Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Apresentado dispositivo municipal de vigilância florestal

2005-06-17
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Foi apresentado no passado dia 7 na Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, o dispositivo municipal de vigilância florestal para a presente época estival. Nesta reunião estiveram presentes os vários elementos com assento naquele Órgão, que integra um representante de cada uma das seguintes entidades: Município, Serviço Municipal de Protecção Civil, Bombeiros, GNR, Exército, Direcção-Geral de Recursos Florestais, Associação de Produtores Florestais de Mortágua, Juntas de Freguesia, empresas do concelho do sector das madeiras, empresas de celulose e Central Termoeléctrica de Mortágua.
A apresentação do dispositivo municipal de vigilância esteve a cargo do Eng., Luís Filipe, do Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal, que elucidou os vários representantes acerca do sistema que está preparado, designadamente em termos de meios humanos, materiais, itinerários de vigilância, coordenação com outras entidades, entre outros. Foi feita uma apresentação em Powerpoint daquele dispositivo, acompanhada de explicações complementares. Terminada a exposição, seguiu-se um período para troca de impressões e sugestões.
O dispositivo de vigilância florestal da Câmara Municipal de Mortágua é um dispositivo sazonal, planeado pelo Serviço Municipal de Protecção Civil e Gabinete Técnico Florestal, com recurso a meios materiais da autarquia e meios humanos contratados especialmente para o efeito. A principal missão desse dispositivo será o patrulhamento, móvel e estático, dos sectores e itinerários de vigilância definidos no plano, que possibilitem a detecção à nascença e 1ª intervenção em caso de uma ocorrência de incêndio. As brigadas de vigilância serão formadas por 16 elementos, apoiados por 2 viaturas 4x4 e 2 motos, meios de comunicação e kit de 1ª intervenção e rescaldo. Para efeitos de cobertura do território do concelho, dada a sua extensa área, foram definidos 4 sectores e para cada um deles itinerários de vigilância, tendo nomeadamente em atenção as zonas de maior risco de incêndio. Estas brigadas estarão devidamente identificadas, bem como as viaturas. Em caso de detecção de incêndio, a brigada de vigilância dará o alerta para os bombeiros e deslocar-se à ao local para apoio de 1ª intervenção. Durante e após a extinção do incêndio, estarão à disposição do comandante em exercício para prestar os serviços para que seja solicitada, nomeadamente a vigilância da zona queimada e consolidação do rescaldo. Outra função das brigadas será a sensibilização das populações, nos casos de queimadas e outras situações que possam favorecer a ocorrência de incêndios, bem como o registo e comunicação de factos estranhos que possam indiciar a suspeita de actividade delituosa. A actividade do dispositivo municipal de vigilância florestal será articulada com as acções desenvolvidas no terreno por outras entidades, nomeadamente Bombeiros, GNR, Associação de Produtores Florestais, através da troca de informação e coordenação de meios.
Pôr em prática um dispositivo de vigilância deste tipo tem naturalmente custos (pessoal, combustíveis e outras despesas). O investimento previsto é de 116.250€.
Para além do dispositivo montado pela Câmara Municipal, está ainda previsto o patrulhamento a cavalo por agentes da GNR. A Associação de Produtores Florestais de Mortágua e as empresas de celulose vão ter também no terreno equipas próprias de vigilância, funcionando em articulação com aquele dispositivo municipal. Aquele dispositivo conta ainda com a preciosa ajuda de três postos de vigia, situados na Serra do Boi, Chão Miúdo e Moinho do Pisco, respectivamente. Localizados estrategicamente em zonas elevadas, permitem detectar sinais de fumo num raio de distância considerável.
As acções de vigilância florestal têm início em 1 de Julho e o final está previsto para o dia 30 de Setembro, podendo no entanto ser prolongado o prazo se as condições metereológicas o justificarem.

Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Mundiais de Pista. Ciclista Iúri Leitão sagrou-se Vice-Campeão do Mundo na prova de eliminação.2021-10-25
Primeira reunião do Executivo Camarário2021-10-22
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade