Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Canoagem mundial muda-se para a Aguieira

2014-02-05
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Vêm de vários países do centro e leste da Europa, com um objetivo bem definido: estagiar no centro de treino da Aguieira, situado em Mortágua. É o maior centro de estágio de canoagem de Portugal e considerado um dos melhores do mundo.

O mês de fevereiro é o de maior afluência de atletas estrangeiros ao centro de estágio da Aguieira, ultrapassando as duas centenas de atletas. Neste momento já cá estão atletas das seleções da Rússia, República Checa, Polónia, Lituânia, Eslováquia e Áustria, e nos próximos dias está prevista a chegada de atletas das seleções de Espanha, França, Noruega, Letónia, e mais alguns atletas da Eslováquia. A seleção portuguesa, que já esteve aqui a fazer a sua preparação no mês de janeiro, volta novamente em fevereiro.

A seleção da Rússia traz a maior comitiva, 89 elementos, seguindo-se a França (55), a Polónia (24) e a Noruega (17). A Rússia é presença assídua no centro de estágio da Aguieira desde a sua entrada em funcionamento, em 2010, sendo também aquela que traz o maior número de atletas, mais de uma centena por época.
Os países do norte, centro e leste da Europa são os que mais procuram o centro de estágio da Aguieira, pois os rigores do inverno nos seus países tornam praticamente impossível a prática da modalidade, sendo em comparação o sol de inverno português um verdadeiro “paraíso tropical”.

No dia 1 de março e pela primeira vez, o centro de estágio da Aguieira vai ser palco da 1ª etapa do Nelo Winter Challenge, uma competição internacional de alto nível que contará com a presença dos melhores remadores de todo o mundo, incluindo atletas e medalhados olímpicos. A 2ª etapa decorre em Pontevedra, Espanha, nos dias 8 e 9 de março.

Clima ameno, extenso plano de água, apoio técnico e excelência do alojamento são fatores de preferência pela Aguieira

Em 2010 canoistas de todo o mundo começaram a “descobrir” os encantos naturais e condições do centro de treino da Aguieira, contribuindo para essa demanda a parceria estabelecida entre a Nelo, empresa portuguesa que é o maior construtor mundial de Kayaks e marca de renome internacional, e o empreendimento turístico Montebelo Aguieira.
A presença das principais seleções mundiais despertou a curiosidade de outras congéneres que ouviam as melhores referências, o que levou a que também elas quisessem conhecer este centro de alto rendimento. Os próprios atletas e seleções foram divulgando as condições de excelência do centro de estágio da Aguieira, constituindo-se como um meio de promoção à escala mundial.

Em Portugal e na Aguieira, os atletas encontram condições naturais e logísticas que são únicas a nível da Europa, desde logo o clima ameno e o enorme plano de água para treinar e competir com outras seleções, cais e pistas. O centro de treinos da Nelo disponibiliza canoas para os atletas, apoio técnico e a oferta de um pacote turístico integrado que pode até incluir passeios pela região.

A localização do empreendimento turístico junto ao plano de água da albufeira, as condições de excelência do alojamento (resort de luxo), a existência de várias estruturas de apoio à obtenção do melhor rendimento, como ginásio, piscina aquecida, Spa, zonas desportivas, são outros fatores que explicam a preferência dos atletas pelo centro de treino da Aguieira.
A proximidade do centro de estágio aos aeroportos, duas horas de Lisboa e uma hora do Porto, é outra vantagem que pesa na decisão, não havendo necessidade de fazer deslocações demoradas e cansativas. Os principais atletas nacionais confirmam que na Europa ninguém oferece tão boas condições e a preços tão acessíveis como Portugal.

O centro de treino da Aguieira tem realizado investimentos no sentido de proporcionar cada vez melhores condições aos atletas. A título de exemplo, atualmente estão a ser montadas três linhas de boias com mil metros, o que permitirá que várias equipas treinem ao mesmo tempo em situação de competição. Estão também a ser construídos balneários junto à água.

Cerca de um milhar de atletas de alta competição
passam, em média anual, pelo Montebelo Aguieira


A modalidade é hoje uma importante fonte de receita turística do nosso Pais, sendo um nicho de mercado a explorar e com potencial de crescimento, assim Portugal saiba “vender” esta “jóia” natural.

Para a indústria hoteleira, este turismo desportivo permite contrabalançar a baixa procura turística interna na época de inverno, e manter taxas médias de ocupação e ratings de negócio mais interessantes. Por época (outubro a maio) cerca de um milhar de atletas de alta competição passam pelo Montebelo Aguieira para fazer a sua preparação para as competições internacionais, representando cerca de 20 mil dormidas.

Para além dos gastos em viagens aéreas, alojamento, alimentação, os atletas fazem outro tipo de despesas, nomeadamente nas visitas à região, gerando receitas indiretas com a sua permanência.



Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Concerto comemorativo dos 125 anos da Filarmónica de Mortágua2021-09-29
Iniciada a construção do Parque Canino junto aos passadiços da ribeira da Fraga2021-09-24
Arrancou novo ano letivo com a maioria dos alunos já vacinados2021-09-20
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade