Bem vindo ao ao www.cm-mortagua.pt


Mensagem do
Presidente


 Menu

 


 Agenda Municipal

 

Edição de
setembro de 2017


Versão em PDF


Acompanhe o Município
de Mortágua no Facebook

 


 

Conheça as novidades do Mercado Municipal


 Newsletter
Deseja receber notícias de Mortágua no seu endereço de e-mail?

Subscreva a nossa newsletter.

Clique aqui para se inscrever.


Notícia
Índice >  

Partilhar   

Projeto teatral juntou alunos séniores da Academia Saber + e jovens do Agrupamento de Escolas

2017-05-03
Fonte: Câmara Municipal de Mortágua

Nos passados dias 29 e 30 subiu ao palco do Centro de Animação Cultural a peça teatral “Cada imagem conta uma história, cada pessoa conta a história à sua maneira”, com a participação de alunos seniores da Academia Saber + e jovens do 7º e 8º ano do Agrupamento de Escolas de Mortágua. Esta peça foi construída a partir do livro “30 Desenhos, 30 Histórias - A Voz da Terceira Idade”, apresentado em dezembro do ano passado, no mesmo local. Várias figuras públicas, como Ruy de Carvalho, Rita Redshoes, Olga Roriz, Nuno Gama, entre outros convidados, escreveram histórias inspirados nos rostos desenhados pela artista mortaguense Rute Gonzalez.

Depois do livro surgiu a ideia de dar vida às histórias escritas, passá-las para o palco, e eis que nasce o projeto “Cada imagem conta uma história, cada pessoa conta a história à sua maneira”, numa parceria com a Academia Saber+ e o Agrupamento de Escolas de Mortágua. Trata-se de mais um projeto criado pelo MAE- Movimento, Arte e Experiência, dirigido por Daniela Salazar, Rute Gonzalez, ambas naturais de Mortágua, e Francisca Lima.

A encenação do espetáculo esteve a cargo de Francisca Lima e a Direção Musical a cargo de Ricardo Vicente. Na preparação do espetáculo colaboraram ainda Florbela Pinto e Manuela Martins (Agrupamento de Escolas), Neide Simões, Rita Nobre e Susana Rodrigues.

Mais de 300 pessoas assistiram ao espetáculo, no conjunto das duas sessões. A segunda sessão contou com a presença de uma plateia especial, constituída por utentes da Santa Casa da Misericórdia de Mortágua, Centro Balmar e Lar da Cruz.

Para a grande maioria dos alunos da Academia Saber + a participação na peça constituiu um desafio, tendo sido a primeira vez que subiram a um palco. Foi o caso de Maria Cândida, 66 anos, natural da Gândara. “Isto foi maravilhoso, uma coisa inesquecível, nunca pensei nesta idade realizar este sonho. A Academia foi a melhor coisa que podia ter acontecido”.

Para Alcino Lopes, 75 anos, residente na Cruz de Vila Nova, pisar o palco não foi novidade, porque já tinha feito teatro na Associação da sua terra. “Foi recordar velhos tempos, senti-me bem”. E mostrou-se admirado com o resultado final: “Não é fácil coordenar tanta gente em palco, ainda mais uma grande parte é pessoal já com alguma idade avançada”.

“Houve muita camaradagem, um convívio saudável”, referiu Álvaro Pereira, 74 anos, da Lourinha de Baixo. Ao início, confessou, estava um pouco nervoso, “há sempre aquele medo de esquecer o texto, temos o público à nossa frente, mas isso é normal”.

“Com mais ou menos dificuldade, todos fizeram o seu melhor e acho que correu bem”, referiu Noémia Pereira, 67 anos.

No final do espetáculo, todos os atores perfilaram-se no palco e receberam fortes aplausos do público. As responsáveis pela direção do projeto, Daniela Salazar, Rute Gonzalez e Francisca Lima, dirigiram agradecimentos aos participantes, aos colaboradores, à Academia Saber +, ao Agrupamento de Escolas, à Camara Municipal, às Águas Caldas de Penacova, ao Teatro Experimental de Mortágua (Iluminação). “Estamos muito orgulhosos do que fizeram neste palco”, referiram, no agradecimento aos participantes.

O processo de transformação do MAE em associação cultural e artística está em andamento. “A designação já foi aceite e estamos à espera de ter a escritura na mão”, avançou Daniela Salazar. O projeto quer trabalhar diversas temáticas pertinentes, como foi o caso do livro e da peça, que abordam a situação dos idosos na atual sociedade.

O Presidente da Câmara Municipal, Júlio Norte, convidado a dirigir algumas palavras, felicitou todos os participantes e enalteceu a coragem que tiveram de subir ao palco. “A grande maioria destas pessoas não tinha qualquer experiência de teatro, nunca tinha pisado um palco, e tiveram a coragem de estar aqui, a representar perante uma plateia. É uma experiência única que com certeza vão guardar para sempre”. Júlio Norte destacou a forma como os coordenadores do projeto conseguiram congregar e motivar jovens e menos jovens, envolvendo-os num projeto comum. E enalteceu o encontro de gerações proporcionado pelo espetáculo, dizendo: “Estes projetos intergeracionais são um contributo para uma sociedade mais tolerante e compreensiva, mais inclusiva e solidária, em relação aos mais velhos”.

Júlio Norte dirigiu palavras para as três jovens responsáveis pela direção do MAE, destacando a sua iniciativa e ousadia. “Desde que foi apresentado, o Município abraçou este projeto, porque nós acreditamos nos jovens, na vossa energia criadora, na vossa criatividade. O futuro está nas vossas mãos”, afirmou.

Dirigiu ainda agradecimentos ao trabalho desenvolvido na Academia Saber+, nas pessoas dos seus monitores, salientando que o projeto criado pelo Município em 2015 é hoje uma realidade consolidada.

 


Direitos de autor reservados
ImprimirImprimir

  Outras notícias
Município promoveu Ação de Formação sobre prevenção e vigilância da vespa velutina2017-09-21
Ciclismo. Francisco Campos, da equipa Miranda -Mortágua, convocado para os Mundiais de Estrada 2017-09-18
Ecovia do Mondego apresentada em Mortágua. Via ciclável pretende ligar os concelhos de Santa Comba Dão, Mortágua e Penacova.2017-09-13
Mortágua, Mealhada e Penacova comemoram 207 anos da Batalha do Bussaco2017-09-13
Infraestruturas de Portugal tem Estudo Prévio para suprimir passagem de nível do Coval. Propõe passagem superior (viaduto) como solução técnica.2017-09-12
Abertura do novo ano letivo. Presidente da Câmara exortou alunos à dedicação nos estudos e ao espírito de partilha e entreajuda.2017-09-14
Rali de Mortágua volta a inovar e promete ser ainda melhor que em anos anteriores 2017-09-14
Apresentação do Centro Interpretativo “Mortágua na Batalha do Bussaco” 2017-08-10
Biblioteca Municipal exibiu curtas-metragens sobre o fenómeno da migração em Macau2017-08-09
Academia Saber+ encerrou ano letivo com Caminhada e Almoço-Convívio2017-06-20


Início | Município | Notícias | Eventos | Turismo | Contactos | Mapa do Site