Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Pelourinho de Mortágua foi restaurado. Acção integrada na comemoração dos 500 anos do Foral Manuelino a Mortágua

2014-05-28
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Foram realizadas obras de restauro do Pelourinho de Mortágua e de requalificação da zona envolvente. A intervenção, promovida pelo Município e sob a orientação da IGESPAR (Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico, I. P.), compreendeu operações de limpeza geral, conservação e restauro do monumento, bem como a criação de uma zona de proteção em seu redor.

O Pelourinho da Vila foi construído no séc. XVI na sequência da doação de Foral Manuelino. Ao longo dos séculos o monumento sofreu um processo de corrosão em consequência de fatores naturais. Por outro lado, ocorreram alguns acidentes ao longo do tempo, como derrube da cúpula, quebra da coluna, e intervenções de reparação que nem sempre foram as mais criteriosas, levando ao desaparecimento de elementos heráldicos e ornamentais.

O Pelourinho de Mortágua, situado num pequeno largo na Rua Dr. João Lopes de Morais (também conhecido por Largo do Pelourinho), está classificado como Imóvel de Interesse Público, sendo o único monumento nacional existente no concelho. A sua localização primitiva era no entanto alguns metros mais a nascente, em frente ao antigo edifício da Câmara Municipal. Na segunda metade do século XIX, o monumento foi deslocado para a sua localização atual.

Segundo o Presidente da Câmara, José Júlio Norte, esta intervenção visa “preservar e dignificar um monumento que é um dos símbolos mais importantes do concelho, que faz parte da nossa história, do nosso povo”. E acrescenta: “Estamos a comemorar os 500 anos da doação do Foral Manuelino a Mortágua, o momento não podia ter maior significado”.

O Pelourinho é constituído por três partes, que são regra nesta espécie de monumentos: plataforma (quadrangular com três degraus), coluna (em pedra calcária) e cúpula (um volumoso monólito calcário completamente cinzelada). A cúpula apresenta quatro faces: uma representa a ordem eclesiástica, outra o símbolo da Casa Real, a terceira o símbolo do Concelho e a quarta o brasão dos fidalgos donatários.  

O médico e historiador Assis e Santos, que estudou profusa e detalhadamente o monumento, no seu livro “O Pelourinho de Mortágua”, refere que “a existência de um pelourinho numa localidade correspondia ao funcionamento de um tribunal municipal de que o pelourinho era ao mesmo tempo o emblema e instrumento executório. O tribunal municipal era uma das regalias essenciais dos municípios e coexistia com as outras garantias autárquicas do povo das vilas. O pelourinho significa, sob este ponto de vista, que a nossa vila usufruiu desde 748 anos as garantias jurisdicionais de município autónomo.

Está prevista a “inauguração” do restaurado Pelourinho no próximo dia 29 de maio, integrada na comemoração do Dia do Município e dos 500 anos da outorga do Foral Manuelino a Mortágua.

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Rali de Mortágua vai decidir o Campeão Nacional de Ralis.2021-10-26
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade