Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Proteção Civil Municipal e Bombeiros com muito trabalho

2014-02-10
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Mau tempo afetou circulação na Linha da Beira Alta, estradas nacionais e municipais


O mau tempo que se fez sentir durante todo o fim de semana, especialmente no domingo e madrugada de segunda-feira, causou vários estragos no concelho, afetando sobretudo as vias de comunicação.

A circulação na Linha da Beira Alta esteve interrompida desde as 18 horas de domingo até ao início da manhã de hoje, devido à queda de árvores, algumas de grande porte, na zona do Chão do Vento.

A circulação na EN 234 esteve interrompida devido à queda de árvores na zona do Carapinhal e de Vale de Açores, sendo de registar um acidente de viação, mas felizmente só com danos materiais. Ao longo da EN228 ocorreram também quedas de árvores entre a zona de Vila Moinhos e Mortazel.

Várias vias municipais foram afetadas, com interrupções ou condicionamentos de trânsito, derivado de queda de árvores e barreiras. Na EM Felgueira-Chão Miúdo, a queda de árvores derrubou linhas de Baixa Tensão e danificou um Posto de Transformação. Nas povoações da Ferradosa e de Quilho, a queda de árvores e barreiras condicionaram a circulação de veículos durante a manhã de hoje, situações que já foram normalizadas.

Nas povoações ribeirinhas, a chuva que tem caído há vários dias consecutivos fez as águas galgarem o leito das ribeiras, inundando caminhos e campos agrícolas. Na povoação do Barril, as águas da Ribeira da Fraga quase cobriram os arcos da ponte e espalharam-se pelos terrenos agrícolas circundantes, formando verdadeiros lagos. O mesmo aconteceu na zona do Reguengo, com a ribeira da Fraga a inundar os terrenos agrícolas na zona mais baixa. O cenário era idêntico nas zonas confinantes à ribeira de Mortágua.

As previsões meteorológicas já tinham avisado para chuva e fortes rajadas de vento associadas, superiores a 100 Km/hora, especialmente a partir da tarde de domingo, e as previsões confirmaram-se.
Face ao avisos atempadamente difundidos pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, a Proteção Civil Municipal esteve em alerta permanente durante o fim de semana e mobilizou meios humanos e máquinas para o terreno, sobretudo para ações de remoção de pedras e limpeza de vias municipais que estavam obstruídas. Um trabalho que continuou durante todo o dia de hoje e deverá prolongar-se nos próximos, uma vez que há situações que vão exigir uma intervenção mais demorada e profunda.

Bombeiros chamados a intervir
em mais de duas dezenas de ocorrências


Os Bombeiros de Mortágua foram chamados a intervir em cerca de três dezenas de ocorrências, na sua maioria relacionadas com quedas de árvores na estrada. A maioria das situações que motivaram a sua atuação ocorreram no domingo, entre as 16 e as 24 horas, e em vários pontos do concelho. Só no domingo os Bombeiros acorreram a mais de uma dezena de situações, nomeadamente para desimpedir a Linha da Beira Alta, por volta das 18horas. Os Bombeiros haviam de ser chamados uma segunda vez para retirar árvores caídas na linha férrea, à 1h34 de segunda-feira.
Hoje de manhã os Bombeiros e as equipas de Proteção Civil do Município ainda procediam ao desbaste e corte de algumas árvores junto à Linha da Beira Alta, na zona do Chão do Vento, que ficaram em situação de risco após a passagem do temporal.


Segundo o Presidente da Câmara, José Júlio Norte, também responsável pelo pelouro da Proteção Civil Municipal, “a maioria das ocorrências foram rapidamente sanadas, à exceção do corte de árvores junto à Linha da Beira Alta, que exigiu outro tipo de intervenção, nomeadamente por parte da REFER”.
Passado que está o pior, o Presidente da Câmara deixa uma palavra de agradecimento aos Bombeiros Voluntários de Mortágua, às equipas da Proteção Civil Municipal e à EDP, “pela forma pronta e eficaz como atuaram no terreno”. E adianta que as equipas de Proteção Civil Municipal vão continuar em alerta até que as condições metereológicas o exijam.

A Câmara Municipal alerta entretanto os proprietários para a obrigação de procederem ao corte e remoção das árvores confinantes com casas ou a via pública que apresentem risco de queda iminente, por forma a prevenir eventuais danos para pessoas e bens.


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Concerto comemorativo dos 125 anos da Filarmónica de Mortágua2021-09-29
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade