Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
agosto de 2018


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal



 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  

Partilhar   

Confraria da Lampantana realizou primeiro Capítulo e entronizou Confrades Fundadores

2018-05-22
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua


Realizou-se no passado dia 20 a cerimónia de tomada de posse dos Órgãos Sociais da Confraria da Lampantana e de Entronização dos Confrades Fundadores.

O programa teve início com a receção e Boas Vindas na Casa da Quinta da Sociedade Agrícola Boas Quintas, na Vila de Mortágua, onde foi servido um pequeno-almoço aos convidados composto por petiscos e doces tradicionais do concelho, para acompanhar com vinho tinto e branco (região do Dão) das Boas Quintas. Estiveram presentes 21 confrarias de várias regiões do país, com os seus estandartes, que conferiram mais brilho a este dia de grande significado para a gastronomia de Mortágua.

As Confrarias desfilaram depois pelo centro da Vila, com uma paragem no Centro de Interpretação “Mortágua na Batalha do Bussaco”, para uma visita a este espaço dedicado à passagem das Invasões Napoleónicas no concelho.

O desfile terminou na Praça do Município, seguindo-se a cerimónia protocolar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na qual tomaram posse os Órgãos Sociais da novel Confraria, Direção, Mesa da Assembleia Geral e Conselho Fiscal. De seguida procedeu-se à entronização dos 25 confrades, que prestaram juramentoperante a presença da Presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Dr.ª Olga Cavaleiro, as Confrarias madrinhas e restantes Confrarias ali representadas.

A Confraria da Lampantana teve como madrinhas a Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal e a Confraria dos Carolos e Papas de Milho (Tondela).

A Presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Dr.ª Olga Cavaleiro, que é simultaneamente Presidente da Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal, desejou felicidades à nova Confraria, e salientou a responsabilidade que esta agora tem de divulgar, defender e preservar um produto emblemático que identifica o território, bem como de trabalhar no estudo, conhecimento e investigação acerca deste produto que tem origens muito antigas. Salientou que “as Confrarias não promovem só a gastronomia de um concelho, mas todo o seu território, levam atrás a sua cultura, a sua história, as suas tradições, as suas paisagens”.

João Carlos Figueiredo, em nome da Confraria dos Carolos e Papas de Milho, desejou as melhores venturas aos recém-empossados e manifestou a certeza de que a Confraria da Lampantana irá saber honrar quer a qualidade do produto que defende quer os valores que se evidenciam no movimento confrádico, como a solidariedade, a fraternidade e a amizade.

O Presidente da Direção da Confraria (Caçoilo-Mor) Carlos Jorge, referiu que o projeto começou a ser preparado há dois anos, reunindo a vontade de um grupo de mortaguenses. E afirmou que a Confraria surge com o intuito de “salvaguardar e realçar o significado histórico da Lampantana, o seu interesse popular, turístico, cultural e económico. Alicerçada na tradição, procura contribuir para que a saborosa história da Lampantana se perpetue no futuro, em Mortágua, em Portugal e além-fronteiras”.

Júlio Norte, na qualidade de Caçoilo-Mestre da Confraria, saudou a Presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas e todas as confrarias ali presentes, e agradeceu o apoio das duas Confrarias madrinhas no processo de criação da Confraria de Mortágua.

Falando depois na qualidade de Presidente Câmara, afirmou que a tomada de posse da Confraria representa um momento da maior importância para o concelho, desde logo porque é a primeira Confraria criada na área do município, e sobretudo por tudo o que representa em termos de valorização económica e turística dos produtos e potencialidades locais. Salientou que a responsabilidade é grande e que o projeto não termina com a criação da Confraria, mas realmente começa agora, lembrando que há muito trabalho pela frente no sentido da afirmação e promoção deste prato ex-libris do concelho.

Durante a receção, sessão solene e almoço, os confrades foram brindados com vários momentos musicais e culturais, a cargo do Orfeão Polifónico de Mortágua, grupo de jovens da Escola de Música da Filarmónica de Mortágua, Ricardo Vicente/Inês Vicente, e Rancho Folclórico e Etnográfico de Vale de Açores.

O programa encerrou com um almoço na Quinta do Recanto, em que o prato “obrigatório” foi a afamada Lampantana, que segundo os confrades, estava esplendorosa.

A Confraria tem como propósito divulgar, promover e preservar a Lampantana, exaltando as suas caraterísticas, a sua autenticidade e identidade. Para além da realização de encontros gastronómicos, dentro e fora do concelho, cabem também no âmbito da atividade da Confraria a promoção de estudos, investigação, publicação de trabalhos relacionados com a Lampantana, a sua história, tradições, receituário, técnicas, e a sua evolução até ao nosso tempo.

Na Confraria da Lampantana os confrades tomam a designação de “caçoilos” e “caçoilas”, numa alusão à tradicional peça de barro onde é assada a Lampantana. O Presidente da Direção é designado de Caçoilo-Mor, o Presidente da Assembleia Geral por Caçoilo-Mestre e o Presidente do Conselho Fiscal por Caçoilo da Tosquia. Anualmente é realizado um Capítulo, ponto alto da atividade da Confraria, que serve também como momento para a entronização de novos confrades, Efetivos e de Honra.

 

 

 

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
18º Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua realiza-se sábado, a contar para a Taça de Portugal2018-08-16
Estreia exemplar da Miranda-Mortágua na Volta a Portugal2018-08-13
Volta a Portugal. Gonçalo Carvalho mantem 3.ª posição da Classificação Geral da Juventude2018-08-10
“Tasquinhas” em contagem decrescente 2018-08-10
Francisco Campos conquista 7.º lugar em sprint vigoroso2018-08-07
Secretário de Estado da Juventude e do Desporto presidiu à abertura da XXVIII Festa da Juventude e XX Feira das Associações 2018-08-15
Manifest`Art divulga trabalho e criatividade dos Artistas Locais na Festa da Juventude2018-08-14
Miranda-Mortágua estreia-se na Volta a Portugal otimista e com boas expectativas 2018-07-30
Mais de 700 séniores do concelho visitaram Parque Nacional da Peneda-Gerês2018-07-13
Ciclismo. António Barbio (Miranda-Mortágua) mantém comando da Geral da Taça de Portugal2018-07-03


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site