Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt

 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
Outubro 2021


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  



Fim de Semana da Lampantana animou concelho durante quatro dias

2012-11-06
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

A terceira edição do Fim de Semana da Lampantana, que decorreu entre os dias 1 a 4 de novembro, animou o concelho de Mortágua e voltou a atrair muitos visitantes que já se tornaram apreciadores indefetíveis deste prato tradicional da gastronomia local.

O evento, promovido pelo Município, em parceria com os 13 restaurantes aderentes, serviu de mote para reunir à mesa famílias e grupos de amigos, em amenos convívios gastronómicos. Mais uma vez o evento atraiu muitos visitantes oriundos de vários pontos da região e do país, alguns dos quais tomaram conhecimento pela Comunicação Social, através dos jornais, rádio, televisão, e sobretudo através das novas tecnologias de comunicação. Atualmente a Internet e o Facebook são poderosos instrumentos de divulgação e partilha de eventos.

Os visitantes vêm com um objetivo bem definido: “Ontem à noite (5ªfeira) tivemos um grupo de 21 pessoas que vieram propositadamente para comer Lampantana. Praticamente em todas as mesas foi servida Lampantana”, referiu-nos Manuel Martins, do Restaurante “Aldeia Sol”.

O prato faz parte do cardápio do restaurante desde a abertura ao público, já lá vão 33 anos. “Servimos desde então, todos os dias, nunca deixei acabar”.

Numa passagem pelo Restaurante “A Roda”, no passado sábado, a azáfama era também grande: “São 14h30 e ainda estamos a servir caçoilas. Os dois primeiros dias foram também muito bons. Tivemos até que recorrer à sala da cave porque já não tínhamos mesas vagas na sala principal”, referiu-nos Ivone Pereira.

E previa: “a manter-se esta média não vai ser inferior ao ano passado. Está a correr muito bem”. Muitos dos clientes eram de fora do concelho, como se podia atestar pela análise dos cupões: “Temos aqui cupões de pessoas que vieram de Leiria, Viseu, Mealhada, Coimbra, Águeda, Figueira da Foz, de muitos locais do país”.

Há grupos que se repetem de ano para ano: “temos marcação para um grupo de 20 pessoas que vem desde o início”, referiu-nos Juvenal Teixeira, do Restaurante “O Nosso Lar”. A maioria dos clientes, confirmou, “vem com a ideia de comer Lampantana, já sabem o que querem, nem é preciso mostrar o cardápio”.

Município ofereceu vinho que acompanhou a Lampantana.
Produzido em Mortágua e com rótulo especial alusivo ao evento.


A semelhança de anos anteriores, o Município ofereceu o vinho que fez acompanhamento da Lampantana, produzido em Mortágua pela Sociedade Agrícola Boas Quintas. Segundo os responsáveis dos restaurantes, é uma grande ajuda, tanto para o restaurante como para o cliente: “Permite que os preços se mantenham e que os restaurantes tenham alguma margem de lucro”, considera Juvenal Teixeira. E acrescenta: “Também não se pode aumentar o preço da refeição, porque as pessoas têm menos dinheiro”.

“Além de ser um vinho com muita qualidade, ajuda também a manter o preço das doses, porque sem a oferta do vinho pelo Município o cliente teria que pagar mais uns 3 euros, no mínimo. Assim o preço acaba por ser acessível e muito convidativo”, concorda também Manuel Martins.
A mesma opinião é partilhada por Ivone Pereira: “Se não houvesse a oferta do vinho, provavelmente as pessoas pediam menos doses. Assim a relação qualidade-preço é muito boa e as pessoas ficam mais satisfeitas”. E adiantou: “toda a gente tem elogiado o vinho. Tivemos até pessoas que perguntaram onde podiam adquiri-lo”.

Como dissemos, a maioria dos clientes já conhece a Lampantana, mas há quem venha pela primeira vez, nomeadamente porque ouviu falar do evento, e tem aquela curiosidade de experimentar: “As pessoas perguntam o que é a Lampantana, nós explicamos em que consiste o prato, há também os folhetos informativos que estão colocados nas mesas e na própria ementa, que explicam mais em detalhe a história e a confeção do prato”, referiu-nos Juvenal Teixeira.

Os mortaguenses conhecem bem a Lampantana, sendo um prato confecionado amiúde nas casas, nomeadamente nas datas festivas. Ainda assim gostam de vir ao restaurante nestes dias: “porque também é o convívio”, explica Ivone Pereira.

Evento ajuda a animar a economia local

Segundo o Presidente da Câmara, o nome Lampantana já não é desconhecido ou restrito ao concelho, como acontecia há alguns anos atrás. “As pessoas associam cada vez mais a Lampantana a Mortágua, é já uma referência do concelho”. E afirma: “Temos cada vez mais pessoas a apreciar a Lampantana, sobretudo pessoas de fora do concelho, e que já não dispensam uma visita a Mortágua durante este fim de semana gastronómico. Tem sido uma “bola de neve”, umas pessoas vão trazendo outras, e essa é a melhor promoção que podemos ter, são os próprios clientes”.

Ao promover esta iguaria tradicional do concelho, o evento está também a contribuir para a sua preservação nas gerações vindouras, porque a gastronomia também é história, cultura e alma de um povo.

Mas além da salvaguarda destes aspetos históricos, tradicionais e culturais, salienta o Presidente da Câmara, o evento tem hoje uma importância reconhecida na economia local, ajudando a animar a Restauração, “sobretudo num momento em que o setor atravessa uma situação difícil devido à crise, à austeridade e ao aumento do IVA”, refere. E se os restaurantes beneficiam diretamente com a realização deste evento, há outros setores da economia local que também beneficiam, ainda que de forma indireta. “Refiro por exemplo as padarias, os talhos, os supermercados, os produtores de hortícolas, entre outros, que acabam também por colher benefícios económicos deste evento”.

Com a Lampantana promove-se também outro produto local, os vinhos do Dão produzidos no concelho. “Em Mortágua produz-se excelente vinho do Dão, muitas pessoas desconheciam essa realidade, e este evento dá a conhecer também essa vertente aos visitantes”, considera.

Com este evento pretende-se congregar vontades e forças em prol de um objetivo comum, “que é promover a gastronomia local, os nossos produtos endógenos, atraindo mais visitantes ao concelho”, afirma.



Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Presidente da Câmara eleito traçou objetivos do programa de governação para os próximos 4 anos: “Fazer mais pelas Pessoas” e construir uma “Melhor Mortágua”.2021-10-19
Bruno Sancho vence em casa e sagra-se novo Campeão Nacional de Maratona XCM, categoria Elites.2021-10-18
Ricardo Pardal tomou posse como presidente da Câmara para o mandato 2021-20252021-10-18
Marcos Históricos. Praça do Município acolheu o espetáculo “A Encruzilhada do Bussaco”. 2021-10-12
Mortágua foi palco do espetáculo comunitário “O Caldo – Contar de Ouvido”2021-10-06
Receção aos alunos da Academia Saber+. Ano letivo arrancou com cerca de 70 alunos já inscritos.2021-10-04
Passeio Noturno Encenado – “Marcos Históricos - A encruzilhada do Bussaco”2021-09-29
Joaquim Silva e Pedro Pinto foram bronze no Campeonato Nacional de Rampa 2021-09-13
Mortágua tem 4º mural evocativo das Invasões Francesas. Trabalho é da autoria da artista mortaguense Rute Gonzalez. 2021-09-08
Joaquim Silva, da equipaTavfer-Measindot-Mortágua, venceu 1ª Etapa e é Camisola Amarela do GP Jornal de Notícias 2021-09-01


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site | Política de Privacidade