estreou-se a ganhar no Nacional.

 

A dupla João Barros e Jorge Henriques (Ford Fiesta R5) venceu o Rali de Mortágua, penúltima prova do Campeonato Nacional de Ralis, organizado pelo Clube Automóvel do Centro, com o apoio do Município de Mortágua.

Foi a primeira vitória de João Barros à geral no Campeonato Nacional de Ralis, batendo José Pedro Fontes e Inês Ponte (Porsche 997 GT3 Cup) por uma escassa margem de 2,6s, que protagonizaram um duelo renhido do principio ao fim da prova, alternando na liderança até a última classificativa (Trezoi), que decidiu o vencedor.

José Pedro Fontes liderou grande parte da prova mas perdeu quase 22s na primeira passagem pelo troço de Trezoi devido a problemas no sistema de travagem, recuperou na 6ª PEC (Barril), assegurando uma vantagem de apenas 2 segundos para a segunda passagem por Trezoi, que viria a ser decisiva.

João Barros venceu esta última classificativa com um avanço de 4,7s sobre José Pedro Fontes e, com alguma surpresa, arrecadou o triunfo na prova.

Adruzilo Lopes, um veterano dos ralis, ocupou o terceiro lugar do pódio e confirmou o título no grupo Produção com o Subaru Impreza R4.

Com o titulo de Campeão Nacional de Ralis já decidido para Pedro Meireles, para o Rali de Mortagua estava reservada a decisão sobre o novo campeão dos navegadores, cujo troféu ficou nas mãos de Mário Castro (habitual copiloto de Pedro Meireles, ausente nesta prova).

O Rali de Mortágua começou na sexta-feira com a habitual Super-Especial noturna, que mais uma vez atraiu milhares de pessoas, com os pilotos a mostrarem toda a sua condução e perícia.

João Barros foi o mais rápido na Super-Especial, seguido de José Pedro Fontes com mais 20 centésimos e Ricardo Marques (Peugeot 208 R2) com mais 4,2segundos. Este ano a Super-Especial sofreu algumas inovações em termos de extensão, passou de 1,86Km para 2,16 km, e desenho de prova, com o objetivo de proporcionar mais espetáculo.

No sábado os pilotos percorreram mais seis especiais de classificação, divididas por duas secções, com três troços cada. Também aqui registaram-se várias alterações no figurino da prova, com a introdução da PEC do Barril, passando pela zona do Reguengo, Chão Miúdo e final em Vila Moinhos, e o regresso da PEC de Cercosa/serra do Buçaço. Por outro lado, a repetição dos troços em cada secção (duas vezes de manhã e à tarde) permitiu aos espectadores ver quatro troços, o que antes era praticamente impossível. Outra alteração foi a nova localização do Parque de Assistência , que funcionou junto ao Loteamento da Gândara.

Além do Campeonato Nacional, o Rali de Mortágua incluiu também o Regional de Ralis Centro, em que o vencedor foi Carlos Fernandes (Mitsubishi Evo VI).Os pilotos do Regional fizeram a Super-Especial e as três últimas classificativas da tarde de sábado. O Rally de Mortágua contou ainda com a presença dos Clássicos, que são sempre motivo de atração, pela beleza das máquinas e as recordações que evocam. João Mexia Leitão, em Porsche 911 Coupé, foi o vencedor nesta categoria.

Eram cerca das 16h30 quando os primeiros pilotos começaram a chegar à Praça do Município, ponto final deste Rali. À sua espera estavam várias centenas de pessoas que queriam assistir à chegada dos bólides e à consagração dos vencedores. Muitas pessoas aproveitaram o momento para tirar fotos junto dos carros e dos pilotos, e algumas crianças puderam até sentar-se no interior e viver uma sensação única.

O Presidente da Câmara Municipal, o Presidente do Clube Automóvel do Centro, o Diretor da Prova, receberam os pilotos à chegada, para os habituais cumprimentos e entrega dos troféus. Este ano tivemos a presença de um speaker, que foi muito útil para o público, fornecendo informações sobre os pilotos, as suas classificações e prestações ao longo da prova, fazendo entrevistas aos concorrentes, conforme iam chegando à zona do pódio.

É de referir também a presença da Rádio Regional do Centro (Coimbra) que realizou vários diretos nos dois dias de prova.

O Presidente da Câmara estava muito satisfeito com a forma como a prova decorreu: “ Correu tudo muito bem, não houve incidentes, que é o mais importante numa prova deste género, e ao mesmo tempo assistiu-se a uma prova bem disputada, com muito público a assistir, como é habitual em Mortágua .É muito gratificante chegar ao fim e ouvir os pilotos, de forma unânime, a dizer que este é um dos melhores ralis do nacional e para alguns deles, é mesmo o melhor de todos, e a incentivar a continuarmos esta prova. Penso que o Rali de Mortágua já adquiriu um patamar de prestígio no seio da modalidade e entre os pilotos”.

O Presidente da Câmara realça a qualidade organizativa do Clube Automóvel do Centro, que apostou muito forte na segurança. “Não tenho dúvidas de que foi o rali mais seguro que até à data se fez em Mortágua. Para os espectadores por vezes é complicado compreender estas restrições impostas pela segurança, porque não estão tão perto das máquinas, mas nós entendemos que elas são necessárias e prioritárias. Nós tivemos oportunidade de ouvir quer os pilotos de competição quer os pilotos dos carros de segurança, nomeadamente o Rui Madeira e o António Gravato, a elogiaram muito a segurança deste Rali e o comportamento do público. Nem sempre se ouve esta referência ao público, fico muito satisfeito por ouvir essas palavras, e aproveito para agradecer publicamente aos Mortaguenses, pela sua extraordinária correção e colaboração, que foram exemplares”.

Um agradecimento extensivo às populações de Mortágua. “Naturalmente que um evento com esta dimensão causa inevitavelmente alguns transtornos no quotidiano das pessoas, mas as nossas populações têm demonstrado uma enorme compreensão e paciência, desde a primeira edição. As pessoas em Mortágua gostam de ver e apoiam o Rali, reconhecem a importância que este evento representa para o concelho. Nada seria possível sem a ajuda das populações, sem a sua adesão, a sua compreensão, mas também o seu entusiasmo, porque é um dia de festa a passagem do rali. Mas cumpre-me também destacar a colaboração da GNR, Bombeiros, Escuteiros, Clube do Atascanço, dos nossos Funcionários Municipais, que contribuíram com a sua quota parte para o sucesso do evento".

O Presidente da Câmara refere que o evento tem um retorno para economia local que é significativo face ao investimento realizado pelo Município. “Não é um investimento elevado e os benefícios são largamente compensadores. Além disso estamos a falar de um evento à escala nacional, do principal escalão do automobilismo em Portugal, que contribui para a promoção e projeção da imagem de Mortágua. Basta ler a quantidade de noticias que antes e depois do rali saem na Comunicação Social, na Internet, nas redes sociais”.

O Presidente do Clube Automóvel do Centro , Vítor Silva, em jeito de balanço final, referiu a sua “satisfação total” pela forma como decorreu a prova e destacou o comportamento do público: “Mortágua deu a conhecer a todo o Portugal um comportamento exemplar e é importante que se transmita este exemplo”. E realçou o apoio do Município de Mortágua: "A Câmara Municipal foi extraordinária no apoio, em tudo o que possa dizer acerca deste Rali. Se não houvesse este apoio concerteza que o Rali de Mortágua não viria para a estrada, e quando falo em apoio não estou a referir-me à questão financeira, mas a todo o apoio logístico e disponibilidade incondicional”.

O Diretor da Prova, Carlos Santos, agradeceu a forma como todos souberam acatar as medidas de segurança, rigorosíssimas, que este ano foram impostas pela organização, e explicou que “só assim pudemos ter um rali com a qualidade que tivemos e estar aqui a comemorar o êxito do mesmo”.

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Concerto comemorativo dos 125 anos da Filarmónica de Mortágua2021-09-29
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade