Nota Informativa - Edição 2014

O Município de Mortágua vai realizar nos dias 6,7 e 8 de junho a primeira edição da EXPOMORTÁGUA, uma feira que constituirá uma mostra tecnológica transversal às áreas da Floresta, Bioenergia, Ambiente e Turismo, e que tem por objectivo ser uma referência a nível nacional e internacional.
Para além da componente de demonstração e exposição de novos produtos, serviços e processos, este evento constituirá também uma oportunidade de negócio e de troca de conhecimentos.

É indiscutível a importância da floresta e de toda a sua fileira, desde a produção, passando pela silvicultura e exploração, no equilíbrio da balança comercial do país (sector altamente exportador), na criação de Valor Acrescentado Bruto para a economia, na redução da dependência energética e na criação de postos de trabalho.

Mortágua é um bom exemplo dessa realidade. A floresta ocupa 85% do território do concelho, uma área plantada de 22 mil hectares, essencialmente de eucalipto, sendo além de um enorme “pulmão verde”, um factor gerador de desenvolvimento económico, criação de emprego e riqueza.
O concelho é um dos principais centros abastecedores de rolaria para a produção de pasta e papel, um sector onde Portugal é líder mundial.

A importância da floresta estende-se hoje às áreas e actividades associadas ao mercado da biomassa, termoelectricidade e pellets energéticos, assim como dos equipamentos de transformação e consumo, enquanto factores preponderantes de diversificação da economia, do emprego e do comércio, afirmando-se neste contexto o concelho de Mortágua como uma referência a nível nacional.
A primeira Central Termoeléctrica do país, de produção de energia com base na valorização da biomassa florestal, está instalada em Mortágua, desde 1999. Uma das maiores unidades de produção de “peletes” do país, a Pellets Power, está igualmente instalada em Mortágua, a funcionar desde 2008.

Esta especificidade do território justifica toda a importância que a nível municipal é dada à floresta e fileira florestal, que se tem traduzido num forte investimento e empenho na defesa, preservação e valorização da mancha florestal do concelho. Nesta perspectiva, a realização da Expomortágua pretende evidenciar toda a dinâmica da fileira florestal e potenciar um sector fundamental para o país, região e particularmente para o concelho de Mortágua.

O espaço da Feira abre-se também a outras actividades económicas associadas aos espaços florestais, como a produção de mel, cogumelos e outros produtos da terra, bem como às actividades ligadas ao cluster do chamado turismo de natureza e da aventura, que aliam o lazer e o meio ambiente.

Haverá também espaço para a promoção dos sabores da região e produtos locais, bem como para actividades desportivas e de animação, como sejam um Triatlo da Floresta, um concerto pela Filarmónica de Mortágua e um Festival de Folclore.

O programa da Expomortágua integra o Fórum Florestal de Mortágua. Neste fórum serão debatidos temas relacionados com os problemas actuais e desafios do sector florestal, com a presença de vários especialistas. Estão ainda previstos encontros de Gabinetes Técnicos Florestais e de profissionais ligados à área florestal.

Ao longo dos três dias do evento terão lugar visitas programadas de escolas, dos vários níveis de ensino, estando previstas actividades pedagógicas e lúdicas destinadas a sensibilizar crianças e jovens para os benefícios da defesa e preservação da floresta, em termos ambientais, económicos e sociais.

A Expomortágua decorre no Loteamento da Gândara, a poucos metros do centro da Vila e da Estrada Nacional 234. (Ver localização)