Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Secretário de Estado da Administração Local presidiu à inauguração do Pavilhão Multiusos da Associação Felgueirense

2014-09-02
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

O Secretário de Estado da Administração Local, Dr. António Leitão Amaro, presidiu, no passado dia 30, à inauguração do Pavilhão Multiusos da Associação Cultural, Recreativa e Desportiva Felgueirense.

Um acontecimento marcante na vida da Felgueira e da Associação, e um dia de festa, alegria, emoção e orgulho.

Antes de proceder à inauguração oficial do Pavilhão Multiusos, o Secretário de Estado efetuou uma breve visita às instalações do edificio-sede, tendo depois a comitiva seguido a pé o percurso até ao Pavilhão, acompanhada pela Filarmónica de Mortágua, que abrilhantou a receção ao membro do Governo e demais entidades.

Já no interior do Pavilhão, realizou-se a cerimónia de benção das instalações, celebrada pelo Padre Tomás, que desejou que o novo equipamento fosse útil para toda a comunidade. Ato continuo, o Secretário de Estado, o Presidente da Câmara e o Presidente da Direção da Associação, descerraram uma placa alusiva à inauguração.

Entre as entidades locais encontravam-se o Presidente da Assembleia Municipal, Vereadores e Presidente da Junta de Freguesia do Sobral. É de destacar ainda a presença dos Presidentes de Câmara de Tábua e de Tondela, vários Deputados da Assembleia da República eleitos pelo Circulo de Viseu, Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional, Coordenadora Executiva da ADICES, Presidente do Conselho de Administração da Labialfarma, Presidente da Direção dos Bombeiros, entre outros convidados.

Antes do Almoço-Convívio, no qual marcaram presença os Convidados, Corpos Sociais, Associados e a população, tiveram lugar os discursos que a relevância do momento reclamava. O Presidente da Direção da Associação, Rui Inácio Martins, referiu que esta obra representou “o fim de um sonho que se tornou realidade”, e lembrou todo o difícil caminho que foi necessário percorrer e iniciado há mais de 10 anos. Desde logo, arranjar dinheiro para adquirir os terrenos necessários à implantação do projeto.

Finalmente em 2010 surgiu a oportunidade de candidatar a obra ao Programa Proder, através do Leader Adices, tendo sido aprovada e obtida uma comparticipação de 200 mil euros. O Município de Mortágua, ainda no ano anterior Executivo Municipal liderado por Afonso Abrantes, apoiou com outros 200 mil euros. Por sua vez, o atual Executivo Municipal, presidido por José Júlio Norte, financiou as obras dos arranjos exteriores no valor de 54.243,00 euros. O investimento total da obra foi de 540 mil euros, dos quais 80 mil foram fundos da própria Associação.

“A construção do Pavilhão foi uma batalha longa, difícil e bastante exigente mas a coletividade nunca baixou os abraços, porque sabia que iria chegar a bom porto. O processo de construção desta obra foi a prova de que esta coletividade está preparada para grandes desafios”, afirmou.

O Presidente da Direção destacou que com este Pavilhão, o Edifício -Sede e o Arraial, a Associação tem hoje um património avaliado em mais de um milhão de euros.

Rui Inácio dirigiu um agradecimento aos dois Executivos Municipais, nas pessoas do Dr. Afonso Abrantes e do Eng. José Júlio Norte, pelo apoio técnico e financeiro na execução da obra, bem como à ADICES, na pessoa da Coordenadora Executiva, Dra. Regina Lopes, pelo apoio financeiro e disponibilidade sempre demonstrada.

Agradecimentos que foram extensivos à empresa Labialfarma, na pessoa do Presidente do Conselho de Administração, Amilcar José Ferraz, pelo apoio sempre dado ás atividades da Associação e pelo contributo da empresa para o desenvolvimento da Felgueira e qualidade de vida dos felgueirenses.

Rui Inácio referiu que o processo de construção da obra foi gerido com todo o rigor, transparência e profissionalismo, e enalteceu a empresa construtora pela forma estruturada, competente e cumpridora com que executou o caderno de encargos da obra.

“O produto final está à vista de todos, temos um espaço multifuncional, com qualidade e requinte e sem derrapagens do orçamento”, disse.

Referiu ainda que a Associação está consciente de que a obra vai trazer novas responsabilidades e encargos, sendo necessário encontrar as melhores soluções para a sua sustentabilidade. “O caminho percorrido por esta coletividade, a estrutura sólida e o apoio da massa associativa, permitem encarar o futuro com otimismo, no entanto, teremos de ser cautelosos no caminho a percorrer”.

O Presidente da Câmara referiu que era com grande prazer e emoção que partilhava o sentimento de alegria de todos os associados e felgueirenses, mais ainda na presença de um amigo e ilustre conterrâneo (Secretário de Estado), “na inauguração de uma obra que vai marcar esta terra e servir de alavanca ao desenvolvimento do desporto, da cultura e da própria economia local”.

Uma obra muito ambicionada, um sonho tornado realidade, graças à vontade e resiliência de “uma Associação determinada e viva, que com direções jovens, muitidisciplinares e proactivas, liderada por Rui Inácio Martins, nunca baixou os braços até verem o seu objetivo concretizado”, salientou.

Tendo acompanhado este processo desde o início e testemunhado as dificuldades da sua concretização, referiu que esta obra reflete na íntegra o poema de António Gedeão, quando diz que “o sonho comanda a vida.E que sempre que o homem sonha/O mundo pula e avança...”.

O Presidente da Câmara realçou o apoio técnico e financeiro da Autarquia (anterior e atual Executivo) na concretização deste projeto, enaltecendo ainda a ação da Adices, pelo seu empenho na candidatura e apoio financeiro, dando ênfase a outros projetos que tem sido apoiados no concelho através do Pacto Leader Adices, a nível de investimento produtivo, equipamentos associativos, apoio às IPSS`s.

Dirigiu palavras de reconhecimento para a empresa Labialfarma, sediada na Felgueira, por tudo o que tem feito em prol do crescimento e desenvolvimento económico do concelho, lembrando que “é o maior empregador do concelho, com cerca de 300 postos de trabalho, e tem já um projeto em curso para a criação de mais 50 postos de trabalho, sendo que uma parte deles se incluem nos chamados empregos qualificados”.

Mas igualmente pelo seu contributo no desenvolvimento da Felgueira, nomeadamente a nível desportivo, cultural, social (apoio na construção de vários equipamentos), e pelo seu “exemplo de solidariedade e cidadania.” O meu agradecimento em nome do Município, por continuarem a apostar na Felgueira e no concelho de Mortágua ”, afirmou.

Dirigiu também uma palavra para os jovens da Felgueira, “pelo seu dinamismo, irreverência e iniciativa”, e aos Corpos Sociais da Associação, representados na pessoa do Presidente da Direção, “que tem sido o exemplo do que deve ser o associativismo e o trabalho em equipa”. E formulou votos para que “mantenham a mesma dinâmica e determinação, continuem a apoiar a povoação e a mobilizar os jovens em torno de novos projetos e iniciativas, que tem sido o baluarte do vosso sucesso”.

No final dirigiu palavras ao Secretário de Estado, no sentido de sensibilizá-lo e pedir o seu apoio, juntando-se às vozes dos 19 autarcas da CIM Região de Coimbra e também de alguns autarcas da CIM Dão Lafões, na defesa do projeto do IP3. “Ontem já era tarde para a sua conclusão”, afirmou. O mesmo pedido foi feito relativamente ao projeto de requalificação da Linha da Beira Alta. O Presidente da Câmara referiu, por outro lado, que iria fazer chegar às mãos do Secretário de Estado o dossier da Barragem do Lapão, dando-lhe conta de que a barragem se encontra em total abandono, correndo-se até o risco de o governo ter de devolver o financiamento comunitário que lhe foi atribuído e que é superior aos custos da requalificação. E avançou: “Sei que não é do seu Ministério a execução da obra, mas poderá estar no seu Ministério a forma de a financiar através do novo Quadro Comunitário”.

O Secretário de Estado, na sua intervenção, referiu que era um “gosto e um privilégio” poder estar a partilhar este dia especial com os felgueirenses, e que se sentia quase como em casa, tendo até vista privilegiada para a sua terra natal, o Caramulo. Enalteceu, por outro lado, a presença dos autarcas vizinhos de Tábua e Tondela, considerando ser uma demonstração de “solidariedade, partilha e cooperação”.

Sobre a importância deste equipamento, afirmou: “É preciso sentir a vida das pessoas para perceber o quão importante são estes momentos. Estes equipamentos representam momentos de grande realização, de felicidade da comunidade, de esperança. As pessoas sentem-se melhor porque têm mais uma possibilidade de viver em conjunto, de realizar as atividades que gostam”.

E prestou homenagem à Associação e aos seus Associados, pela vontade, esforço e luta que demonstraram na concretização deste objetivo. “Esta obra é o resultado de uma luta de vários anos, de um esforço rigoroso”, e destacou o bom exemplo de uma obra foi feita “com rigor, com boas contas, com modéstia, na medida das possibilidades”

Leitão Amaro enalteceu a ação do Município de Mortágua, nas pessoas do anterior e do atual Presidente da Câmara, “que dão um bom exemplo do que é a gestão autárquica, gerindo com rigor, gerindo possibilidades e oportunidades de realização da comunidade, estando ao lado das populações”. E deixou uma palavra de saudação e reconhecimento aos quatro autarcas ali presentes (Afonso Abrantes, José Júlio Norte- Mortágua, António Loureiro -Tábua e José António de Jesus- Tondela,), afirmando que pelo seu passado e pelo seu presente “são sinónimos de boa de gestão pública, por gerirem bem, por gerirem com rigor ao serviço das suas populações”.

O Secretário de Estado dirigiu ainda uma palavra especial para a Labialfarma, destacando a sua atividade económica, iniciativa empresarial e criação de emprego, mas também a sua responsabilidade social. “Apostam na sua terra, lembrando-se que tem uma responsabilidade social, partilhando os proventos da sua atividade económica com a comunidade”. E sobretudo por ser uma empresa virada para o futuro, com novos investimentos em perspetiva, “que representam mais famílias beneficiadas, mais emprego, mais riqueza, e por isso, mais pessoas realizadas. Mais pessoas que vão poder e vão querer viver nesta terra”, disse.

A finalizar a sua intervenção, sublinhou a importância da vida comunitária no Interior do pais e afirmou que este momento representa um desafio para Associados, Associação, Município, forças vivas da terra, para que façam deste pavilhão uma “casa da vida em comunidade”. “Quanto mais ativa for a comunidade, mais felizes e realizadas são as suas pessoas”.

Foi um dia grande para a Felgueira, um dia que ficará para a história da localidade, em que ficou bem evidente a união e o orgulho das gentes da Felgueira. O programa da inauguração incluiu um almoço-convivio e a atuação do grupo Paralelos do Ritmo, de Mortágua, com um convidado especial, um destacado intérprete do Fado de Coimbra, que deram mais brilho ao evento.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade