Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
agosto de 2018


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  

Partilhar   

Federação Portuguesa de Futebol financiou construção de nova habitação, no Chão Miúdo, que ficou destruída nos incêndios de Outubro

2018-05-30
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

 

 

O Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, deslocou-se a Mortágua no passado dia 29, para proceder à entrega simbólica da nova habitação a um casal, residente no Chão Miúdo, que viu a sua casa ser consumida pelo incêndio de 15 de outubro de 2017.

A nova habitação foi totalmente financiada pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no âmbito da iniciativa solidária “Tudo por Portugal".

Nesta deslocação, o Presidente da FPF, Fernando Gomes, esteve acompanhado pelo Presidente da Associação de Futebol de Viseu, José Alberto Ferreira, pelo Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, e pelos Técnicos do Município, Ana Cristina Gonçalves, Assistente Social, Daniela Lopes, Psicóloga, e Luis Filipe Rodrigues, Comandante Operacional Municipal.

Além do casal beneficiário e seus familiares, dezenas de habitantes aguardavam a chegada, bem como o Presidente da Junta de Freguesia do Sobral, num ambiente marcado pela emoção.

Após os cumprimentos, seguiu-se uma visita ao interior da nova habitação, que foi construída de raiz, dado que o incêndio de outubro só deixou paredes em ruínas. 

Fernando Gomes referiu que a Federação não podia ficar indiferente face à tragédia que ocorreu no país, nomeadamente nestas situações de calamidade social, e por isso tomou a decisão de canalizar a receita de dois jogos da Seleção Nacional, além de donativos, para apoio à recuperação de habitações destruídas pelos incêndios na região centro. No total foram angariados mais de 700 mil euros, que permitiram apoiar a reconstrução de 12 habitações.

A FPF privilegiou o apoio à reconstrução de casas de primeira habitação, sem seguro e que não poderiam ser alvo de apoio governamental para a sua reconstrução, como foi o presente caso.

“Como Presidente da Federação e como cidadão sinto-me muito contente e satisfeito por ver que a casa foi recuperada e está pronta a habitar”, disse. No final desejou felicidades e saúde ao casal, e que possam agora olhar para a vida com mais esperança.

O Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, enalteceu “a dignidade, generosidade e solidariedade” do gesto da Federação Portuguesa de Futebol, mas sublinhou que o mérito e reconhecimento é também devido ao cidadão Fernando Gomes, que tomou a decisão. “Além do seu extraordinário percurso profissional e desportivo, é um cidadão ativo e empenhado em causas, uma pessoa com um grande coração, que se preocupa com o seu semelhante, e que sentiu também a tragédia que se passou nesta região como se fosse sua”.

Júlio Norte confidenciou que esta era talvez a situação mais difícil de resolver no concelho, ao nível da reconstrução de habitações atingidas pelos incêndios, pelo que em boa hora surgiu esta iniciativa da Federação. “O Município de Mortágua, esta família e as gentes deste concelho, não irão esquecer este seu gesto”, vincou.

Ao longo dos meses a Câmara Municipal prestou apoio social e psicológico ao casal, ao mesmo tempo serviu de interlocutor junto da Cáritas Diocesana de Coimbra (fez a oferta de um trator agrícola), e da Federação Portuguesa de Futebol, sinalizando este caso como um dos prioritários.

O Presidente da Câmara agradeceu também o papel desempenhado pela Associação de Futebol de Viseu, que funcionou como mediador entre o Município e a FPF neste processo, que teve um final feliz.

A habitação encontra-se devidamente equipada e com todo o conforto necessário (mobiliário, eletrodomésticos), sendo de relevar também a ajuda solidária da empresa Aquinos, que ofereceu as camas e os sofás, um gesto que demonstra a responsabilidade social da empresa.

Num dia de grande emoção, Raul Borges agradeceu o apoio da Federação Portuguesa de Futebol e da Câmara Municipal de Mortágua. “Hoje estamos um pouco mais felizes, porque foram meses de muita tristeza. Foram mais de 40 anos a trabalhar e numa noite perdemos tudo”. Para além da habitação principal, esta família viu também ser destruídos outros equipamentos e bens que estavam na cave.

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
18º Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua realiza-se sábado, a contar para a Taça de Portugal2018-08-16
Estreia exemplar da Miranda-Mortágua na Volta a Portugal2018-08-13
Volta a Portugal. Gonçalo Carvalho mantem 3.ª posição da Classificação Geral da Juventude2018-08-10
“Tasquinhas” em contagem decrescente 2018-08-10
Francisco Campos conquista 7.º lugar em sprint vigoroso2018-08-07
Secretário de Estado da Juventude e do Desporto presidiu à abertura da XXVIII Festa da Juventude e XX Feira das Associações 2018-08-15
Manifest`Art divulga trabalho e criatividade dos Artistas Locais na Festa da Juventude2018-08-14
Miranda-Mortágua estreia-se na Volta a Portugal otimista e com boas expectativas 2018-07-30
Mais de 700 séniores do concelho visitaram Parque Nacional da Peneda-Gerês2018-07-13
Ciclismo. António Barbio (Miranda-Mortágua) mantém comando da Geral da Taça de Portugal2018-07-03


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site